quinta-feira, 5 de abril de 2018

Juiz que atuou em Joaçaba assume cargo no TSE

Foto:Juiz Davidson Jahn Mello
Na sessão judicial da última terça-feira (3), foi referendado, pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, o pedido de desligamento do juiz Davidson Jahn Mello.

O magistrado deixou a Corte antes do término de seu biênio em virtude de ter sido convidado, pelo Ministro Jorge Mussi, para ser juiz auxiliar no Tribunal Superior Eleitoral, cargo que assumiu na última segunda-feira (2).

A juíza Luísa Hickel Gamba destacou que o magistrado “foi um juiz de muita convicção, de muita inspiração, e de votos muito bem elaborados e estudados.”

O presidente do TRESC, desembargador Ricardo Roesler, após ler o ofício encaminhado pelo juiz Davidson Jahn Mello requerendo seu desligamento, ressaltou que o magistrado “sempre foi muito ético, probo e eficiente em suas decisões.”

Por não poder estar presente na ocasião, em razão de já ter assumido suas funções no TSE, o ex-integrante da Corte eleitoral despediu-se do Tribunal e parabenizou todo o quadro de servidores, em um vídeo reproduzido na sessão, e finalizou: “Deixo aqui minha grande alegria, minha enorme satisfação por ter atuado no Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina”.

O juiz Davidson Jahn Mello atuou no Fórum da Comarca de Joaçaba no final da década de 90.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário