quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Um dos passageiros do voo do brasileiro diagnosticado com coronavírus é de Caçador

A Secretaria Municipal de Saúde de Caçador, através da Vigilância Epidemiológica, está monitorando um caso suspeito de coronavírus. O paciente que já está em acompanhamento médico, estava no mesmo voo do paciente de São Paulo, que foi diagnosticado com o vírus, depois de retornar da Itália.

Segundo o secretário de saúde, Ademar Schimitz, na tarde desta quarta-feira, 26, a secretaria foi notificada pela DIVE-SC, que um dos passageiros que estava no mesmo voo do homem diagnosticado com coronavírus, mora em Caçador.

A partir desta notificação, foi feita a identificação do paciente e feito o contato imediatamente. O passageiro pediu para manter a sua identificação em sigilo. Ainda na manhã desta quinta-feira, 27, o caçadorense recebeu a visita de um médico infectologista que fez a primeira avaliação, isso para evitar que o homem tenha contato com outras pessoas.

Veja também: Coronavírus: o que realmente funciona para se proteger?

O paciente não apresenta nenhum sintoma e deverá ficar sob monitoramento por 14 dias.

Segundo o secretário de saúde, ainda não tem motivo para pânico, porém alguns cuidados devem ser tomados, não só por conta da suspeita de coronavírus, mas por outras doenças infectocontagiosas, como as influenzas.

“Orientamos que as pessoas tomem alguns cuidados, como evitar locais fechados com muitas pessoas. Manter as mãos sempre limpas e higienizadas e sempre com álcool em gel. Ao espirrar sempre usar lenços de papel ou usar o antebraço”, explica.

Fonte:Notícia Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário