quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Aberta a 14ª edição do Tecnoeste em Concórdia


Aconteceu na manhã do dia 21 de fevereiro a abertura oficial da 14ª edição do Tecnoeste. A solenidade foi realizada no parque tecnológico do Instituto Federal Catarinense – IFC de Concórdia e reuniu autoridades estaduais, municipais, cooperativistas, expositores, profissionais e alunos do IFC, gerentes e colaboradores da Copérdia.

Durante a abertura, o diretor do IFC e presidente do Tecnoeste, Nelson Golinski, destacou a evolução do Tecnoeste. “Começamos tímidos. O IFC ainda era Escola Agrotécnica com apenas dois cursos técnicos. Fomos crescendo enquanto instituição assim como o Tecnoeste também cresceu e se consolidou. Hoje, esse evento é o maior veiculo de extensão do instituto”, afirmou.

Valdemar Bordignon, presidente da Copérdia e do Tecnoeste, enfatizou que a abertura representa a inauguração da 14ª edição da feira. “Queremos transferir ao produtor rural, através do Tecnoeste, aquilo que o mercado dispõem de melhor em tecnologias que pode auxiliar ele a ter mais qualidade de vida no campo. Estamos vivendo um momento de instabilidade política e econômica muito grande, mas não podemos baixar a cabeça. Precisamos buscar novas alternativas para produzir e nos manter competitivos”, falou Bordignon.

O presidente da Aurora Alimentos, Mário Lanznaster, também esteve prestigiando a abertura do Tecnoeste, ele parabenizou a organização do evento e a evolução que é vista a cada edição que passa. “O Tecnoeste evoluiu porque assim acontece com tudo no Agronegócio. Nos anos 70 eram colhidos 60 sacos de milho por hectare, hoje, esse número já ultrapassa as 120 sacas. Uma fêmea desmamava cerca de 12 leitões por ano, hoje esse número já está próximo aos 30. Essa evolução aconteceu graças a tecnologia e a eventos assim que possibilitam o elo entre a modernidade e o produtor rural”, afirmou Lanznaster. O cooperativista ainda falou sobre o comportamento do mercado de suínos, aves e leite.

Rogério Pacheco, prefeito de Concórdia, falou que o Tecnoeste não é mais um evento do Oeste apenas, mas sim um evento que integra o calendário nacional de eventos tecnológicos. “Certamente é uma grande oportunidade, os expositores estão focados na qualidade de vida do produtor e na gestão da propriedade. Os governos precisam continuar apoiando eventos com esse propósito que tem como principal público o produtor rural que é quem há muito tempo sustenta nosso país”, destacou Pacheco.

Moacir Sopelsa, secretário de agricultura e pesca, participou do evento representando o governador do estado, em seu discurso ele reconheceu a importância do Tecnoeste para a região. “Vivemos um momento de falta de credibilidade e investimentos, mas com recursos mínimos ainda é possível ver eventos como esse acontecer. Hoje, a agricultura representa um terço da economia do nosso país. O produtor rural precisa aproveitar oportunidades como essa para conhecer a modernidade que o auxilie a reduzir o custo de produção, trocar experiências com profissionais do segmento dele e principalmente melhorar a propriedade para que ela seja eficiente e sustentável”, finalizou Sopelsa.

O Tecnoeste se estende até a próxima sexta-feira dia 23 às 17 horas.







Fonte: ASCOM Copérdia

Nenhum comentário:

Postar um comentário