quarta-feira, 18 de julho de 2018

Vítima de acidente que aconteceu no interior de Jaborá tem braço amputado


Uma mulher que estava no carro de Saúde do município de Seara, e que se envolveu no acidente ontem à noite no interior de Jaborá, teve o braço esquerdo amputado no Hospital Santa Terezinha de Joaçaba. Ela era uma das seis pessoas que estavam no veículo que voltava de Florianópolis e foi atingido por um caminhão. A informação foi confirmada pelo secretário de Saúde de Seara, Flávio Zolet.

O acidente aconteceu por volta das 19:20h da terça-feira, dia 17, na SC-355 em Linha Castelhano, interior de Jaborá. Um caminhão com placas de Jaraguá do Sul, que carregava sucatas e ferro, ficou sem freio e acabou batendo na traseira da carreta com placas de Joaçaba, que transportava óleo vegetal. Após colidir na carreta, o motorista do caminhão acabou perdendo o controle e bateu, de frente, com o a Doblo de Seara, jogando o carro para fora da pista. O caminhão sem freio também saiu da pista e atingiu uma casa, destruindo a parte da frente da residência.

O motorista do Fiat Doblo, de Seara e os cinco passageiros foram levados para o Hospital de Joaçaba. Ainda na noite de terça-feira, cinco foram liberados, após atendimento. “O estado mais grave foi o dessa passageira. Infelizmente os médicos precisaram amputar um dos braços, devido a gravidade dos ferimentos”, conta Zolet, que viajou ainda na noite de terça-feira e permanece com a família da mulher em Joaçaba.

Bombeiros de Catanduvas e de Concórdia foram acionados e estiveram no local. Equipes do Samu também foram dar apoio no atendimento. A Polícia Rodoviária Estadual também esteve no local para fazer a sinalização de trânsito e o levantamento de informações sobre as causas do acidente.”Pelos relatos que tenho dos passageiros e do nosso motorista, ele não teve o que fazer. Quando percebeu o caminhão estava na pista, de frente, ele só conseguiu tirar”, detalha o secretário. “Foi um herói, pois poderia ter sido bem pior, se não fosse a agilidade dele”, ressalta.

Fonte: Rádio Aliança

Nenhum comentário:

Postar um comentário