sexta-feira, 8 de maio de 2020

Concórdia ultrapassa os 200 casos de coronavírus

O município de Concórdia chegou aos 202 casos do novo coronavírus (Covid-19, conforme informou a Prefeitura nesta quinta-feira (7). De acordo com o boletim atualizado, somente nas últimas 24 horas foram 26 casos confirmados, recorde para o período. Houve ainda um aumento também no número de suspeitos.

Nos confirmados, a novidade fica para o fato de que pela primeira vez uma pessoa da faixa de 11 a 20 anos testou positivo (homem que tem 20 anos). São 12 homens e 14 mulheres, sendo 23 positivados por testes rápidos e três por PCR, feito no Laboratório Central (Lacen) em Florianópois.

11 a 20 anos – 1 homem
21 a 30 anos – 5 mulheres 
31 a 40 anos – 4 homens e 5 mulheres
41 a 50 anos – 5 homens e 1 mulher
51 a 60 anos – 1 homem e  2 mulheres
61 a 70 anos – 1 homem e 1 mulher
71 a 80 anos – sem registro de confirmação no dia
81 a 90 anos – sem registro de confirmação no dia

Sobre os suspeitos, são quatro pessoas nas últimas horas: um homem e três mulheres, com idades entre 21 e 50 anos. Nos demais dados da doença, Concórdia teve um aumento de casos descartados (86) e também nos recuperados (82). O número de monitorados é de 1.535.

Já conforme as internações ligadas à Covid-19, o Hospital São Francisco informou que 37 pessoas estão na unidade, uma redução em relação a quarta-feira. São 15 pessoas em UTI e outras 22 em ala clínica. No total, já foram 74 altas.

Testes rápidos a domicílio

O índice de testes rápidos, aplicados em pessoas que estão sendo monitoradas, tem sido baixo para positivados. Desde a última terça-feira (5), a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, tem aplicado testes rápidos em pessoas que aparecem como monitoradas, nos boletins oficiais.

O procedimento tem seguido o que preconiza a organização Mundial de Saúde – OMS, que pede para que as pessoas sejam testadas. A iniciativa do poder municipal objetiva conhecer o atual cenário da epidemia e estimar qual seria o pico da doença no município.

Nos primeiros três dias de testes, que estão sendo aplicados nos domicílios dos monitorados, já que estes devem permanecer em isolamento social, foram realizados 76 testagens. Destas, apenas 10 pessoas foram positivadas e outras 66 com resultado negativo. Isso significa que apenas 13,15% dos monitorados, foram positivados nos três primeiros dias da ação.

Outras pessoas devem ser testadas os próximos dias. Lembrando que são apenas os monitorados com sintomas, que já atingiram o período necessário para a realização do teste (mais de oito dias com sintomas). Muitos monitorados não apresentam sintomas, já que eles entram também neste grupo por ter tido contato com um paciente positivado.

Estes 10 pacientes identificados como positivos, dificilmente entrariam nas estatísticas dos casos positivados, pois seus sintomas são leves e isso impossibilita a realização dos exames de Covid-19, diante do fluxograma estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Fonte: Rádio Rural

Nenhum comentário:

Postar um comentário