sexta-feira, 19 de julho de 2019

Campos Novos registra uma morte por Gripe A e possui mais dois casos

Um novo caso registrado em Campos Novos de paciente com Gripe A (H1N1) foi confirmado nesta semana (17) ao jornalismo da Simpatia FM pela enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica de Campos Novos Franciele Osório de Moraes. Trata-se de um bebe de 4 meses e faz parte do grupo de risco, pois apresentava imunodeficiências, visto que também nasceu prematuramente. O bebê ficou internado no Hospital Dr. José Athanázio, recebeu a medicação indicada paras as primeiras horas do aparecimento dos Sintomas e após a coleta do material para exame foi transferido para a UTI de Concordia, onde apresenta quadro clinico estável.

No primeiro caso registrado em Campos Novos a paciente, uma mulher de 71 anos, evoluiu para óbito, em virtude das complicações da doença.

 A enfermeira Franciele Osório de Moraes informou ainda que houve o registro de outros dois casos suspeitos, que tiveram resultados negativos após a análise laboratorial que é realizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (LACEN-SC).

De acordo com Franciele Osório de Moraes, houve contato com a regional de saúde, com objetivo de verificar a disponibilidade de mais vacinas para atender a demanda dos pacientes que são dos grupos de riscos, porém, a resposta foi negativa.

A orientação para quem ainda não fez a vacina, é que faça a imunização nos laboratórios particulares que ainda tem doses disponíveis.

O setor de vigilância epidemiológica de Campos Novos ressalta que o perfil dos casos mostra a importância de a população procurar o serviço de saúde mais próximo de casa aos primeiros sinais e sintomas de gripe para o tratamento adequado, em especial os portadores de fatores de risco para agravamento e óbito (idosos, crianças, doentes crônicos, entre outros.).

Conforme o relatório da Diretoria de Vigilância Epidemiológica

Até o dia 12 de julho de 2019, do total de casos de SRAG (síndrome respiratória aguda grave) notificados, 122 evoluíram para óbito. Destes, 25 (20,5%) foram confirmados por Influenza, sendo 22 (88,0%) pelo subtipo A (H1N1) pdm09 e 02 (8,0%) pelo subtipo A (H3N2).  Outros 88 (72,1%) óbitos tiveram resultado negativo para os vírus Influenza A e B, sendo classificados como SRAG não especificada, 09 (7,4%) por outros vírus respiratórios.

Os óbitos confirmados por SRAG (síndrome respiratória aguda grave) Influenza acometeram pacientes residentes em: Joinville e Jaraguá do Sul com 3 casos cada; Blumenau, Chapecó, São Bento do Sul e Tubarão com 2 casos cada; Alfredo Wagner, Balneário Camboriú, Biguaçu, Brusque, Campos Novos, Canoinhas, Florianópolis, Guabiruba, Palhoça, São Francisco do Sul e São João Batista com 1 caso cada.

Em relação à faixa etária, houve 2 casos de 30 a 39 anos; 4 casos em pessoa de 40 a 49 anos; 7 casos entre 50 a 59 anos e 12 casos em pessoas acima de 60 anos.

Prevenção

Algumas medidas de prevenção para evitar a gripe são recomendadas como higienizar as mãos com água e sabão ou com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar;

Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (corrimão, bancos, maçanetas etc);

Hábitos de alimentação saudáveis, com ingestão de líquidos e realização de atividades físicas.

FONTE: GIRO DE NOTÍCIAS – Jornalismo Simpatia FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário