quarta-feira, 31 de julho de 2019

Previsão indica a possibilidade de neve para a região Meio-Oeste no final de semana

A Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições do tempo em Santa Catarina, divulgou nesta quarta-feira, 31, um alerta de frio intenso para os próximos dias no estado.

A onde de frio deverá ser semelhante a que atingiu SC em alguns dias de julho, registrando temperaturas negativas na região Meio-Oeste e geada ampla.

A quinta-feira, primeiro dia de agosto, deverá ainda ser quente, com previsão de mudanças para a sexta, com tempo encoberto com chuva do oeste ao sul do estado e na Grande Florianópolis, melhorando no final da tarde. A chuva prevista é pouca significativa (5 a 15 mm) e mal distribuída.

Ainda na sexta a temperatura entrará em declínio acentuado com a mínima à noite, devido ao avanço de uma intensa massa de ar polar para o Sul do Brasil. No decorrer da tarde e noite há indicativo de neve no Planalto Sul e parte do Meio Oeste, com temperatura próxima de 0°C.

Entre a sexta e a segunda-feira, 05, a temperatura mínima ficará próxima e abaixo de 0°C no período noturno e amanhecer. Especialmente nos dias 03 e 04/08 temperatura mínima de -7°C nas áreas altas do Planalto Sul (Urupema, Urubici e Bom Jardim da Serra); nas áreas altas do Oeste, Meio Oeste.

Na madrugada e amanhecer de sábado (03/07) e domingo (04/07), condição de geada ampla nas áreas altas do estado.

Fonte: Éder Luiz.

Incêndio destrói residência de dois pavimentos em Lacerdópolis

12
Um incêndio de grandes proporções destruiu uma residência de dois pavimentos no interior do município de Lacerdópolis na manhã desta quarta-feira (31). A ocorrência foi registada na comunidade de São Roque.

O fogo consumiu em poucos minutos o imóvel de alvenaria com divisórias de madeira. O Corpo de Bombeiros foi acionado e esteve no local. As causas serão apuradas.
6666

yyyy

11

Fonte: Marcelo Santos/Radio Catarinense

Copérdia promove o 3° Balcão de Negócios no dia 15 de agosto

A Loja Agropecuária Copérdia de Erval Velho promove no próximo dia 15 de agosto (quinta-feira), o 3° Balcão de Negócios Copérdia. O atendimento aos clientes e sócios da loja inicia as 8:00 horas e procede o dia todo sem fechar ao meio-dia.

Segundo o gerente da Copérdia, Juliano Zimmermann, o 3° Balcão de Negócios será um dia especial, oferecendo prazos e preços diferenciados aos agricultores na parte de insumos, sementes, medicamentos, nutrição, ferragens e outros produtos agropecuários.

Ainda durante o dia, os produtores poderão sanar suas dúvidas com as empresas parceiras e fornecedores da Copérdia, ou seja,  uma ótima oportunidade para quem ainda não garantiu seus produtos para a próxima safra, saber qual a melhor semente ou insumo para garantir uma maior produtividade e posteriormente maior rentabilidade da propriedade para o homem do campo.

Por: Yuri Ferrari/Rádio Erval FM.





TRAFICANTE DE DROGAS É PRESO EM IBICUÍ.


L’image contient peut-être : 1 personne, debout, voiture et plein air
Na manhã desta quarta-feira, por volta das 07h, a Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal e do Núcleo de Operações com Cães, em conjunto com a Polícia Militar, efetuou a prisão de C. A. B, de 37 anos, condenado pela prática do crime de tráfico de drogas, no Distrito de Ibicuí, em Campos Novos.

Diante disso, C. A. B. foi levado à Delegacia de Polícia Civil, sendo, na sequência, encaminhado à Unidade Prisional Avançada, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

*Informações e foto: Polícia Civil.

Caminhoneiros demonstram otimismo após primeiro dia de negociações

Após o primeiro dia de reuniões para tentar chegar a um acordo em torno da tabela de piso mínimo de frete, caminhoneiros, transportadoras e embarcadores demonstraram otimismo na construção de um consenso até o final da semana. Hoje, as reuniões foram marcadas pela apresentação das propostas para a correção de valores pagos pelo transporte de carga por parte dos caminhoneiros.

Segundo os caminhoneiros, a resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), suspensa no dia 22 de maio, só trazia a previsão do custo mínimo para o frete, deixando de fora a remuneração do caminhoneiro autônomo pela carga transportada. A resolução suspensa determinava que o cálculo do piso mínimo passaria a considerar 11 categorias na metodologia.

Na quarta-feira (24), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse que a proposta que está na mesa envolve a realização de acordos coletivos entre a categoria e transportadoras e embarcadores para resolver uma das principais reivindicações dos caminhoneiros, um ajuste no piso mínimo de frete de transporte rodoviário de cargas para prever a possibilidade de lucro para os caminhoneiros autônomos.

De acordo com o ministro, os acordos devem ser fechados com cada um dos segmentos, inclusive para resolver demandas pontuais. A proposta de consenso também prevê a revisão dos custos mínimos da tabela a cada seis meses e que os acordos tenham periodicidade de um ano.

“A gente trabalhou esses dias todos em como seria a nossa projeção das 11 categorias, duas não vieram porque acham que o mercado ainda está colocando [o valor de frete correto], mas os demais apresentaram seus números”, disse após a reunião o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga (Sinditac) de Ijuí (RS), Carlos Alberto Litti Dahmer. “A gente apresentou os número e estamos aguardando que venha o retorno do outro lado o mais breve possível para que a gente possa finalizar esse processo de negociação”, acrescentou.

Questionado se as negociações poderiam durar mais do que o esperado, Dahmer disse que a categoria está preparada, que a “bola” agora está com os outros segmentos e que a finalização das negociações vai depender do tempo de resposta de embarcadores e transportadoras. “É difícil de ver o interesse do outro lado. De nossa parte, estamos preparados para tudo, tanto para que [o processo] seja rápido, quanto para demorar um pouco mais”, afirmou.

A avaliação otimista das negociações também foi compartilhada pelo vice-presidente do Sindicato das Empresas Transportadoras de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Rio de Janeiro (Sindiforça) Ailton Gomes. “Hoje os grupos se reuniram e cada um apresentou a sua proposta, tanto da parte de carga liquida, quanto dos autônomos e acredito que amanhã deve sair um fechamento. Se não sair, no mais tardar, sexta-feira devemos ter uma notícia boa”, disse.

Segundo Ailton Gomes, o segmento de transporte de granel liquido foi o que mais avançou. “Todas as categorias de hoje apresentaram os números e as tabelas de percentuais para ver se a gente chega a um denominador comum entre os embarcadores, transportadores e autônomos. A parte de carga liquida já está praticamente feito, falta alguns detalhes só com os embarcadores”, afirmou. “Agora eles vão olhar os números que foram apresentados e amanhã a gente vai fazer o fechamento, pode ter um desacordo daqui ou de lá, mas deve sair tudo bem”, acrescentou.

Fonte: Agência Brasil.

Desemprego cai para 12%, mas ainda atinge 12,8 milhões de brasileiros

Depois de um começo de ano ruim para quem busca trabalho, o desemprego cedeu no segundo trimestre do ano. O número de pessoas que procura uma vaga caiu para 12,8 milhões, e a taxa para 12%. Os dados são da pesquisa Pnad Contínua, divulgada pelo IBGE nesta quarta-feira.

O levantamento considera tanto o mercado que contrata com carteira quanto o informal. A taxa veio em linha com a previsão dos analistas consultados pela Bloomberg, que projetavam desemprego de 12% no período.

Se considerados, além dos desempregados, as pessoas que desistiram de procurar emprego diante da dificuldade de encontrar uma vaga, trabalhadores que fazem uma jornada semanal inferior a 40 horas e gostariam de trabalhar mais, e pessoas que procuraram vaga mas não estavam disponíveis para começar por razões diversas, como não ter com quem deixar o filho, é possível dizer que falta trabalho para 28,4 milhões de brasileiros. Esse grupo ficou estável em relação ao começo do ano, mas cresceu na comparação com o segundo trimestre de 2018, em 923 mil pessoas.

O número de desalentados, aqueles que desistiram de procurar vaga por falta de esperança, foi estimado em 4,9 milhões de pessoas e ficou estável nas duas comparações.

O grupo de desempregados encolheu em 621 mil pessoas em relação ao começo deste ano e ficou estável na comparação com o segundo trimestre de 2018.

Fonte: O GLOBO.

Agronegócio catarinense revoltado com decisão do governo em aumentar tributos

“A decisão de aumentar a tributação sobre insumos agrícolas terá um efeito devastador na sociedade catarinense. É uma decisão errada e injusta. É uma punhalada nas costas de quem produz, atingindo não só o produtor rural, como também a agroindústria. O governo esquece que o agronegócio sempre foi a locomotiva da economia catarinense.”

A manifestação é do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) José Zeferino Pedrozo ao tomar conhecimento da tributação (17% de ICMS) sobre defensivos agrícolas que passa a vigorar neste 1º de agosto.

Os efeitos dessa medida são o aumento dos custos de produção de grãos, leite e carne, a redução da produtividade média e a perda da competitividade dos produtos agrícolas catarinenses nos mercados nacional e internacional, de acordo com a Faesc. A maioria dos Estados brasileiros mantém a isenção de impostos – especialmente o Paraná e Rio Grande do Sul – o que deixará o produto catarinense em desvantagem no mercado.

         A entidade calcula que o custo de produção aumentará em torno de 25% e será suportado quase que totalmente pelo produtor rural. Será praticamente impossível repassar esse custo ao preço final porque, no mercado, circulam produtos de outros Estados que têm situação tributária mais favorecida.

         Dessa forma, será inevitável a elevação de custo de produtos agrícolas, especialmente aqueles que demandam maior uso de insumos, como frutas, milho, trigo, arroz, batata, cebola, alho, legumes etc. No caso do milho e farelo de soja, matérias-primas essenciais na produção de rações, o impacto atingirá as cadeias produtivas de suínos, frango, leite etc. Produtores e agroindústrias irão arcar com o peso do aumento da carga tributária, que dificilmente será repassada ao consumidor.

      Pedrozo desabafou: “Estamos revoltados. O governo catarinense demonstra profunda ignorância sobre a importância social e econômica da agricultura barriga-verde.”

  O dirigente prevê que, em lugar de aumentar a arrecadação, o governo do Estado vai provocar a inflação nos preços dos alimentos, inviabilizar algumas cadeias produtivas, causar desemprego e provocar queda nas exportações catarinenses em razão da perda.

         Pedrozo expôs que os defensivos ou agrotóxicos “são insumos indispensáveis para se obter, de forma segura e contínua, altos níveis de produção e de produtividade”. Observa que “os defensivos são elementos essenciais que fornecem as necessidades da agricultura moderna e fazem parte da tecnologia agrícola. São necessários para uma produção eficiente e rentável, como estufas, irrigação, tratores e máquinas agrícolas”.     
    
O presidente da Faesc pedirá ao governador Carlos Moisés da Silva para revogar imediatamente a medida que tributa em 17% os insumos agrícolas. Ele prevê que a reação dos produtores e empresários rurais será forte e imprevisível.

Fonte: MB Comunicação.

terça-feira, 30 de julho de 2019

Erval Velho sediará etapa microrregional dos JASC

Na tarde desta terça-feira, dia 30, foi realizado no Auditório Prefeito Honório Piovezan - Erval Velho, o congresso técnico para a realização da etapa microrregional dos Jogos Abertos de Santa Catarina (JASC).

Erval Velho sediará em parceira com Herval d´Oeste a 59° etapa dos jogos que acontecerão de 29 de agosto a 03 de setembro. Participarão da fase microrregional os seguintes municípios: Água Doce, Arroio Trinta, Caçador, Capinzal, Catanduvas, Herval D' Oeste, Fraiburgo, Ibicaré, Jaborá, Joaçaba, Lacerdópolis, Luzerna. Lebon Régis, Ouro, Pinheiro Preto, Rio das Antas, Salto Veloso, Tangará, Treze Tílias, Vargem Bonita, Videira e Erval Velho.

Os jogos esportivos terão as seguintes modalidades: Futsal feminino e masculino, Bocha masculino e feminino, Voleibol masculino e feminino e Bolão masculino e feminino.


Por: Yuri Ferrari/Rádio Erval FM.

Morre a segunda vítima do acidente que aconteceu na curva da pedra, BR-282

Morreu na manhã desta terça-feira, 30, a segunda vítima do acidente que envolveu dois carros e um caminhão na BR-282, na conhecida curva da pedra, divisa de Joaçaba e Catanduvas.

O homem de 69 anos era passageiro do Pálico, com placas de Rio Bonito do Iguaçu/PR, onde estavam mais duas pessoas além dele, o motorista, de 41 anos, que morreu no local, e uma mulher, de 45 anos, única sobrevivente. o idoso foi resgatado com vida, mas levado em estado grave ao Hospital Universitário Santa Terezinha. A informação da morte foi confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML) de Joaçaba, que realizou a necrópsia do corpo.

O idoso era pai do motorista e, segundo informações de familiares, eles teriam se deslocado para Santa Catarina para acertar um trabalho.

Envolveram-se no acidente um caminhão com placas de Concórdia, uma caminhonete Hillux, com placas de Pinhalzinho, e o Pálio, de Rio Bonito do Iguaçu/PR.

O caminhão fazia sentido Catanduvas/Joaçaba e o Palio e a caminhonete Joaçaba/Catanduvas, e, de acordo com as informações fornecidas pelos motoristas do caminhão e da caminhonete, o motorista do Pálio teria se distraído para pegar um objeto, invadiu a pista contraria e bateu de frente contra o caminhão que acabou saindo da pista. Após a colisão o pálio foi arremessado contra a caminhonete, que capotou.


Fonte: Éder Luiz.

Eleitores de Erval Velho terão transporte para realizar o cadastramento biométrico

Na última segunda-feira, dia 29, ocorreu em Erval Velho as 20 horas mais uma sessão da Câmara dos Vereadores do município. 

Na reunião, o principal assunto debatido foi sobre o cadastramento biométrico, onde todos os eleitores de Erval devem realizar, para posteriormente, ter o direito de votar na próxima eleição. Em pauta na sessão, foi o projeto de Lei Número 017 de 25 de julho de 2019 - Autoriza o transporte gratuito à eleitores e da outras providências.

O líder do governo Acyr da Silva, explicou o referido projeto. Segundo ele, aproximadamente 35% dos eleitores não realizaram o cadastramento, portando, o projeto visa disponibilizar veículos (ônibus) da administração municipal para os eleitores do município realizarem a biometria.

Os eleitores interessados no transporte devem se dirigir até a prefeitura municipal e deixar seu nome na recepção para que ocorra o deslocamento até a 85° Zona Eleitoral de Joaçaba.

O projeto foi aprovado pelos vereadores.

Por: Yuri Ferrari/Rádio Erval FM.



Justiça homologa acordo para instalação de 1.140 radares em rodovias federais.


Os aparelhos serão instalados pelo DNIT para cobertura de 2.278 faixas - Fernando Donasci/Folha ImagemA juíza Diana Wanderley da Silva, da 5ª Vara Federal de Brasília, homologou ontem um acordo para a instalação de 1.140 radares em rodovias federais. Os aparelhos serão instalados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para cobertura de 2.278 faixas que são consideradas de criticidade média, alta e muita alta de todo o País. Entre as partes estão o Ministério Público Federal (MPF), a União, o DNIT e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Em sua decisão, a magistrada indica que trata-se do maior acordo judicial da história do DNIT.

A instalação dos dispositivos faz parte da fase inicial do acordo e será realizada em até 60 dias a partir da homologação da sentença. Segundo a juíza, parte dos aparelhos será instalada nas áreas urbanas do País, em faixas de criticidades muito altas, altas e médias, uma vez que trafegam mais pessoas. Já nas áreas rurais, serão instalados radares em faixas com criticidades muito altas e altas. A segunda etapa do acordo prevê a realização de um novo estudo, realizado por técnicos em engenharia do DNIT, pela Polícia Rodoviária Federal e por assistente técnico a ser indicado pela Procuradoria, indicou a juíza. O trabalho deverá ser concluído em até 120 dias e indicará a necessidade  dos radares nas faixas remanescentes, de criticidade baixa e muito baixa. As informações serão posteriormente analisadas pelo juízo.

 O acordo foi homologado no âmbito de duas ações ajuizadas contra o DNIT e a União que defendiam a permanência dos radares nas Rodovias Federais. Ações foram interpostas senador Fabiano Contarato (Rede-ES) e pelo Ministério Público Federal para que toda a malha rodoviária federal fosse coberta pelo monitoramento eletrônico. No texto, a juíza destaca o que técnicos em engenharia de trânsito e a maioria da sociedade reconhecem a importância dos radares "como um dos principais instrumentos de controle de velocidade a salvar vidas, diante da grande imprudencia.

Fonte: UOL Noticias

Estado calcula injetar R$ 200 milhões em investimentos no meio rural e pesqueiro de SC

O agronegócio é a base da economia de, e um dos grandes objetivos do Governo é aumentar a renda e a capacidade de investimento dos pequenos agricultores. Os programas de fomento da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural foram reformulados e estão de volta com novas linhas de apoio. Com a liberação dos programas, o governador Carlos Moisés e o secretário Ricardo de Gouvêa esperam injetar R$ 200 milhões em investimentos no meio rural e pesqueiro de Santa Catarina – sendo que R$ 61,6 milhões são com recursos do Estado.

“Os nossos Programas já estão em andamento em todas as regiões do estado e à disposição dos produtores e pescadores. Este ano, fizemos algumas alterações e trouxemos novidades para incentivar a inovação e a permanência do jovem no meio rural. Queremos estar ao lado dos produtores rurais e pescadores para que eles possam tomar as decisões mais acertadas e continuem investindo na melhoria do processo produtivo, trazendo mais renda e qualidade de vida aos trabalhadores rurais e pescadores catarinenses”, ressalta Ricardo de Gouvêa. 

Os programas de fomento da Secretaria da Agricultura apoiam os produtores rurais e pescadores na aquisição de bens e serviços para melhoria de processo produtivo, turismo rural, agroindustrialização, novas tecnologias, gestão da propriedade rural e até mesmo na compra de animais para melhoramento genético. Além disso, existem linhas especiais para mulheres e jovens, desenvolvimento da produção orgânica e cuidado com o solo.

A partir deste ano, os jovens pescadores e agricultores e as mulheres terão atendimento prioritário na liberação de recursos. Todos os programas necessitam de um projeto técnico elaborado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri) e recebem acompanhamento ao longo da execução.

Menos Juros

O Programa Menos Juros possibilitará investimentos de R$ 140 milhões no meio rural e pesqueiro de Santa Catarina. Os agricultores e pescadores contam com o apoio da Secretaria da Agricultura para subvencionar parte dos juros dos financiamentos contratados para aumentar a renda e criar oportunidades de trabalho.

Serão atendidos produtores rurais e pescadores enquadrados no Pronaf (O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) e os financiamentos terão um limite de R$ 100 mil e juros de até 2,5% ao ano, durante um período máximo de oito anos. O investimento do Governo do Estado será de R$ 1,6 milhão ao ano.

Programa de Fomento e Apoio a Negócios Rurais e Pesqueiros de Santa Catarina
Através do Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR), a Secretaria da Agricultura concede financiamento para aumentar a rentabilidade, inovação, organização do produtor e apoio à legalidade produtiva e à produção orgânica. Serão R$ 13 milhões em recursos disponíveis para financiamento sem juros.

Dentro do Programa de Fomento existem linhas de créditos especiais para aquisição de Kit Informática, compra de animais para melhoramento genético, investimentos na piscicultura, apoio para jovens agricultores e pescadores. A novidade é a criação de uma linha de crédito específica para atendimento da produção orgânica em Santa Catarina.

Terra-Boa

Já em andamento, o Programa Terra-Boa terá investimentos de R$ 47 milhões para ampliar a produtividade e a renda no meio rural catarinense. Este ano, a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca irá apoiar a aquisição de 300 mil toneladas de calcário, 200 mil sacas de semente de milho, mil kits forrageira, 500 kits apicultura e cinco mil abelhas rainha. A expectativa do Programa é atender cerca de 70 mil agricultores catarinenses em 2019

Além disso, o Programa conta com uma novidade para os próximos dias, terá uma linha de apoio para cobertura verde em áreas agrícolas. O Solo Saudável investirá R$ 1,2 milhão para minimizar a erosão e melhorar a qualidade do solo. Previsão de atender 600 famílias com insumos para correção de solo, sementes de adubos verdes e fertilizantes.

Programa Irrigar e Cobertura de Pomares

A Secretaria da Agricultura dá seqüência aos Programas Irrigar e Cobertura de Pomares para incentivar o armazenamento de água da chuva e o uso de telas antigranizo nos pomares de maçã, uva e frutas de caroço.

Fonte: Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca.

Caso de H1N1 é registrado em Joaçaba

Uma mulher de Joaçaba foi diagnosticada com H1N1. A paciente que tem 29 anos ficou internada o Hospital Universitário Santa Terezinha e já recebeu alta. De acordo com a Secretaria de Saúde de Joaçaba, a paciente não pertencia a grupos prioritários (que tem a vacina a disposição na rede pública de saúde) e não tinha feito a imunização. Após o diagnóstico, além dela os familiares que tiveram contato próximo também foram medicados. 

Esse foi o primeiro caso registrado no município. Ainda de acordo o setor de Saúde, Joaçaba atingiu a meta de vacinação imunizando 90% do público-alvo. Além disso, as cerca de 400 doses da vacina que foram liberadas para outros grupos após o encerramento da campanha foram distribuídas para a população em gera ainda nos primeiros dias da liberação.

Cuidados e prevenção

 Além da vacina, é recomendado adotar algumas medidas de prevenção para evitar a gripe: higienizar as mãos com água e sabão ou com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar; a higienização também é importante depois de usar o banheiro; antes das refeições; antes e depois de tocar os olhos, a boca e o nariz; evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (corrimão, bancos, maçanetas etc), além de manter hábitos de alimentação saudáveis, com ingestão de líquidos e realização de atividades físicas.

 Pessoas com influenza devem evitar contato com outras pessoas. Em caso de suspeita, o paciente deve procurar atendimento médico o mais rápido possível. O tratamento precoce com Oseltamivir (Tamiflu) reduz tanto os sintomas quanto a ocorrência de complicações da influenza e está disponível em todas as unidades de saúde e hospitais de Santa Catarina.

Fonte: Éder Luiz.

SBP: Brasil desativou 16 mil leitos pediátricos desde 2010

Um levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostrou que nos últimos nove anos o Brasil desativou 15,9 mil leitos de internação pediátrica, aqueles destinados a crianças que precisam permanecer no hospital por mais de 24 horas. Segundo a SBP, dados obtidos no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), mantido pelo Ministério da Saúde, indicam que em 2010, o país dispunha de 48,8 mil leitos no Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2019, segundo dados relativos ao mês de maio, o número baixou para cerca de 35 mil. 

A pesquisa também mostra que os leitos disponíveis nos planos de saúde ou em unidades privadas caíram em 2.130 no mesmo período, com 19 estados perdendo leitos pediátricos nessa rede. São Paulo desponta com a maior queda: ao todo foram 762 unidades encerradas, seguido do Rio Grande do Sul (-251) e Maranhão (-217).

Segundo os dados, os estados das regiões Nordeste e Sudeste foram os que mais sofreram com a redução de leitos de internação no SUS, com 5.314 e 4.279 leitos a menos, respectivamente. Em seguida estão as regiões Sul (-2.442 leitos), Centro-Oeste (-1136) e Norte (-643).

São Paulo foi o estado que mais perdeu leitos de internação infantil entre 2010 e 2019, com 1.583 leitos pediátricos desativados. No sentido contrário dois estados tiveram aumento no número de leitos SUS: Amapá, que saltou dos 182 leitos pediátricos existentes em 2010 para 237 no fim do ano passado, e Rondônia, foi de 508 para 517.

Entre as capitais, São Paulo lidera o ranking dos que mais perderam leitos na rede pública (-422), seguidos por Fortaleza (-401) e Maceió (-328). Três capitais, Salvador, Macapá e Manaus, conseguiram elevar a taxa de leitos, o que sugere que o grande impacto de queda tenha recaído sobre as demais cidades metropolitanas ou interioranas dos estados. 

Infraestrutura precária

Segundo a presidente da SBP, Luciana Rodrigues Silva, as informações coincidem com o panorama de limitações e precária infraestrutura que se apresenta àqueles que diariamente atuam nos serviços de assistência pediátrica. “A queda na qualidade do atendimento tem relação direta com recursos materiais insuficientes. Essa progressiva redução no número de leitos implica obviamente em mais riscos para os pacientes, assim como demonstra o sucateamento que se alastra pela maioria dos serviços de saúde do país”, disse.

De acordo com Luciana, entre os agravos que mais têm levado as crianças a precisar de internação estão as doenças respiratórias, com prevalência acentuada nos períodos de outono e inverno, como bronquiolites, crises de asma e pneumonias. Os problemas gastrointestinais, casos de alergias e as chamadas arboviroses, também de ocorrência sazonal, completam a lista que contribuem para o crescimento dessa demanda.

UTIs neonatais

De acordo com a SBP, levando em conta o número de prematuros que nascem no Brasil (912 por dia), faltam pelo menos 2.657 leitos intensivos neonatais em todo o Brasil, sendo que o ideal seria haver no mínimo quatro leitos para cada grupo de mil nascidos vivos. 

“Atualmente, no entanto, dados do Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (Cnes) indicam a existência 9.037 leitos do tipo no país, públicos e privados, que correspondem a 3,1 por mil nascidos vivos. Se considerados apenas os leitos oferecidos no SUS, esta taxa cai para 1,6 leitos por mil 1.000, considerando as 4.764 unidades existentes”, diz a SBP.

Entre os estados, o pior resultado apurado pela SBP consta em Roraima, onde os 12 leitos de UTI neonatal disponíveis compõem a taxa de 1,02 leito por mil nascidos vivos.  Na segunda pior posição, o Amazonas, com 1,29 leito por um milhar, seguido do Acre, onde o mesmo grupo de recém-nascidos tem 1,34 leito. Na outra ponta, três unidades da federação atingiram a taxa mínima preconizada pelos pediatras: Rio de Janeiro, com 5,53 leitos por mil nascidos vivos; Espírito Santo, com taxa de 4,82 leitos; e Distrito Federal, com 4,22.

Ministério da Saúde

Por meio de nota, o Ministério da Saúde informou que, de 2010 a maio de 2019 foi registrado aumento de quase três vezes no número dos leitos complementares no SUS, incluindo os de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), passando de 10.787 para 30.855, dos quais 4.764 de UTI Neonatal e 2.525 leitos de UTI Pediátrico. Os leitos de UTI são os de maior complexidade, que exigem estrutura e esforço de profissionais, além de serem destinados a pacientes em casos graves. 

“O Ministério da Saúde, nos últimos anos, investiu na expansão de leitos pediátricos e neonatais para atendimento de maior complexidade, destinados a pacientes graves e que exigem maior estrutura e esforço de profissionais. O crescimento da oferta de leitos de cuidados intermediários e intensivos para esses casos foi de 25% entre 2010 e 2018, totalizando atualmente mais de 11,6 mil leitos no SUS, de julho de 2010 a março de 2019”, diz a nota.  

Segundo o Ministério, a habilitação de novos leitos deve ser solicitada pelos gestores locais. A habilitação e a liberação de recursos são feitas mediante apresentação de projetos, que são analisados pela pasta. “O gestor local também tem autonomia para ampliar o número de leitos com recursos próprios, a partir de sua avaliação em relação a demanda e necessidade e capacidade instalada de oferta assistencial. A habilitação de leitos pelo Ministério da Saúde assegura recursos adicionais para o custeio do serviço”.

Fonte: Agência Brasil.

Celesc alerta produtores catarinenses para Recadastramento Rural

Até 13 de dezembro de 2019, produtores rurais de Santa Catarina devem realizar o recadastramento de suas unidades consumidoras de energia elétrica Celesc, para garantir o benefício da Tarifa Rural. A determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), por meio da Resolução nº 800/2017, objetiva manter o benefício aos consumidores que tenham direito às reduções cumulativas a agricultores, que vão de 10% a 30%.

Com o recadastramento o subsídio será mantido por mais três anos aos consumidores rurais, quando deverão fazer um novo recadastramento. Quem tem direito ao benefício deve enviar a documentação pelo e-mail  recadastramentorural@celesc.com.brou levá-la à loja da Celesc. Entre as comprovações exigidas estão se a unidade consumidora está em área rural, se exerce atividade agropecuária na referida unidade, entre outras. Os interessados podem encontrar mais informações no endereço eletrônico https://bit.ly/2OkvjYV ou ligar para o atendimento comercial da Celesc, no número 0800 480120.

Beneficiários e documentação geral

O benefício vale para as UCs cadastradas como agropecuária (classificados nos grupos 01.1 a 01.6 da CNAE), Aquicultura (cultivo de organismos cujo ciclo de vida sem condições naturais se dá total ou parcialmente em meio aquático, disposta no grupo 03.2 da CNAE), agroindústria (indústria de transformação ou beneficiamento de produtos advindos diretamente a agropecuária, desde que com potência nominal total do transformador até 112,52kVA) e residencial rural (residência localizada em área rural, utilizada por trabalhador rural ou aposentado nesta condição). Entre os principais documentos necessários para efetivar o recadastramento rural estão:

Pessoa Física

- Cadastro de Pessoa Física (CPF)
- Carteira de Identidade ou outro documento de identificação oficial com foto
- Registro Administrativo de Nascimento Indícgena (RANI, no caso de indígenas)

Pessoa Jurídica

- Cartão do CNPJ
- Para LTDA: Última alteração do Contrato Social Consolidado ou Contrato Social e as alterações existentes
- Para empresa individual: Formulário de Empresário Individual
- Para Associação/Condomínio/Sociedades Anônimas: Estatuto Social e Ata com eleição da última diretoria. No caso de Síndico de Condomínios, ata da assembléia que nomeou o sindico;
- RG e CPF (ou outro documento oficial com foto) ou cópias autenticadas do representante oficial da empresa

Outras informações em https://bit.ly/2OkvjYV

Fonte: Assessoria de Comunicação/Celesc.

Dupla é flagrada furtando erva-mate no interior de Ponte Serrada

Um homem de 41 anos e um adolescente de 17 foram detidos por volta das 16 horas desta segunda-feira, dia 29, pelo crime de furto de erva-mate em Ponte Serrada. O caso ocorreu na Vila Pouso dos Tropeiros.

A dupla estava com uma Fiat Strada carregada de erva-mate. A PM deu voz de prisão para o homem e apreendeu o adolescente, encaminhando ambos para a Delegacia de Polícia Civil de Ponte Serrada.

Fonte: Oeste Mais.

segunda-feira, 29 de julho de 2019

Grave acidente de trânsito deixa um óbito e dois feridos graves na BR-282

A manhã desta segunda-feira, dia 29, iniciou com um grave acidente de trânsito a 3 KM do trevo de Jaborá, próximo a popular Curva da Pedrona.

Segundo informações repassadas para a Rádio Erval FM se envolveram no acidente um Fiat/Pálio com placas de  Cafelândia do Iguaçu/Paraná, um Toyota (Sem identificação) de Pinhalzinho e um caminhão de carga viva.

No Pálio estavam o motorista que acabou perdendo a vida e outros dois feridos em estado grave.

Equipes do SAMU, Bombeiros, PRF e PM estiveram no local atendendo a ocorrência.

As vítimas foram conduzias ao Hospital Universitário Santa Terezinha, de Joaçaba.







Por: Yuri Ferrari/Rádio Erval FM
Fotos: Neimar Luiz Tonial.

Conta de luz terá bandeira vermelha em agosto e ficará mais cara

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (28) que a bandeira tarifária de agosto será vermelha, o que significa uma cobrança extra de R$ 4 a cada 100 quilowatts-hora consumidos.

Em julho a bandeira tarifária em vigor foi a amarela com uma cobrança extra de R$ 1,50 a cada 100 kWh.

O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo de geração de energia. O objetivo é informar aos consumidores quando esse custo aumenta e permitir que eles reduzam o uso para evitar pagar uma conta de luz mais cara.

Segundo a Aneel, agosto é um mês típico de seca e a previsão é de chuvas abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios das hidrelétricas. De acordo com a agência, esse cenário vai exigir aumento da geração termelétrica, que produz energia mais cara.

Fonte: G1.

Meteorologia prevê frio intenso com geada e neve a partir de agosto



(Fonte: Rádio Catarinense)

Cantora de Erval Velho fica em 3° Lugar em Festival de São Lourenço do Oeste


A cidade de São Lourenço do Oeste foi palco mais uma vez de um dos festivais mais antigos do Brasil nos dias 25, 26 e 27 de julho, o FLIC 2019- Festival Lourenciano de Interpretação da Canção. A sua 47° edição teve R$ 35 Mil Reais em premiação e foi realizada na Arena do Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira.

Erval Velho participou do festival com a cantora Milena Provensi, que participou na categoria infantil concorrendo com outros 34 interpretes. A eliminatória ocorreu na quinta-feira (25) sendo que cinco candidatos passaram para a final, realizada no sábado (27). Milena cantou a música Pequenina da cantora Perla e ficou em 3° lugar no festival.


Por: Yuri Ferrari/Rádio Erval FM.

Atletas de Erval Velho são Campeões em evento de MMA


Aconteceu na cidade de Agrolândia/SC no último sábado, dia 27, o 14° FFC-Force Figth Championship, evento de MMA (Mixed Martial Arts, ou em português, “Artes Marciais Mistas) e Erval Velho participou com a Equipe Black Dragon/Chute Boxe juntamente com atletas de Capinzal, Rio do Oeste e Presidente Getúlio, os quais tiveram saldo de cinco vitórias e apenas duas derrotas.

Durante o evento os atletas disputaram as lutas de MMA, K-1 (Kickboxing) e Muay Thai. Os participantes de Erval tiveram as seguintes colocações no K-1:

  • Edimar Amalcaburio: Campeão 
  • Edumar Amalcaburio: Vice-Campeão
  • Michel Felipe Ferreira: Campeão



Por: Yuri Ferrari/Rádio Erval FM.

Mulher é baleada com três tiros pelo ex-companheiro

Uma mulher foi atingida por disparos de arma de fogo na madrugada deste domingo (28) na Av. Leoberto Leal, bairro Universitário, em Curitibanos.

De acordo com testemunhas, a vítima havia saído de uma festa com os amigos quando ficaram sem combustível e pararam o carro às margens da BR-470. Enquanto aguardavam a gasolina, o ex-companheiro chegou ao local e começou a xingar a mulher, e em seguida efetuou os disparos.

A vítima, de 24 anos, foi socorrida pelos Bombeiros com três perfurações: no braço esquerdo, abaixo do olho esquerdo (olho) e próximo da orelha direita. Após primeiros socorros, ela vítima foi conduzida consciente ao Hospital Hélio Anjos Ortiz.

A Polícia Militar foi acionada, mas o autor já havia fugido do local em um GM/Corsa verde. O caso foi repassado para a Polícia Civil investigar.

Fonte: A Semana

domingo, 28 de julho de 2019

Dois veículos se envolvem em acidente na BR-282 em Erval Velho


Na manhã deste domingo (28) foi registrado no município de Erval Velho um acidente de trânsito envolvendo dois veículos na BR-282 em frente a Gruta Nossa Senhora de Lourdes.

Se envolveram no acidente um Gol com placas de Erval Velho LZK-7602 conduzido por um homem que sofreu alguns ferimentos e um Corolla de Pinhalzinho QJV-1389 com quatro pessoas, o motorista que não se feriu, mulher com suspeita de fratura em um dos braços e duas crianças que não se feriram, apenas ficaram assustados com o ocorrido.

De acordo om informações colhidas no local, o Corolla fazia sentido Campos Novos a Joaçaba quando foi surpreendido pelo Gol que atravessava a BR. 

As equipes do SAMU, Bombeiros e PRF atenderam a ocorrência.

Os veículos tiveram danos de grande monta como mostra as fotos abaixo.






Por: Yuri Ferrari/Rádio Erval FM.

sexta-feira, 26 de julho de 2019

Abertas as inscrições para Bolsas de Pesquisa na Unoesc

Estão publicados no site da Unoesc dois Editais que visam a concessão de bolsas de Pesquisa. Um deles é do Uniedu (Art 170 ) e o outro do FUMDES (Art 171), condicionada a disponibilidade de recursos pelo Governo do Estado de Santa Catarina. As inscrições deverão ser realizadas pelo professor e aluno até o dia 12 de agosto no site da Unoesc.

O Programa Uniedu, com fundo do artigo 170, dispõe da modalidade de Bolsa de Pesquisa, destinada aos alunos economicamente carentes, regularmente matriculados em, no mínimo, doze créditos nos cursos de graduação (presencial e a distância), que não possuem diploma de ensino superior. As bolsas terão duração de seis meses, com referência aos meses de julho a dezembro de 2019.

Já o benefício da modalidade de Bolsas de Pesquisa e Extensão, com fundos oriundos do artigo 171 - FUMDES, é direcionada aos alunos economicamente carentes, regularmente matriculados nos cursos de graduação presenciais da Unoesc, com no mínimo com 12 créditos, que tenham cursado todo o ensino médio em escola pública ou em escola privada com bolsa integral e que residam há no mínimo dois anos em Santa Catarina. Sendo selecionados eles receberão o correspondente ao valor de um salário mínimo vigente no mês de dezembro do ano anterior. As bolsas terão duração de dois anos, com possibilidade de renovação por mais um ano. Além destes critérios, o aluno precisa estar cadastrado no sistema do UNIEDU.

Após as inscrições é necessário o encaminhamento da documentação citada no respectivo Edital, no formato digital e via e-mail a Diretoria de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão do respectivo campus.

A homologação do resultado dos projetos e bolsistas aprovados para as bolsas do Art 170 (Uniedu) e art. 171 (Fumdes) será divulgadas até o dia 22 de agosto

Fonte: Alessandra de Barros/Assessoria de Imprensa

Veículo na contramão dá de ‘cara’ com viatura da PM


Veículo na contramão dá de ‘cara’ com viatura da PMO motorista de um VW/Golf com placas de Capinzal foi abordado após ser flagrado transitando na contramão no início da madrugada desta sexta-feira (26), em Joaçaba.

Uma guarnição da Polícia Militar realizava rondas na Rua Eliziário de Carli, quando se deparou com o veículo na pista contrária. Os policiais constataram que o condutor estava com a habilitação vencida há mais de trinta dias e não portava os documentos do carro, que era ocupado por sete pessoas.

O motorista recusou o teste do bafômetro, sendo emitidas as atuações pelas infrações, que totalizaram cerca de R$ 4 mi reais. O veículo foi liberado para uma pessoa habilitada.

Fonte: Caco da Rosa

Campos Novos: Abertas inscrições para o 3° FEMAC


A terceira edição do Festival de Música Amigos do COMAD acontecerá de 14 a 16 novembro 2019, nas dependências do Salão Paroquial São João Batista, em Campos Novos.


O FEMAC faz parte do projeto III SEMANA MAIS CULTURA MAIS PREVENÇÃO - PRONAC: 182597.

As modalidades e categorias do 3° FEMAC são:

Composição Alunos de Campos Novos: idade entre 07 e 17 anos.

Intérprete Alunos de Campos Novos: 

- Mirim: de 07 a 12 anos Estilo Livre

- Juvenil: de 13 a 17 anos – Estilo Livre

Intérprete Adulto Municipal: Estilo Nativista/gauchesco; Sertanejo; Estilo Livre (pop, rock, MPM, rap, gospel e outras.)
Intérprete Adulto Nacional: Estilo Nativista/gauchesco; Sertanejo; Livre (pop, rock, MPM, rap, gospel e outras.)


Acesso gratuito e democrático a todos os públicos, participe. Informações e inscrições no site: http://www.festivalfemac.com.br

O referido projeto produção cultural do Instituto Humaniza em parceria com o Conselho Municipal Anti Drogas –COMAD, viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura, com o apoio do grupo de Amigos do COMAD, Câmara Municipal de Vereadores, Prefeitura Municipal de Campos Novos, patrocínio master da ENERCAN – Campos Novos Energia –SA, patrocínio: Grupo Pegoraro,  Benoit, e uma realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania, Governo Federal.



Fonte: Rádio 104,9 Campos Novos.

Homem fere companheira e a abandona às margens da BR-282 em Campos Novos

Por volta das 22h dessa quinta-feira (25),a Polícia  Militar registrou caso de violência contra mulher na BR-282, proximidades do trevo Tupitinga. A vítima, uma mulher de 39 anos foi agredida pelo seu companheiro.

Ela e sua irmã (testemunha) estavam se deslocando de carro para o município de Vargem, quando começou uma discussão entre o casal e o homem parou o veículo no acostamento e começou a desferir vários socos contra a vítima dentro do carro, em seguida mandou a sua companheira e sua irmã saírem do carro, pegou uma faca e desferiu um golpe contra a mulher atingindo de raspão no pescoço. 

Depois disso, o homem fugiu a pé pelo mato e deixou o carro abandonado. Foi acionado o Corpo de Bombeiros, que se fez presente no local e prestou os primeiros socorros à vítima, mas a mulher se recusou a ser encaminhada ao hospital. 

Foram realizadas buscas, mas o agressor não foi encontrado. O veículo foi guinchado ao pátio, por estar abandonado em local impróprio e prejudicando o fluxo de veículos no local.

Fonte: Rádio Cultura.

Vinho importado ilegalmente é apreendido na BR-282

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 52 litros de vinho argentinos na madrugada desta sexta-feira (26) na BR-282, em Xanxerê. A mercadoria foi encontrada em um Kia/Soul com placas de Florianópolis.

Os policiais desconfiaram do cobertor que não permitia visualizar o interior do veículo, e descobriram que ele estava completamente carregado com caixas de vinhos e espumantes da Argentina.

O condutor relatou que foi contratado para transportar as bebidas desde Dionísio Cerqueira até Palhoça. A mercadoria foi apreendida e encaminhada à Receita Federal.

O motorista foi liberado, mas vai responder pelo crime de descaminho. Conforme o Ministério da Fazenda, a cota máxima mensal de importação de bebidas alcoólicas é de 12 litros por pessoa.


Fonte: Caco da Rosa.