terça-feira, 17 de setembro de 2019

TJ/SC destina mais de R$40 Mil reais para o Residencial N. Sr.a de Fátima


A necessidade de atendimento especializado para idosos no Meio-Oeste catarinense fez a Associação Filhas de São Camilo transformar o então hospital do município de Erval Velho em lar para melhor idade. As mesmas estruturas, física e de profissionais, foram mantidas. Em 2018 as atividades transcorreram de maneira experimental e neste ano o Residencial Nossa Senhora de Fátima se efetivou.

Através de um projeto inscrito no Tribunal de Justiça de Santa Catarina, no próximo dia 20, a associação receberá o montante de R$ 46.150,00 e poderá dar início ao processo de readequação e ampliação do lar.

A administradora do residencial, irmã Eva Muczinski, explica que a obra da nova ala já começou, mas como era para ser um hospital o espaço precisa de alterações. Sete projetos estão com o Corpo de Bombeiros local para avaliação e expedição de alvará. “O valor que vamos receber será utilizado para pagar os custos dos projetos. Desta forma, podemos focar nossas promoções para compra de materiais de construção e acabamentos que são os próximos passos”, comemora a administradora.

Irmã Eva conta que a ideia é usar o novo prédio para abrigar os idosos. Assim, a capacidade passará de 35 para 50 leitos. O local utilizado atualmente servirá para atendimentos especializados como fisioterapia, consultas médicas, serviços de saúde e bem-estar, oficinas de confeitaria e demais atividades realizadas no lar.

Hoje o residencial está com todas as vagas ocupadas e se mantém com 70% da renda dos usuários, além de doações dos familiares. Os idosos têm idades entre 60 e 96 anos e moram no local. São oriundos de diferentes municípios da região e recebem assistência 24 horas por dia.

Esta é a primeira vez que o lar é contemplado com projeto do Poder Judiciário. Outros dois projetos de menor valor estão inscritos para a etapa local, na comarca de Joaçaba, solicitando apoio para compra de alimentos e materiais de construção.


Fonte: TJ/SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário