terça-feira, 18 de junho de 2019

Plano Safra: Governo anuncia recursos para construção de casas rurais

Nesta terça-feira (18), durante o anúncio do Plano Safra 2019/2020, o Ministério da Agricultura comunicou que, pela primeira vez, o Plano terá verbas para construção de casas rurais. Serão destinados R$ 500 milhões para financiar a construção ou reformas de moradias dos pequenos agricultores. Com os recursos, será possível construir até 10 mil casas para os agricultores familiares, informou o Ministério.

Outra novidade será o recurso para custeio ou investimento, com juros de 3% ao ano, para apoiar as seguintes atividades: exploração extrativista sustentável e produção de ervas medicinais, aromáticas e condimentares.

Plano Safra tem R$ 53,41 bilhões para investimento; veja as taxas de juros

O Plano Safra 2019/2020 foi anunciado nesta terça, dia 18, em Brasília. As linhas de investimento receberão R$ 53,41 bilhões. Durante a cerimônia, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que o volume de recursos liberados atesta o compromisso do atual governo com desenvolvimento do setor.

“Aumentam os recursos de investimento para a Agricultura de Baixo Carbono (ABC), programas de inovação, tecnologia, irrigação, correção de solo e produção de leite, suínos e aves”, diz.

Moderfrota

Total de recursos: R$ 9,690 bilhões
Limite de crédito por beneficiário: 85%
Prazo máximo para pagamento: 7 anos
Carência máxima: 14 meses
Taxas de juros: 8,5% a 10,5%

Moderagro


Total de recursos: R$ 1,2 bilhão
Limite de crédito por beneficiário: R$ 880 mil
Prazo máximo para pagamento: 10 anos
Carência máxima: 3 anos
Taxas de juros: 8%

Moderinfra

Total de recursos: 732 milhões
Limite de crédito por beneficiário: R$ 3,3 milhões
Prazo máximo para pagamento: 10
Carência máxima: 3
Taxas de juros: 8%

ABC

Total de recursos: R$ 2,096 bilhões
Limite de crédito por beneficiário: R$ 5 milhões
Prazo máximo para pagamento: 12 anos
Carência máxima: 8 anos
Taxas de juros: 5,25% e 7%

PCA

Total de recursos: R4 1,815 bilhão
Limite de crédito por beneficiário: não há
Prazo máximo para pagamento: 15 anos
Carência máxima: 3 anos
Taxas de juros de até: 6% a 7%

Inovagro


Total de recursos: R$ 1,5 bilhão
Limite de crédito por beneficiário: R$ 1,3 milhão
Prazo máximo para pagamento: 10 anos
Carência máxima: 3 anos
Taxas de juros de até: 7%

Prodecoop

Total de recursos: R$ 1,285 bilhão
Limite de crédito por beneficiário: R$ 150 milhões
Prazo máximo para pagamento: 10 anos
Carência máxima: 3 anos
Taxas de juros de até: 8%

Pronaf

Total de recursos: R$ 12,927 bilhões
Limite de crédito por beneficiário: R$ 165 mil
Prazo máximo para pagamento: 10 anos
Carência máxima: 3 anos
Taxas de juros de até: 3% e 4,6%

Pronamp

Total de recursos: R4 2,715 bilhões
Limite de crédito por beneficiário: R$ 430 mil
Prazo máximo para pagamento: 8 anos
Carência máxima: 3 anos
Taxas de juros de até: 7%

Fundos Constitucionais


Total de recursos: R$ 6,230 bilhão
Limite de crédito por beneficiário: não há
Prazo máximo para pagamento: 12 anos
Carência máxima: 3 aos
Taxas de juros de até: Taxa por porte

Bancos cooperativos

Total de recursos: R$ 600 milhões
Limite de crédito por beneficiário: R$ 450 mil
Prazo máximo para pagamento: 12 anos
Carência máxima: 3 anos
Taxas de juros de até: 8%

BNDES – Procap-Agro

Total de recursos: R$ 2,5 bilhões
Limite de crédito por beneficiário: R$ 65 milhões
Prazo máximo para pagamento: 2 anos
Carência máxima: 6 meses
Taxas de juros de até: Taxa de Juros de Longo Prazo+3,7%

BNDES – Prorenova

Total de recursos: R$ 1,5 bilhão
Limite de crédito por beneficiário: não há
Prazo máximo para pagamento: 6 anos
Carência máxima: 18 meses
Taxas de juros de até: Taxa de Juros de Longo Prazo+3,7%

BNDES – Agro

Total de recursos: R$ 2,5 bilhão
Limite de crédito por beneficiário: não há
Prazo máximo para pagamento: não há
Carência máxima: não há
Taxas de juros de até: Taxa de Juros de Longo Prazo+3,7%

BB – Investe Agro

Total de recursos: R$ 1 bilhão
Taxas de juros: Taxa de mercado

Juros livres

Total de recursos: R$ 5,125 bilhões
Taxas de juros: Taxa de mercado

Fonte: FETAESC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário