quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Indivíduo é preso por se masturbar na frente de mulher


Um indivíduo foi preso no início da tarde desta quarta-feira (26) e enquadrado na recente lei de importunação sexual, em Campos Novos. De acordo com o relatório policial, o elemento seguiu uma mulher, que se deslocava ao trabalho, e em determinado momento tirou os órgãos genitais para fora e começou a se masturbar.

A vítima solicitou ajuda do policial militar que presta serviço no Fórum, que diante do relato da mulher e de testemunhas prendeu o tarado em flagrante.

O homem, de 30 anos, foi encaminhado à Delegacia onde foi lavrado o boletim por ato obsceno e importunação sexual.

Importunação sexual agora é crime

O presidente da República em exercício, ministro Dias Toffoli, sancionou na última segunda-feira (24), durante viagem do presidente Michel Temer aos Estados Unidos,  o projeto que cria o crime de importunação sexual e aumenta a pena para estupro coletivo. A importunação sexual é a prática de ato libidinoso na presença de alguém, sem que a pessoa dê consentimento. Com a sanção, esses atos se tornaram crimes sujeitos a punição de 1 a 5 anos de prisão.

Fonte: Caco da Rosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário