sexta-feira, 6 de julho de 2018

Eleições 2018: inscrições abertas para mesários voluntários

Foto:Reprodução Internet
Instituído em 2016, com a finalidade de aprimorar o diálogo com os eleitores, o Portal do Eleitor funciona também como principal canal de comunicação com os mesários. As convocações para as Eleições 2018 acontecem de 6 de julho a 8 de agosto, e os interessados em trabalhar voluntariamente podem se inscrever acessando o Portal e preenchendo seus dados. As Eleições deste ano acontecem no dia 7 de outubro e, em caso de 2º turno, 28 de outubro.

Através do Portal do Eleitor também é possível acessar informações relativas às convocações, datas de treinamentos e o guia do mesário, material com instruções acerca do dia das eleições. Declarações de trabalhos eleitorais referente às eleições passadas também podem ser retiradas no Portal.

Ao se cadastrar no site, o voluntário irá permitir que a Justiça Eleitoral o notifique por meio eletrônico, através do e-mail fornecido. Dessa forma, é importante que os dados cadastrais estejam atualizados até a data das convocações.

Dúvidas sobre o assunto podem ser esclarecidas na página de perguntas frequentes, site do TRE-SC.

Vantagens

O trabalho de mesário nas eleições prevê dois dias de folga para cada dia de convocação (Lei n. 9.504/1997, art. 98), a validação das horas trabalhadas como atividade complementar em universidades conveniadas, a preferência de desempate em concursos públicos no TRE-SC e, quando previsto em edital, em outros concursos públicos, além da direta contribuição com a transparência do processo eleitoral.

Quem pode e quem não pode trabalhar como mesário

Todo eleitor, maior de 18 anos, e que esteja em situação regular com a Justiça Eleitoral poderá ser mesário. Consulte sua situação eleitoral aqui

Não poderão ser mesários:

- Candidatos, seus cônjuges e parentes de até segundo grau (mãe, pai, avó), mesmo que por afinidade (sogro, genro, cunhado);

- Membros dos Diretórios de partidos que exerçam função executiva;

- Agentes e autoridades policiais, assim como funcionários com cargos de confiança do Executivo;

- Pertencentes ao serviço eleitoral.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário