sábado, 30 de maio de 2020

Morador de Erval Velho está desaparecido


Um homem natural de Erval Velho  está desaparecido desde a última quinta-feira, dia 28.

Valdir Tibes dos Santos foi visto pela última vez na Linha Canhadão, interior de Erval, estava usando boné, calça ,camiseta de manga curta e chinelo.

Valdir tem problemas mentais e a família já acionou a polícia sobre o desaparecimento.

Qualquer informação pode ser repassada para o plantão da Polícia Militar do município pelo número: 999933067

Acidente registrado neste sábado no centro de Erval Velho

Um acidente envolveu dois veículos no centro de Erval Velho na manhã deste sábado, dia 30.

O carro VW-Voyage de Erval Velho foi atingido pelo VW-FOX que tinha como condutor homem de Campos Novos.

O Fox envadiu a preferencial do condutor de Erval e resultou em grandes danos materias. Apenas o condutor ervalhense foi conduzido ao UPA de Herval D'Oeste pela ambulância de plantão da saúde para atendimento e o outro condutor não se feriu.

A PM atendeu a ocorrência.

Veja mais na página do Facebook da Rádio Erval nas transmissões ao vivo realizadas diretamente do acidente.




Auxílio Emergencial: Caixa começa a liberar saques e transferências da 2ª parcela depositada em poupança digital

A Caixa Econômica Federal (CEF) começa a liberar a partir deste sábado (30) as transferências e os saques em dinheiro da segunda parcela do Auxílio Emergencial depositada em poupanças sociais digitais do banco.

As liberações vão seguir um cronograma ligado ao mês de nascimento do trabalhador. Os primeiros a receber serão 2,6 milhões de beneficiários nascidos em janeiro. Até a data de liberação, os recursos já depositados nas poupanças podem ser usados apenas para pagamento de contas, de boletos e compras por meio do cartão de débito virtual.

Para os trabalhadores que receberam a primeira parcela do benefício em outra conta, os recursos depositados na poupança digital serão transferidos automaticamente também na data de liberação dos saques e transferências. Com isso, esses beneficiários terão que procurar os bancos em que têm conta caso queiram sacar o dinheiro.

Um segundo grupo de aprovados recebeu a primeira parcela também esta semana - para estes, a data de pagamento da segunda não está confirmada mas, segundo o presidente da Caixa, o benefício deve ser liberado em um mês.

Até sexta-feira (29), ainda havia 10,6 milhões de pedidos de Auxílio Emergencial aguardando análise, segundo a Caixa. Não há previsão de quando essas pessoas irão receber o benefício.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.


Balanço

Até a sexta-feira, a Caixa Econômica Federal (CEF) já havia pagado R$ 76,6 bilhões em Auxílio Emergencial, para 58,6 milhões de beneficiários. Ao todo, foram 108,5 milhões de pagamentos, uma vez que muitos beneficiários já começaram a receber a segunda parcela de R$ 600.

Ainda segundo a Caixa, foram processados pela Dataprev 101,2 milhões de cadastros, dos quais 59 milhões foram considerados elegíveis - destes, 19,2 milhões de beneficiários do Bolsa Família, 10,5 milhões do Cadastro Único e 29,3 milhões de trabalhadores que se inscreveram por meio do site e do aplicativo do programa.

Fonte:G1.

sexta-feira, 29 de maio de 2020

Caminhão tomba na SC-467 entre Capinzal e Zortéa

Um acidente de trânsito foi registrado no final da manhã desta sexta-feira, dia 29, na SC 467, entre as cidades de Capinzal e Zortéa. 

Por volta das 11h20min, na entrada para o Loteamento Novo Horizonte, ocorreu o tombamento do caminhão Volvo VM 330, placa MLT 7555, de Concórdia, conduzido por um rapaz de 21 anos. 

O caminhão, modelo basculante, transportava uma bobcat. Houve somente danos materiais. Nem o motorista nem o carona se feriram. 

A Polícia Militar de Capinzal orientou o trânsito. O Corpo de Bombeiros foi acionado para limpar a pista. A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) de Ibicaré foi acionada para confeccionar o boletim de acidente. 

O caminhão foi removido do local com a ajuda de guinchos.

Fonte: Rádio Capinzal.

Governo anuncia na segunda-feira as regras para volta do transporte coletivo

 Os prefeitos receberão na próxima segunda-feira, 1, as informações do Governo do Estado para subsidiar decisões sobre retomada do transporte coletivo e de outros serviços suspensos por conta da pandemia de Covid-19. “Vamos com a inteligência de dados, uma matriz de risco que vai fazer a regionalização, por níveis das 16 macrorregiões, daí vamos classificar por níveis, moderado, grave, gravíssimo. E conforme esses níveis, serão recomendados aos municípios que sejam ou não liberadas as atividades. Esse é o primeiro ponto para saber o estágio de nível de risco”, explicou o secretário de Estado da Infraestrutura, Tiago Vieira, em entrevista à Rádio Som Maior na manhã desta sexta-feira, 29.

Esses dados já eram utilizados pelo Estado desde o início da pandemia para a tomada de decisões sobre bloqueio ou flexibilização de atividades. O anúncio de segunda-feira será feito pelo governador Carlos Moisés. “Nesse anúncio haverá também as regras sanitárias que devem ser seguidas. Essas regras o Estado estabelece por protocolos afim de que a gente possa ter uma uniformidade em relação às medidas de prevenção”, especificou.

O que define a gravidade em uma região?

“São vários indicadores, são duas ferramentas, a matriz epidemiológica, da parte de epidemiologia, para ver a repercussão de cada atividade, mas o que tem de novidade é uma ferramenta que é muito comum na administração, vai analisar gravidade, urgência, tendência e abrangência”, resumiu Tiago. “Para cada variável dessa tem indicadores. A taxa de transmissão, o tempo de UTI, o número de leitos de UTI que estão preenchidos, são vários indicadores próprios da saúde, que construiu isso junto com entidades não governamentais e municípios” detalhou o secretário.

Tiago garantiu que esse levantamento está pronto e será entregue pelo governador aos prefeitos. “Ele já anunciou isso mas vai disponibilizar tudo a partir de segunda. O anúncio e toda a disponibilização das regiões será na segunda-feira”, confirmou Tiago.

O transporte não vai voltar segunda?

“Não”, respondeu Tiago. “Os secretários têm acesso às informações e a partir de segunda, a partir daí cada município, na sua realidade, tomará sua decisão”, observou. “Uns vão retomar dia 5, dia 8, dia 10, questão própria de cada município. Outros não irão retomar”, explicou o secretário.

Como cada prefeito precisará de prazo para avaliar e regulamentar as medidas, é possível prever que o transporte coletivo não volta antes do dia 8 de junho em uma cidade do perfil de Criciúma, que já contabiliza nove mortes e quase 400 casos de coronavírus.

Criciúma em que estágio?

O secretário não quis responder ao estágio no qual se encontra Criciúma, se moderado, grave ou gravíssimo. “Haverá uma série de questionamentos por região. Sei que a expectativa é grande, mas o fato é que temos que aguardar segunda-feira, daí fechamos mais um ciclo e teremos a taxa da regionalização”, respondeu Tiago. “Essa crise foi composta de momentos, o primeiro de estancamento, a medida foi certa, no momento oportuno, isso garantiu o achatamento da curva”, afirmou, sublinhando a importância das medidas de isolamento adotadas pelo Governo do Estado.

“Passei ontem por Ouro, aqui no oeste, lá tem dois casos, será que o transporte não pode passar lá?”, indagou o secretário. “De fato as grandes cidades concentram os maiores problemas. Mas a gente tem plena convicção que a ferramenta trará um bom norte aos municípios”, opinou.

E o transporte intermunicipal?

“Na verdade na segunda-feira o governador fará o anúncio, o intermunicipal é competência estadual, o governador anunciará se retoma ou não”, referiu o secretário. “Serão dois blocos na regionalização, os rodoviários e as questões urbanas. Vamos considerar que na semana que vem o Estado libere o rodoviário intermunicipal. O município em situação vermelha ou em amarelo nos níveis de risco, ele pode emitir a proibição, pode, pois seguimos na mesma lógica que o mais restritivo é válido e pode ser feito”, arrematou.

Fonte: Michel Teixeira.

Diocese de Joaçaba emite orientações para celebração de Corpus Christi

Em virtude do isolamento social preconizado pela Diocese de Joaçaba para a preservação da vida em virtude da pandemia de Coronavírus, a Celebração de Corpus Christi neste ano será diferente em relação a momentos anteriores.

Em uma live transmitida pelo Facebook na noite da terça-feira (26), o bispo diocesano Dom Frei Mário Marquez e o coordenador diocesano de pastoral padre Tiago William Souza foram transmitidas algumas importantes orientações para a Celebração que acontecerá no dia 11 de junho (Quinta-feira).

Orientações Gerais:

As Missas sejam celebradas em cada paróquia no período da manhã, sem a presença de público, cumprindo as normas sanitárias, de acordo com cada realidade, sejam transmitidas pelos meios de comunicação e mídias sociais.

As procissões públicas não serão possíveis, assim cada paróquia organize dentro da Igreja uma pequena procissão e, ao final no átrio (porta) central, se profira a Benção Solene do Santíssimo Sacramento, enquanto isso, os sinos são tocados.

Durante o dia, cada paróquia, organiza juntamente com suas comunidades, momentos de Adoração Eucarística, ou seja, o Santíssimo ficará exposto sobre o altar para que as pessoas individualmente, e sem aglomeração, possam realizar sua adoração. É importante definir horários e organizar com a ajuda dos ministros extraordinários da Eucaristia o digno cuidado e zelo pelo Santíssimo.

Nos bairros e nas comunidades os párocos e administradores paroquiais, orientem os ministros extraordinários da Eucaristia a expor o cibório com Hóstias Consagradas sobre o altar, determinando o tempo em que ele ficará exposto para adoração dos fiéis.

Eucaristia é também um gesto concreto de partilha, por isso, recomendamos que cada fiel ao fazer sua adoração seja motivado a um gesto de solidariedade, levando ao local de adoração uma doação em prol das pessoas mais necessitadas. Exemplo: alimentos não perecíveis, agasalhos, cobertores etc.
Ao final da campanha cada paróquia dinamiza a forma como as doações cheguem às pessoas mais fragilizadas. 

Fonte: Pascom

Prazo para saque do abono salarial 2019-2020 acaba nesta sexta

Termina nesta sexta-feira (29) o pagamento do abono salarial PIS-Pasep do calendário 2019-2020, ano-base 2018, para os trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público. O PIS é pago na Caixa Econômica Federal, e o Pasep, por meio do Banco do Brasil.

O governo decidiu em abril, por meio de resolução, antecipar em um mês o prazo limite para os saques do abono salarial do calendário 2019-2020. O calendário original teve início em julho do ano passado e previa prazo final até 30 de junho.

Segundo o governo, a antecipação ocorreu para auxiliar na proteção às pessoas de baixa renda durante o estado de calamidade pública causado pela pandemia de Covid-19. Na mesma resolução foi publicado também o calendário de pagamento do abono salarial 2020-2021.

Segundo a Caixa Econômica, 19,6 milhões de trabalhadores, do total de 21,8 milhões aptos, receberam o PIS até o último balanço do banco. O total pago foi de R$ 17 bilhões, e há ainda disponíveis R$ 1,3 bilhão para saque. Incluindo o PIS e o Pasep, 22,05 milhões de trabalhadores sacaram o benefício, totalizando R$ 19,24 bilhões pagos, informou o Ministério da Economia.

O governo anunciou em março que irá transferir os valores não sacados do PIS/Pasep para o FGTS, para permitir novos saques. A medida faz parte do pacote de ajuda para minimizar os impactos da crise do coronavírus. O governo estima um impacto de R$ 21,5 bilhões.

Qual o valor e quem tem direito?

O valor do abono pode chegar a 1 salário mínimo (R$ 1.045) e é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Portanto, quem trabalhou um mês no ano-base 2018 receberá 1/12 do salário mínimo. Quem trabalhou 2 meses receberá 2/12 e assim por diante. Só receberá o valor total quem trabalhou o ano-base 2018 completo.

Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2018. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para saber se tem direito e como sacar

Para sacar o abono do PIS (para trabalhadores do setor privado), o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Veja como localizar o número do PIS na internet

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil. G1

Governador vistoria obras da SC-467 entre Jaborá e Ouro

O governador Carlos Moisés vistoriou, nesta quinta-feira, 28, a obra de pavimentação da SC-467, que liga as cidades de Ouro e Jaborá, no Meio-Oeste catarinense. A estrada está com 91% dos trabalhos concluídos e deve ser finalizada até agosto. Desde o fim de abril, todo o asfalto foi colocado, restando serviços de acabamento, tais como sinalização, drenagem e paisagismo. O investimento do Governo do Estado para a finalização da obra é de R$ 28,6 milhões.

A visita foi acompanhada pelo secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, pelo deputado estadual Romildo Titon, e prefeitos de Ouro, Neri Luiz Miqueloto, de Jaborá, Adelir Manoel Inácio, e de Capinzal, Nilvo Dorini.

Em um encontro informal com as autoridades na cidade de Ouro, o governador destacou o simbolismo da pavimentação da SC-467. Além de ajudar a escoar a produção da região, diminuindo distâncias, a obra é uma mostra de que o Governo do Estado não parou mesmo durante a pandemia, com os trabalhos ocorrendo de maneira acelerada.

“A obra está quase concluída e já facilitou muito a vida de quem vai a Chapecó, por exemplo. Esse é um investimento fundamental. Apesar de todas as dificuldade com a pandemia, os projetos do Governo continuaram. Agora eu quero voltar aqui em breve para inaugurar esta rodovia”, falou Carlos Moisés.

O secretário Thiago Vieira lembrou que a pavimentação teve início há sete anos e parou por duas oportunidades. Desde o fim do ano passado, quando a obra foi retomada com a assinatura da ordem de serviço, os trabalhos foram realizados com muita agilidade, inclusive adiantando o cronograma.

“Depois de muitos percalços, nos últimos seis meses conseguimos um ritmo acelerado, executando aproximadamente 40% da obra. Essa é uma ligação que vai beneficiar todo o Oeste de Santa Catarina, dando mais conforto e segurança para quem trafega pela região”, disse Vieira.

Fim de uma espera de 40 anos

O agricultor Deonir Dalposso, 60 anos, viu a abertura da estrada no fim da década de 1970. Há 40 anos, ele esperava pela pavimentação da SC-467, que se tornou realidade há cerca de um mês, com o asfaltamento do trecho em frente à sua propriedade, onde produz milho e cria aves e bovinos. Ao lado da esposa Aldete e da neta Leidhiane, ele conta que percorre em pouco mais de cinco minutos um trecho que levava até meia hora em dias de chuva.

“O deslocamento fica bem mais fácil, e também valorizou o nosso terreno. Antes era bem mais difícil o acesso. Nós precisávamos bastante desse asfalto. Agora já estamos vendo caminhões bitrem passarem por aqui”, conta o agricultor.

A SC-467 tem aproximadamente 30 quilômetros de extensão, no trecho entre Ouro e Jaborá.

Fonte:Secom

quinta-feira, 28 de maio de 2020

Joaçaba confirma o 21º caso de Covid-19

A prefeitura de Joaçaba, por meio da Secretaria de Saúde, confirmou o 21º caso do novo coronavírus no município. O novo caso é um homem na faixa etária de 40 a 50 anos, que está em casa em isolamento social.

De acordo ainda com os dados divulgados pela prefeitura, dos 21 casos,18 já são considerados recuperados. Outros 27 pacientes seguem sendo monitorados pelos profissionais da saúde do município, pois apresentaram sintomas gripais. Nenhum caso de Joaçaba está hospitalizado no momento.

Fonte: Éder Luiz.

Transporte coletivo e aulas nos municípios da AMMOC não voltam antes do dia 15 de junho

Resultado de imagem para Foto da Ammoc

Na manhã desta quinta-feira (28) os prefeitos que integram a Associação dos Municípios do Meio Oeste Catarinense (AMMOC), estiveram reunidos online para tratar de vários assuntos que faziam parte da pauta relacionados principalmente ao enfrentamento da Covid-19. Um dos principais assuntos em pauta foi o transporte e as aulas. O prefeito de Joaçaba e presidente da AMMOC, Dioclésio Ragnini, disse que até o dia 15 de junho as aulas e o transporte público continuarão suspensos em toda região. A decisão foi tomada por consenso. Dia 08 uma nova reunião será realizada para avaliar a situação e decidir se a data do dia 15 será mantida ou poderá ocorrer alguma prorrogação.

Por Marcelo Santos

Homem é baleado após desentendimento em Joaçaba


A Polícia Militar foi acionada para atender uma tentativa de homicídio por volta das 22h desta quarta-feira (27) em Joaçaba. No local, as guarnições constataram que um indivíduo havia sido alvejado por disparos de arma de fogo, com ferimento no pescoço, peito e braço esquerdo. O autor já havia se evadido e a arma não foi localizada.

A vítima relatou que foi baleada após tomar satisfações por ter a casa apedrejada. Já o pai do autor, alegou que depois de uma discussão a vítima pegou uma barra de ferro, dando a entender que iria agredi-los.

O homem foi socorrido pelo SAMU e encaminhado ao Hospital Universitário Santa Terezinha.

A PM já havia atendido um desentendimento entre as partes no final da manhã, quando a vítima teve a casa apedrejada e foi agredida. Os envolvidos foram conduzidos à Delegacia com um facão e uma faca apreendidos no local.
Fonte: Caco da Rosa

Serra Catarinense registra frio de -5.4ºC com forte geada

A Serra Catarinense voltou a ter temperaturas negativas durante o gélido amanhecer desta quinta-feira (28) quando os termômetros assinalaram um frio de frio de -5.4ºC de acordo com a Rede de Estações Keiser no município de Bom Jardim da Serra.

Em São Joaquim a menor temperatura foi de -4.8ºC o que deixou a cidade toda recoberta por uma fina camada de gelo. Já no Vale do Caminhos da Neve, situado a 3km do centro de São Joaquim, o gelo recobriu os campos e a paisagem virou uma típica cena de inverno na Serra Catarinense.

Madrugada gelada em SC! 18 municípios com marcas negativas. 26 dias abaixo de zero em 2020/SC com 42 dias com geada no Topo da Serra. Abaixo 3°C



-5,4 B.Jardim/Estações Keiser

-4,8 Painel/G.Hugen

-4,1 S.Joaquim/Estações Keiser

-3,8 Vargem Bonita/Estações Keiser

-3,4 Lebon Régis/Estações Keiser

-2,9 Fraiburgo/Estações Keiser

-2,7 Água Doce/Estações Keiser

-2,2 Urupema**

-1,7 Joinville/serra/DSoares

-1,4 Urubici/Estações Keiser

-1,3 Frei Rogério**

-1,2 Ponte Alta do Norte**

-0,8 Monte Castelo**

-0,7 Curitibanos/UFSC**

-0,6 Rio Negrinho**

-0,4 Rio Rufino**

-0,3 São Bento do Sul**

-0,1 Otacílio Costa**

0,0 Caçador**

0,0 Mafra**

0,1 Major Vieira/Inmet

0,3 Itaiópolis**

0,9 Bom Retiro**

0,9 Campo Alegre**

0,9 Papanduva**

1,0 Porto União**

1,2 Ponte Serrada**

1,3 Santa Cecília**

1,3 Vargem**

1,6 Rio das Antas**

1,6 Brunópolis**

2,0 Videira**

2,0 Canoinhas**

2,3 Rio do Campo/Inmet

2,7 Maravilha**

2,7 Luzerna/Roberto

4,9°C Florianópolis/Sertão do Ribeirão/T.Ruas

Fonte:São Joaquim Online

PM vai usar 370 bafômetros passivos em todas as cidades de Santa Catarina

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) irá distribuir 370 bafômetros passivos, que já estão no Centro de Armazenamento e Distribuição, em São José. Com investimento de R$ 750 mil, os equipamentos irão agilizar o processo de fiscalização, durante as diversas barreiras policiais e blitzes realizadas pelo estado. Todos os municípios do Estado receberão pelo menos um dos novos bafômetros adquiridos.

O equipamento, modelo Breathalyser Iblow10, é um pequeno bastão que capta a presença de álcool no ar e não exige do motorista assoprar nenhum bocal. A ponta é luminosa e brilha nas cores vermelha, se houver presença de álcool, e verde, se não houver. Segundo o fabricante, até 12 pessoas podem ser aferidas em apenas um minuto. 

- O aparelho facilita bastante o nosso trabalho, por questão da agilidade, já que o motorista não precisa nem descer do carro. Na janela do veículo já conseguimos fazer a aferição - comenta o comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tone.

Tonet explica que o equipamento, conhecido como bafômetro passivo, permite triagem mais abrangente. 

- Nos casos indicados, submetemos o condutor ao etilômetro convencional, que é mais preciso e imprime o resultado na hora - complementa.

Ainda não há data prevista para a distribuição dos equipamentos, que ainda precisam ser cadastrados. Ao todo, 302 bafômetros foram adquiridos por meio do Fundo de Melhorias da Polícia Militar (Fumpom), no valor total de R$ 613.029,80, e os outros 69 equipamentos comprados por meio de Convênio de Trânsito, no valor de R$ 140.063,10. Cada bafômetro teve um valor unitário de R$ 2.029,90.

O condutor embriagado recebe multa de R$ 2,934,70 e responde a processo administrativo para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Os que excedem os 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido, por sua vez, cometem crime de trânsito e podem ser presos por até três anos.

Fonte: NSC.

Governo do Estado vai permitir aos municípios decidir sobre volta das aulas e transporte coletivo

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), permitirá aos municípios flexibilizar a quarentena contra o coronavírus a partir de 1° de junho. A circulação de ônibus, as aulas e eventos, por exemplo, que estão proibidos, também estarão incluídos no pacote. O anúncio sobre as mudanças ocorreu durante a manhã desta quarta-feira (27), em Joinville, no Norte catarinense, após uma reunião com prefeitos e empresários da região.

Segundo Moisés, a medida leva em consideração a utilização de uma nova ferramenta de gestão regionalizada, que envolve diversos fatores no combate à disseminação da pandemia. No estado, são 7.016 casos confirmados, sendo 805 em Chapecó e 622 em Florianópolis, e 121 mortes, segundo o boletim divulgado pelo governo na terça (26). A quarentena é recomendada por médicos, cientistas e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

"A partir de segunda-feira, com essa ferramenta epidemiológica, cada região do estado poderá ter uma gestão inclusive dissociada com o todo estadual, ou seja, não é mais um decreto dizendo está proibido o transporte coletivo. Cada região com a ferramenta poderá avaliar e dizer se naquela situação os números do aumento de casos e de óbitos se é seguro voltar o transporte coletivo ou até outras atividades que ainda estão suspensas", disse.

Sobre o avanço da doença no estado, o governador disse que mesmo com a flexibilização, ainda poderá adotar medidas mais restritivas. "Não é questão de medida drástica, mas sim medida necessária. Em algumas regiões é possível sim, dependendo dos números. Os estudos nos apresentam que nos próximos dias para Santa Catarina devemos ter o avanço do número de casos e isso está previsto nessa metodologia nos indicativos de avaliação epidemiológica", afirmou.

Moisés também comentou sobre a assinatura feita na noite de terça-feira (26) da medida provisória para compensar as perdas salariais dos profissionais da saúde que estão trabalhando na linha de frente ao combate da Covid-19.

Fonte:Com informações G1/SC

quarta-feira, 27 de maio de 2020

Carro fica destruído em acidente no interior de Capinzal

 Um acidente envolvendo carreta e carro foi registrado no início da tarde desta quarta-feira (27) na SC-150 no interior de Capinzal. O fato foi registrado próximo à comunidade de Linha Pellizzaro. Colisão frontal envolveu carreta Scania com placas de Xanxerê pertencente a uma empresa de artefatos de cimento e um automóvel Peugeot com placas de Ouro. Conforme as informações, não houve feridos, apesar de o automóvel ter ficado destruído. A Polícia Militar Rodoviária de Ibicaré foi acionada para fazer os levantamentos.





Fotos: Redes sociais
Fonte: Michel Teixeira.

Trabalhador perde a vida em acidente de trabalho em Campos Novos

A imagem pode conter: noite

Um homem de 56 anos, perdeu a vida em um acidente de trabalho registrado na manhã desta quarta-feira (27) em uma empresa localizada às margens da BR-282 em Campos Novos.
Segundo informações, João Carlos Costa de Oliveira, realizava trabalhos de solda em altura, quando sofreu a queda. Ele teria ficado preso pelo cinto e bateu com a cabeça em uma viga de concreto. A vítima utilizava todos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).
A vítima chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. (Portal Oséias Inácio)

Governo federal entrega mais 7km restaurados em Campos Novos

A imagem pode conter: montanha, céu, árvore, grama, planta, atividades ao ar livre e natureza
O governo federal entrega, nesta quarta-feira (27), mais 7 km de restauração e liberação ao tráfego de veículos na BR-470/SC. O trecho está localizado na região Meio Oeste de Santa Catarina, entre o km 316 e o km 323, no município de Campos Novos. O investimento total da obra é de R$ 4,5 milhões. Com a conclusão desta etapa, a rodovia conta, agora, com 42,7 km totalmente recuperados.
As equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) realizaram serviços de fresagem, de reforço em concreto asfáltico e de nivelamento dos acostamentos, entre outras melhorias na pista. Os trabalhos continuam em outros trechos buscando dar maior conforto e segurança aos usuários da região.
"A obra vai dar vazão à produção de todo o estado de Santa Catarina, além de facilitar o escoamento para o mercado consumidor do país e do exterior. É mais um compromisso do governo com o setor rodoviário", afirma o ministro da infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.
OUTRAS ENTREGAS -- Em fevereiro, o governo entregou a restauração de 14,5 km de pista dupla na BR-470/SC, nos dois sentidos da rodovia, devidamente sinalizados e liberados ao tráfego, entre o km 22 e km 34,5, e entre o km 36,8/37,6 e km 43,6/44,8.
Fonte: Portal Oseias Inacio

SC tem 7.016 casos, 4.101 recuperados e 121 óbitos por Covid-19

Santa Catarina chegou a 7.016 casos confirmados de Covid-19, sendo que 4.101 se recuperaram e 2.794 estão em acompanhamento. O balanço foi divulgado nesta terça-feira, 26. Desde o início da pandemia, 121 óbitos já foram causados pelo coronavírus. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,72%.

As cidades de Agrolândia, Águas Frias, Alfredo Wagner, Curitibanos, Imbuia e Lontras passaram a fazer parte da lista das que já têm pelo menos um caso confirmado, que agora tem 195 municípios. O local com a maior quantidade de pacientes com Covid-19 é Chapecó, com 805 casos, seguida por Florianópolis (622), Concórdia (509), Blumenau (497), Joinville (376), Criciúma (343), Itajaí (294), Balneário Camboriú (284), Navegantes (221) e Tubarão (115).

Por problemas técnicos, até o horário de divulgação do boletim os dados de ocupação de leitos de UTI no estado não haviam sido atualizados.

Municípios com casos confirmados:
Abelardo Luz – 2
Agrolândia – 1
Agronômica – 8
Água Doce – 4
Águas de Chapecó – 16
Águas Frias – 1
Águas Mornas – 2
Alfredo Wagner – 2
Alto Bela Vista – 4
Anchieta – 6
Anita Garibaldi – 1
Antônio Carlos – 16
Arabutã – 19
Araquari – 22
Araranguá – 56
Armazém – 24
Arvoredo – 8
Atalanta – 3
Aurora – 4
Balneário Arroio do Silva – 19
Balneário Barra do Sul – 9
Balneário Camboriú – 284
Balneário Gaivota – 8
Balneário Piçarras – 26
Balneário Rincão – 2
Barra Velha – 12
Benedito Novo – 4
Biguaçu – 18
Blumenau – 497
Bombinhas – 2
Botuverá – 5
Braço do Norte – 105
Brusque – 114
Caçador – 20
Camboriú – 110
Campo Erê – 1
Campos Novos – 2
Canelinha – 2
Canoinhas – 14
Capinzal – 2
Capivari de Baixo – 18
Catanduvas – 11
Caxambu do Sul – 19
Chapecó – 805
Cocal do Sul – 16
Concórdia – 509
Cordilheira Alta – 2
Coronel Freitas – 3
Corupá – 1
Criciúma – 343
Cunha Porã – 10
Curitibanos – 1
Dionísio Cerqueira – 1
Entre Rios – 40
Faxinal dos Guedes – 17
Florianópolis – 622
Forquilhinha – 21
Fraiburgo – 13
Garopaba – 2
Garuva – 5
Gaspar – 37
Governador Celso Ramos – 25
Grão-Pará – 3
Gravatal – 25
Guabiruba – 4
Guaramirim – 34
Guatambu – 25
Herval d’Oeste – 7
Ibicaré – 1
Ibirama – 2
Içara – 18
Ilhota – 10
Imbituba – 33
Imbuia – 1
Indaial – 49
Ipira – 5
Ipuaçu – 14
Ipumirim – 49
Irani – 55
Irati – 2
Itá – 24
Itaiópolis – 3
Itajaí – 294
Itapema – 56
Itapiranga – 5
Ituporanga – 8
Jaborá – 13
Jacinto Machado – 3
Jaguaruna – 8
Jaraguá do Sul – 85
Joaçaba – 19
Joinville – 376
Jupiá – 2
Lages – 53
Laguna – 14
Lajeado Grande – 2
Lauro Müller – 1
Lindóia do Sul – 55
Lontras – 1
Luiz Alves – 2
Luzerna – 2
Mafra – 6
Maracajá – 12
Maravilha – 17
Marema – 1
Massaranduba – 1
Meleiro – 13
Monte Carlo – 1
Monte Castelo – 1
Morro da Fumaça – 7
Morro Grande – 1
Navegantes – 221
Nova Erechim – 14
Nova Itaberaba – 1
Nova Trento – 4
Nova Veneza – 26
Orleans – 21
Ouro – 2
Paial – 10
Palhoça – 104
Palma Sola – 1
Palmeira – 1
Palmitos – 24
Papanduva – 16
Passo de Torres – 2
Paulo Lopes – 2
Pedras Grandes – 2
Penha – 54
Peritiba – 14
Pescaria Brava – 1
Petrolândia – 1
Pinhalzinho – 8
Piratuba – 9
Planalto Alegre – 12
Pomerode – 21
Ponte Serrada – 25
Porto Belo – 9
Porto União – 5
Pouso Redondo – 3
Praia Grande – 1
Presidente Castello Branco – 8
Quilombo – 8
Rancho Queimado – 2
Rio do Oeste – 2
Rio do Sul – 48
Rio Negrinho – 8
Rio Rufino – 1
Riqueza – 1
Rodeio – 4
Salete – 7
Salto Veloso – 1
Sangão – 16
Santa Cecília – 4
Santa Helena – 1
Santa Rosa do Sul – 8
Santo Amaro da Imperatriz – 5
São Bento do Sul – 19
São Bernardino – 1
São Carlos – 17
São Domingos – 5
São Francisco do Sul – 26
São João Batista – 3
São João do Itaperiú – 5
São Joaquim – 1
São José – 109
São José do Cedro – 2
São Lourenço do Oeste – 4
São Ludgero – 29
São Martinho – 3
São Miguel do Oeste – 28
Schroeder – 1
Seara – 77
Siderópolis – 18
Sombrio – 58
Taió – 1
Tangará – 2
Tigrinhos – 3
Tijucas – 13
Timbé do Sul – 5
Timbó – 31
Três Barras – 26
Treze de Maio – 3
Treze Tílias – 2
Trombudo Central – 1
Tubarão – 115
Tunápolis – 2
Turvo – 4
Urussanga – 27
Vargem Bonita – 21
Vidal Ramos – 2
Videira – 7
Xanxerê – 92
Xavantina – 2
Xaxim – 64
Zortéa – 8
Outros estados – 39
Outros países – 3

Municípios com óbitos por Covid-19:
Agronômica – 1
Antônio Carlos – 4
Araranguá – 2
Arvoredo – 1
Balneário Arroio do Silva – 1
Balneário Camboriú – 3
Balneário Gaivota – 1
Blumenau – 3
Braço do Norte – 2
Caçador – 1
Camboriú – 4
Caxambu do Sul – 1
Chapecó – 4
Cocal do Sul – 1
Concórdia – 7
Criciúma – 7
Dionísio Cerqueira – 1
Florianópolis – 7
Garuva – 1
Gaspar – 1
Gravatal – 1
Guabiruba – 1
Indaial – 2
Irati – 1
Itaiópolis – 1
Itajaí – 6
Itapema – 1
Ituporanga – 1
Jaraguá do Sul – 2
Joinville – 17
Laguna – 1
Massaranduba – 1
Navegantes – 5
Palhoça – 1
Papanduva – 3
Pedras Grandes – 1
Penha – 2
Ponte Serrada – 1
Porto Belo – 1
Pouso Redondo – 1
Rodeio – 1
Salete – 1
São Francisco do Sul – 1
São José – 2
São Ludgero – 1
Siderópolis – 1
Sombrio – 3
Tangará – 1
Tubarão – 3
Urussanga – 2
Xaxim – 2

Informações: Michel Teixeira

Polícia Civil estoura ponto de drogas em Herval d' Oeste

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal de Joaçaba, estourou um ponto de tráfico na cidade de Herval d´Oeste, nesta terça-feira, 26.

Foram apreendidas 200 gramas de cocaína, divididas em 45 porções prontas para venda. Uma mulher de 35 anos foi presa em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. A operação contou com o apoio do Setor de Investigação Criminal da Delegacia da Comarca de Joaçaba.

De acordo com o delegado André Cembranelli, da Divisão de Investigação Criminal, o ponto de drogas estava localizado na Rua Santa Catarina. Ele ressaltou ainda, a importância das denúncias realizadas pela população de bem.

Fonte: Éder Luiz.

HUST recomenda medidas sobre os procedimentos eletivos durante a pandemia

 O Governo do Estado liberou 50% dos procedimentos eletivos de acordo com a portaria Nº 341 e 342 da SES-SC, diante disso o Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST), recomenda algumas medidas para garantir a segurança nos atendimentos visto a Pandemia do Covid-19. Confira abaixo:

O paciente febril e/ou sintomático respiratório está contraindicado para realização de procedimentos ou exames eletivos;
O paciente deverá se dirigir ao hospital ou ambulatórios, sem a presença de acompanhantes, exceto menos de 18 anos e maiores de 60 anos ou portadores de necessidades especiais;
Deverá ser respeitado o distanciamento mínimo indicado pela Organização Mundial de Saúde, de no mínimo 1,5 metros;
Chegar no horário agendado para realização das consultas ou procedimentos eletivos;
Fazer uso de máscara;
Higienizar as mãos frequentemente;
Usar álcool em gel.
Para a sua prevenção, dirija-se ao hospital somente em casos de necessidade. 

Fonte: Ascom

terça-feira, 26 de maio de 2020

Petrobras anuncia alta de 5% no preço da gasolina e de 7% no diesel na refinaria.

Sergio Moraes
A Petrobras confirmou que vai subir o preço da gasolina em 5% a partir de amanhã e do diesel em 7%, diante de um cenário de alta para o preço do petróleo pela expectativa de avanços na descoberta de uma vacina para o novo coronavírus. A empresa anunciou também aumento para o diesel marítimo, de 7,3%, e do diesel vendido para térmicas de 7,2%, para o S500, e de 7,5% para o S10, de menor impacto ambiental. O petróleo tipo Brent, usado como parâmetro pela estatal, subia 2,08% para o contrato de agosto, cotado a US$ 36,87 o barril, depois de ter caído abaixo de US$ 20 o barril em meados de abril.
Fonte:UOL

Santa Catarina comemora 13 anos como área livre de febre aftosa sem vacinação


Principais fatores para gado ganhar peso no pasto

Santa Catarina completa 13 anos do reconhecimento internacional como área livre de febre aftosa sem vacinação. Em 25 de maio de 2007, o estado recebeu o certificado da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e desde então se mantém como referência em saúde animal e defesa agropecuária. Na última década, os catarinenses se tornaram os maiores produtores de suínos do Brasil, o segundo maior produtor de aves e o quarto maior produtor de leite – com acesso aos mercados mais exigentes e competitivos do mundo.
"Em maio celebramos uma conquista muito importante para o agronegócio de Santa Catarina, em especial a produção de proteína animal. Nós estamos comemorando 13 anos da obtenção do nosso certificado, junto à OIE, como área livre de febre aftosa sem vacinação. Esse é um status sanitário diferenciado, que coloca Santa Catarina em posição de destaque no mercado mundial, dando acesso a mercados mais nobres. É importante ressaltar que tudo isso foi construído desde a década de 60, envolvendo todo o setor, desde produtores, iniciativa privada, técnicos e Governo do Estado. Esse reconhecimento traz também muita responsabilidade e contamos com o apoio de todos os catarinenses para que cumpram seu papel de zelar pela sanidade animal de Santa Catarina", destaca o secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural em exercício, Ricardo Miotto.
A certificação da OIE é o maior status sanitário que um estado ou país pode alcançar e demonstra ao mundo, principalmente aos mercados internacionais, que cumpre todos os requisitos técnicos e que consegue comprovar a saúde de seu rebanho. A febre aftosa é uma das doenças com maior risco sanitário e econômico, por isso alguns países só compram carnes de áreas livres da doença sem vacinação, onde comprovadamente não existe a circulação do vírus e, consequentemente, o controle sanitário é maior.
Ser livre de febre aftosa sem vacinação exigiu grandes esforços do setor produtivo e do Governo do Estado. "Santa Catarina, em razão de um sério e perseverante trabalho dos produtores rurais, das agroindústrias e do governo catarinense, criou, manteve e aperfeiçoou um notável sistema de defesa e vigilância sanitária animal que, hoje, é um paradigma nacional com reconhecimento internacional. Santa Catarina tornou-se uma ilha de sanidade em todo o país porque opera um avançado e competente sistema de vigilância, fiscalização e controle sanitário que monitora todas as fases da produção pecuária. Esse sistema foi estruturado arduamente e exigiu sacrifícios, investimentos, estudos e pesquisas da sociedade, tornando-se, portanto, um patrimônio dos catarinenses, dos produtores rurais e das agroindústrias", destaca o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), José Zeferino Pedrozo.

27 anos sem um foco da doença

O último foco de febre aftosa em Santa Catarina ocorreu em 1993 e a partir de 2000 foi suspensa a vacinação contra a doença. Em 25 de maio de 2007 representantes do Governo do Estado compareceram à Assembleia Mundial da OIE, onde receberam o certificado que fez do estado a única zona livre de febre aftosa sem vacinação do Brasil.
A presidente da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Luciane Surdi, explica que o status sanitário diferenciado logo se transformou em vantagem competitiva para o agronegócio catarinense. "A certificação internacional contribuiu para que Santa Catarina se tornasse o maior exportador de carne suína e o segundo maior exportador de carne de frango do país, alcançando os mercados mais exigentes do mundo. Uma conquista que devemos a toda equipe técnica da Cidasc, ao setor produtivo, ao Governo do Estado e, principalmente, ao produtor rural".

SC se torna o maior exportador de carne suína do Brasil

A partir de 2007, Santa Catarina se consolidou como o maior produtor e exportador de carne suína do Brasil. Em 2006, um ano antes da certificação internacional, Santa Catarina exportava 184 mil toneladas de carne suína, faturando US$ 310 milhões. Em 2019, esse número saltou para 461,6 mil toneladas e trouxe US$ 867,5 milhões para o estado, um aumento de mais de 150% na quantidade e de 179% na arrecadação.
Com o reconhecimento da OIE, Santa Catarina teve acesso a grandes compradores de carnes como China, Hong Kong, Estados Unidos e Coreia do Sul. Hoje, as carnes suína e de frango produzidas no estado são vendidas em mais de 150 países.

Manutenção do status sanitário
Para manter o status sanitário diferenciado, os esforços são imensos. A Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) mantém 63 barreiras sanitárias fixas nas divisas com Paraná, Rio Grande do Sul e Argentina que controlam a entrada e a saída de animais e produtos agropecuários. Além do controle do trânsito de animais e produtos de origem animal nas fronteiras, em Santa Catarina todos os bovinos e bubalinos são identificados e rastreados.
Em Santa Catarina não é permitida a entrada de bovinos provenientes de outros estados. Para que os produtores tragam ovinos, caprinos e suínos criados fora de Santa Catarina é necessário que os animais passem por quarentena tanto na origem quanto no destino e que façam testes para a febre aftosa, exceto quando destinados a abatedouros sob inspeção para abate imediato.
O Governo do Estado mantém ainda um sistema permanente de vigilância para demonstrar a ausência do vírus de febre aftosa em Santa Catarina. Continuamente, a Cidasc realiza inspeções clínicas nos rebanhos, além de dispor de uma estrutura de alerta para a investigação de qualquer suspeita que venha a ser notificada pelos produtores ou por qualquer cidadão. A iniciativa privada também é uma grande parceira nesse processo, por meio do Instituto Catarinense de Sanidade Agropecuária (Icasa).

Informações adicionais para imprensa:

Ana Ceron
Assessoria de ImprensaSecretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural

Bombeiros sofrem acidente durante deslocamento para incêndio, em Arabutã

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Arabutã sofreu acidente no interior do município na madrugada desta terça-feira, dia 26. O caminhão que era ocupado pelos combatentes saiu de pista e capotou durante deslocamento para ocorrência de incêndio por volta das 4h30.

Conforme as informações, duas pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para atendimento no Pronto Socorro do Hospital São Francisco em Concórdia, porém não sofreram ferimentos graves. Os dois ficaram aos cuidados da equipe médica da unidade de saúde de Concórdia.

O acidente aconteceu na comunidade de Linha Canoas. As causas do acidente ainda estão sendo apuradas. A ribanceira onde o caminhão caiu tem entre 30 e 40 metros de altura. Os danos foram de grande monta no veículo de combate a incêndio. 


Com informações da Atual FM.

Coronavírus em SC: Agroindústrias doam R$ 35 milhões para o combate à pandemia

As indústrias ligadas ao Sindicato Indústria Carnes Derivados (Sindicarne) e Associação Catarinense de Avicultura (Acav) estão mobilizadas no combate ao coronavírus em Santa Catarina. Desde o mês de março, o setor já doou, direta ou indiretamente, cerca de R$ 35 milhões em recursos, equipamentos e alimentos para hospitais, municípios e para o Governo do Estado.

Só as doações da empresa JBS irão superar a marca de R$ 28 milhões. O Sindicarne e ACAV já destinaram R$ 600 mil para o combate à pandemia. "A Acav e o Sindicarne estão empenhados no combate à Covid-19. Nós nos preocupamos com a sociedade em que vivemos e com as pessoas que estão inseridas em nosso meio. Essa é a razão pela qual nós embarcamos nesse projeto e estamos dando a nossa carga de contribuição ao estado. Nós intensificamos o trabalho que já fazemos, ao longo do tempo, nas comunidades onde estamos inseridos e, agora, com uma maior efetividade porque reconhecemos que temos sim um papel relevante no combate à Covid-19", explica o gerente executivo do Sindicarne, Jorge de Lima.

Agroindústrias em SC

Santa Catarina é um grande produtor de alimentos, reconhecido internacionalmente pela qualidade e segurança da sua produção. Os frigoríficos e indústrias da carne são responsáveis por 60 mil empregos diretos e 18 mil produtores integrados (suínos e aves). O agronegócio responde por aproximadamente 30% do Produto Interno Bruto (PIB) e por mais de 70% das exportações do estado no primeiro quadrimestre de 2020.


Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural

HUST recebe R$ 60 mil reais da Unimed Joaçaba

Na tarde de segunda-feira (25), o Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) recebeu representantes da Unimed Joaçaba que fizeram uma doação no valor de R$ 60 mil reais. Estiveram presentes no ato de entrega, o presidente da Unimed Dr. Hotone Dallacosta, a vice-presidente Dra. Nádia Aparecida Lorencette e o superintendente, Dr. João Rogério Nunes Filho, o diretor do HUST, professor Alciomar Marin e o gerente administrativo, Rodrigo Bet. O recurso será destinado para ações de combate ao Coronavírus (Covid-19).

— Temos uma parceria de longa data com o hospital e é grande nosso apreço pelo trabalho realizado, por isso, nossa Diretoria Executiva tomou a decisão de doar este valor, entendendo a necessidade do momento — comentou o presidente da Unimed, dr. Hotone.

O diretor do HUST Alciomar Marin, em nome de todo o hospital, agradeceu o gesto de generosidade e destacou que ações como essa da Unimed são fundamentais para a manutenção dos serviços.

— São gestos como esse que nos motivam a continuar firmes no propósito de proporcionar assistência à saúde com qualidade. O momento é difícil, mas com o apoio de todos seguimos confiantes de que poderemos superar — afirmou Marin.


Fonte:Alessandra de Barros/Ascom Unoesc/HUST

EUA vão doar mil respiradores ao Brasil, anuncia ministro das Relações Exteriores

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, postou em seu Twitter que conversou neste domingo com representantes da Casa Branca e recebeu a notícia de que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, determinou a doação de 1.000 respiradores ao Brasil, dentro da estratégia de cooperação dos dois países para combater o coronavírus.

O anúncio de Araújo ocorre no mesmo dia em que os Estados Unidos declaram que estão se preparando para anunciar uma proibição da entrada de viajantes que chegam do Brasil. “Acredito que hoje teremos uma nova decisão em relação ao Brasil, como fizemos com o Reino Unido, Europa e China, e esperamos que seja temporária”, disse Robert O’Brien, consultor de segurança nacional dos Estados Unidos, em entrevista à CBS.

“Devido à situação no Brasil, vamos tomar todas as medidas necessárias para proteger o povo americano”, acrescentou. Os Estados Unidos interromperam as viagens a partir da China, Europa e Grã-Bretanha à medida que o vírus se espalhava nessas áreas.

Também neste domingo, o Ministério da Infraestrutura informou a chegada ao Brasil de voo proveniente de Xiamen (China) fretado pelo governo com carga de 7,5 milhões de máscaras destinadas aos Estados para enfrentamento da covid-19. Desde o dia 6, o País já recebeu 48,2 milhões de máscaras – equivalente a 260 toneladas – de um total de 240 milhões de unidades adquiridas pelo Ministério da Saúde, de acordo com comunicado divulgado neste domingo.

Fonte: Estadão Conteúdo

OMS suspende testes com cloroquina e hidroxicloroquina contra a Covid-19

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou que suspendeu temporariamente testes com a cloroquina e a hidroxicloroquina para tratar a Covid-19, nesta segunda-feira, dia 25.

A decisão foi tomada dentro dos ensaios Solidariedade, iniciativa internacional com 100 países coordenada pela OMS para buscar tratamentos contra a doença.

O diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que a suspensão foi determinada depois de um estudo publicado na sexta-feira, dia 22, na revista científica "The Lancet". A pesquisa, feita com 96 mil pessoas, apontou que não houve eficácia das substâncias contra a Covid-19 e detectou risco de arritmia cardíaca nos pacientes que as utilizaram.

A OMS afirmou que o quadro executivo do Solidariedade, composto por dez países, vai analisar dados disponíveis globalmente sobre as drogas, que são usadas para tratar malária e doenças autoimunes.

Ele afirmou que os outros testes dos ensaios Solidariedade vão continuar – a suspensão refere-se apenas às pesquisas com a cloroquina e a hidroxicloroquina.

Uso no Brasil

Mesmo sem evidências científicas que comprovem a eficácia dos medicamentos contra a Covid-19, o Ministério da Saúde emitiu, na semana passada, um documento que recomenda o uso deles, no SUS, para a doença. A recomendação inicial, lançada sem assinatura, teve modificações e foi republicada.

A recomendação das substâncias sem prova de que elas funcionavam contra o novo coronavírus foi motivo de discórdia entre dois ex-ministros da Saúde e o presidente Jair Bolsonaro. Tanto Luiz Henrique Mandetta quanto Nelson Teich, ambos médicos, alertaram para os efeitos colaterais dos remédios, mas, mesmo assim, Bolsonaro defendeu o uso deles para a Covid-19.

Com informações do G1

segunda-feira, 25 de maio de 2020

MUNICÍPIO DE ABDON BATISTA LIBERA R$ 1,3 MILHÃO PARA AGRICULTORES E COMERCIANTES

CRÉDITO EMERGENCIAL: MUNICÍPIO DE ABDON BATISTA LIBERA R$ 1,3 MILHÃO PARA AGRICULTORES E COMERCIANTES

O prefeito de Abdon Batista, Lucimar Antônio Salmória, lançou nesta segunda-feira dia 25 de maio, o programa de Crédito Emergencial a juro zero, sendo R$ 1 milhão para agricultura e R$ 300 mil para comerciantes do município. A medida tem o objetivo de minimizar os impactos econômicos causados pela estiagem e a pandemia do COVID-19.
A ficha de inscrição já está disponível no site da prefeitura de Abdon Batista e os interessados tem até dia 15 de junho, para entregar os documentos na Secretaria Municipal de Agricultura e na Sala do Empreendedor na prefeitura.
Cada produtor rural ou comerciante, terá direto a R$ 5 mil de crédito, o valor será pago em duas vezes, sendo em 2021 e 2022
Fonte: Portal Oseias Inacio

Hospitais filantrópicos recebem recursos para enfrentar a Covid-19

A semana começa com uma excelente notícia para o HUST (Hospital Universitário Santa Terezinha) e para o Hospital São Roque de Luzerna. As duas unidades começam a receber nesta segunda-feira (25) recursos do Ministério da Saúde para reforçar a estrutura durante o enfrentamento à pandemia da Covid-19.

Os hospitais filantrópicos de Santa Catarina estão sendo beneficiados com R$ 28,6 milhões, referente a primeira parcela de R$ 136,6 milhões a que terão direito de um total de R$ 2 bilhões, que serão repassados às instituições vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o Brasil.  A medida atende a lei aprovada pelo Congresso Nacional, de autoria do senador José Serra (PSDB).

Conforme a portaria Nº 1.393, publicada no Diário Oficial da União no dia 22 de maio, o recurso será disponibilizado em duas etapas. A primeira parcela, de R$ 340 milhões, será repassada emergencialmente para hospitais filantrópicos em municípios/regiões que têm presídios no Brasil. Nessa etapa, 75 hospitais filantrópicos em 63 municípios de Santa Catarina vão receber R$ 28,6 milhões.

Já a 2ª parcela, no montante de R$ 1,66 bilhão, será transferida em até sete dias, contados da data de publicação da portaria. Somando as duas parcelas, 136 hospitais filantrópicos de 125 cidades catarinenses vão receber R$ 136,6 milhões, conforme projeção do Ministério da Saúde, repassada pela Federação das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado de Santa Catarina.

“Uma grande soma de recursos será injetada na rede de filantrópica, que é responsável pelo atendimento de 77% da população que utiliza o SUS em Santa Catarina. Isso dá uma dimensão da importância dessa medida, que estávamos também pleiteando. Nesse momento estamos concentrando todos os esforços na rede hospitalar. Salvar vidas é o foco, garantir que todos tenham acesso a tratamento e estrutura de saúde adequada. Talvez essa seja a mais importante ação da União até o momento para enfrentar essa pandemia”, afirma o deputado estadual Dr. Vicente Caropreso (PSDB), vice-presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa.

A portaria do Ministério da Saúde determina que os recursos transferidos deverão ser aplicados, obrigatoriamente, na aquisição de medicamentos, suprimentos, produtos hospitalares e aquisição de equipamentos. Também poderão ser aplicados para pequenas reformas para aumento da oferta de leitos de terapia intensiva (UTI) e com a contratação e pagamento de profissionais de saúde necessários para atender à demanda adicional para enfrentar a pandemia da Covid-19.

As entidades beneficiadas deverão prestar contas da aplicação dos recursos aos respectivos fundos de saúde estaduais, distrital ou municipais e disponibilizar as informações em seus sites oficiais na internet.

Recursos para os hospitais da região:

Luzerna: R$ 183.347,03

Joaçaba: R$ 715.143,62

Capinzal: R$ 208.636,28

Caçador: R$ 448.223,82

Concórdia: R$ 679.890,06

Videira: R$ 508.658,49

Acesse a portaria https://bit.ly/2LWuVvn para ver os demais hospitais beneficiados com este recurso.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Deputado Estadual Dr. Vicente Caropreso – PSDB/SC

Capinzal confirma segundo caso de Covid-19

A Secretária de Saúde recebeu do Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) a confirmação de mais um caso confirmado do novo coronavírus em Capinzal.

A secretária Kamille Sartori Beal informou que se trata de uma mulher que na semana passada realizou um teste RT-PCR através do Centro de Triagem e o resultado positivo foi divulgado na manhã desta segunda-feira (25).

A paciente está em isolamento domiciliar, seguindo as orientações da Secretaria de Saúde. Com isso, o município chega ao segundo caso positivado, o anterior é de uma mulher de 46 anos que já está recuperada.

Fonte: Rádio Capinzal.

338 testam positivo para Coronavírus na BRF de Concórdia

Trezentas e trinta e oito pessoas testaram positivo para o novo coronavírus nos exames feitos nos colaboradores da BRF de Concórdia. A testagem iniciou na última quinta-feira e encerrou neste domingo. Segundo a BRF, os exames foram feitos em 5.132 funcionários e terceirizados da unidade de Concórdia e 6,6% tiveram resultado positivo para a Covid-19.

Quem teve o resultado negativo, 93,4% dos funcionários da agroindústria, retomaram ao trabalho nesta segunda-feira, 25. Os 6,6% dos funcionários que testaram positivo foram afastados preventivamente e submetidos ao teste RT-PCR, que tem por objetivo confirmar com mais assertividade. O resultado desta análise mais aprofundada será repassado à BRF de Concórdia nos próximos dias.

De acordo com protocolo da empresa, os funcionários que apresentam e informam sintomas da doença causada pelo novo coronavírus são afastados imediatamente das atividades. Segundo a companhia, esta ação reforça as medidas de proteção já adotadas pela BRF desde o início da pandemia e tem o objetivo de aperfeiçoar o processo de triagem e identificação de casos positivos e suspeitos entre os funcionários, que já era realizado por meio de busca ativa. A testagem de 100% dos trabalhadores da unidade foi uma determinação da Vigilância Sanitária do Estado de Santa Catarina. 

Informações Rádio Aliança