quarta-feira, 20 de março de 2019

''Momo''- Personagem que ensina crianças a cometerem suicídio

Personagem ''Momo''- Reprodução Internet

Nos últimos dias do mês de março, brasileiros em especial os pais estão preocupados com o que seus filhos passaram a compartilhar na internet e sobre a ameaça que está circulando em vídeos infantis no YouTube

O que se sabe até hoje sobre a personagem?

Segundo sites de informações e relatos de pessoas, uma personagem chamada ''Momo'' estaria aparecendo nos vídeos e passando instruções para as crianças se machucarem por conta própria e até mesmo cometer suicídio.

Os alertas estão circulando nas redes sociais e em grupos de WhatsApp deixando muitos pais preocupados. Muitas imagens dos vídeos infantis são interrompidos pelo assustador personagem ''Momo'' com cenas terríveis. A boneca, que tem olhos esbugalhados, pele pálida e um sorriso sinistro, ficou famosa em diversos países, depois de ser disseminada em um vídeo e é utilizada por criminosos da internet.

Dicas para proteger as crianças

– Nunca usar a conta dos pais para visualizar vídeos infantis no Youtube tradicional. A plataforma está programada para publicidade relevante para o perfil do usuário. Uma criança que usa a conta dos pais está sujeita a uma publicidade para adultos, e isso será mais nocivo do que qualquer outro conteúdo.

– Crie a própria playlist de vídeos. Ao passar rapidamente a barra de rolagem é possível pré-visualizar todo o vídeo para saber se não tem nada de anormal nele.

– Crie filtro de conteúdo.

– Desative a reprodução automática de vídeos.

– Procure acessar canais oficiais das produtoras de conteúdo. Qualquer canal com poucos inscritos, baixa visualização, indica que não foi verificado pela plataforma.

– Instrua a criança a nunca compartilhar informações pessoais, como números de telefone, endereços. (Fonte: NSC)

Todo comportamento estranho de uma criança deve ter maior cautela por parte dos pais.

Nesta quarta-feira (20) a psicóloga do Posto de Saúde de Erval Velho irá participar de uma entrevista ao vivo a partir das 12h pela Rádio Erval FM comentando e dando conselhos aos pais sobre o que exatamente é esse personagem.

A veracidade sobre os vídeos ameaçadores, no entanto, não foi confirmada, e a se julgar pelo que já ocorreu em outros países, pode ser apenas uma fraude, criada não para colocar crianças em risco, mas os pais em pânico.

Por: Rádio FM com informações do G1 e NSC.

Nenhum comentário:

Postar um comentário