terça-feira, 27 de março de 2018

Casal de policiais de Chapecó é vítima de tentativa de assalto no RN, soldado foi morta


O Comando Geral da Polícia Militar de Santa Catarina desloca nesta terça-feira (27) efetivo para Natal (RN) para acompanhar a recuperação do sargento Marcos Paulo da Cruz, 43 anos, e auxiliar no deslocamento do corpo da soldado Caroline Plescht, 32 anos. O casal de policiais catarinenses, que estava em férias, sofreu uma tentativa de assalto e foi baleado em um pizzaria na segunda (26). Ela morreu durante o socorro.

Segundo o comandante geral da PM de Santa Catarina, coronel Araújo Gomes, o crime ocorreu por volta das 21h. “A pizzaria em que estavam foi assaltada por dois homens armados, que ao perceberem a presença dos policiais exigiram que os dois ficassem de joelhos e desferiram dois disparos de arma de fogo em cada um”, disse em nota.

Conforme a PM, será deslocado o chefe de gabinete do Comando Geral da PM e uma assistente social para dar suporte psicológico ao sargento e tomar as medidas necessárias para o translado do corpo da soldado. Dois familiares também embarcaram para o Rio Grande do Norte.

O sargento foi atingido no ombro e está em situação estável, conforme a PM. A soldado foi atingida no peito e morreu antes de chegar no hospital.

Em nota, o comando diz estar em luto. “A Polícia Militar de Santa Catarina está de luto e lamenta o fato de pessoas serem vítimas de homicídio pelo simples fato de terem escolhido a Polícia como profissão”, disse.

O casal trabalhava no 2º Batalhão de Polícia Militar da Fronteira (2ºBPM/Fron), em Chapecó, no Oeste catarinense. Caroline nasceu em Campo Grande (MS), mas vivia em Chapecó desde criança. Ela entrou na corporação em Chapecó em 2013.

Crime

De acordo com a PM, o crime aconteceu na noite desta segunda-feira (26) no conjunto Parque das Dunas, em Natal. Os suspeitos chegaram em um carro e pararam o veículo próximo da pizzaria. Depois de levarem o dinheiro do caixa, os criminosos abordaram os clientes. Testemunhas contaram à PM, que os bandidos perceberam que o policial estava armado e começaram uma briga.

Após atirarem no casal, os criminosos fugiram levando a arma do sargento. Os policiais catarinenses foram foram levados ao pronto-socorro do Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal. Ela – em estado grave, numa ambulância. Ele, socorrido pouco depois por um dos funcionários da pizzaria, no carro alugado pelo casal durante as férias na cidade.

Policiais militares de vários batalhões de Natal se mobilizaram no socorro às vítimas e na tentativa de localizar os criminosos. Uma hora depois de dar entrada, eles receberam a notícia que a policial Caroline Pletsch havia morrido. O marido dela, mais estável, foi encaminhado para o Hospital Walfredo Gurgel, na Zona Leste da capital potiguar.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário