quarta-feira, 18 de março de 2020

Diocese de Joaçaba cancela todas as missas, cultos e atos religiosos


O Bispo Diocesano Dom Frei Mário Marquez, no uso de suas atribuições e considerando o Decreto n° 515 de 17 de Março de 2020 do Governo do Estado de Santa Catarina, tornou público o Decreto abaixo cancelando todas as atividades católicas por 30 dias. A todos que fazem parte  da Diocese de Joaçaba, incluindo portanto, Erval Velho, segue o referido Decreto:

DECRETO
A todos os Presbíteros, Consagrados (as) e Fiéis Leigos e Leigas da Diocese de Joaçaba.
Paz e Bem!

CONSIDERANDO a atual pandemia de COVID - 19;
CONSIDERANDO as orientações da CNBB Nacional do Regional Sul 4;
CONSIDERANDO os Decretos das Autoridades Civis;
CONSIDERANDO a necessidade de uma intervenção social em favor de uma causa
coletiva;
CONSIDERANDO que o Bispo Diocesano, a teor do cân. 87 § 1 do Código de
Direito Canônico, pode dispensar os fiéis do cumprimento das leis disciplinares em seu
território
CONSIDERANDO o grave perigo de contaminação em se tratando da aglomeração
de pessoas
CONSIDERANDO o Decreto Nº 515 de 17 de Março de 2020 do Governo do Estado
de Santa Catarina assinado pelo Governador Carlos Moisés da Silva, em seu Art. 3º
Decreta que Ficam suspensos, em todo território catarinense, pelo período de 30 (trinta)
dias, eventos e reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídas
excursões, cursos presenciais, missas e cultos religiosos.
E SEGUINDO o exemplo do Bom Samaritano que “Viu, sentiu compaixão e cuidou
dele”,

DETERMINA

Orientações Pastorais:
01 - Dispensamos do Preceito Dominical todos os fiéis (Cân. 1247 CDC).
Recomendamos que acompanhe a Missa pela TV, Rádio, Internet e sugere a Leitura Orante
da Palavra, bem como a Oração do Rosário a sós ou em família;
02 - Ficam suspensas todas as Celebrações Eucarísticas Ordinárias com a presença
de fiéis;
03 - Os Padres celebrem diariamente a Santa Missa, de forma privada, em favor do
Povo de Deus (cân. 904).
04 - Sejam suspensas todas as Novenas, Cerco de Jericó, Grupos de Oração e
eventos que tenham aglomeração de pessoas
05 - Sejam suspensos mutirões de confissões, realizando confissões individuais com
todo o protocolo de cuidados necessários;
06 - Sobre os casamentos, o Pároco deve propor os noivos ao diálogo para
manutenção ou adiamento;
07 - Os batizados sejam adiados, excetos em caso de extrema urgência
08 - As cerimônias de encomendação sejam breves sem aglomeração de pessoas
09 - As Primeiras Eucaristias e Crismas sejam adiadas
10 - As Vias-Sacras sejam suspensa orientando os fiéis a rezarem em suas casas;
11- Mantém-se a suspensão indeterminada da Catequese;
12 - Mantém-se a suspensão indeterminada de todas as atividades pastorais;
13 - Sejam adiadas festas e promoções paroquiais e das comunidade;
14 - Visitas aos doentes e pessoas idosas estão suspensas;
15 - Os padres devem permanecer nas paróquias para atender as demandas dos
fiéis;
16 - As Secretarias Paroquiais devem atender em horários diferenciados para evitar
aglomeração de pessoas;
17 - Mantenham-se as Igrejas abertas para momentos de oração dos fiéis para que
passemos rapidamente por este momento difícil para todos nós.
18 - Quanto as Celebrações da Semana Santa, sigam-se as prescrições acima, isto
é, pequenos grupos de fiéis, com a distância física recomendada, necessária higiene,
ambiente arejado e possível transmissão pelos meios de comunicação. Para o Tríduo
Pascal, sugerimos a Devoção Individual: na Quinta-feira Santa, durante o dia, a exposição
do Santíssimo Sacramento, na Sexta-feira Santa pela manhã, a exposição da Santa Cruz e
no Domingo da Páscoa, o Círio Pascal.

Permanecemos na fé, celebrando o Dom da Vida na inspiração da Campanha da
Fraternidade neste período quaresmal em que nos preparamos para viver o maior motivo da
nossa fé: a ressurreição de Jesus Cristo, nosso salvador.

COMUNIQUE-SE a quem de direito.
CUMPRA-SE e ARQUIVE-SE.

Dom Frei Mário Marquez
Bispo Diocesano

Nenhum comentário:

Postar um comentário