quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Recurso de Lula começa a ser julgado em Porto Alegre

Foto:Reprodução internet
O futuro político do ex-presidente Lula começa a ser traçado nesta quarta-feira (24) em Porto Alegre. O TRF-4 julga recurso do petista contra a sentença de 9 anos e meio de prisão do juiz Sérgio Moro no caso triplex.

Atiradores de elite, 150 câmeras de segurança, bloqueio aéreo e isolamento da área do tribunal vão garantir a segurança da audiência. Ontem, apoiadores de Lula e manifestantes favoráveis à sua condenação saíram às ruas em várias cidades do país.

O resultado do julgamento terá impacto direto nas eleições presidenciais. Se absolvido, Lula estará livre para se candidatar. Se condenado, o ex-presidente ficará sujeito à Lei da Ficha Limpa, mas ainda pode disputar o Planalto por meio de recursos.

Julgamento de Lula

Três desembargadores vão julgar a apelação de Lula. O ex-presidente foi denunciado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva por supostamente ter recebido propina da empreiteira OAS por meio de um triplex em Guarujá. Tanto o petista quanto o Ministério Público Federal recorreram da sentença: a defesa pede a absolvição de Lula, e o MPF solicita o aumento da pena.

Discurso na véspera

Lula esteve ontem em Porto Alegre onde discursou para uma multidão de apoiadores. O ex-presidente afirmou que já teve a inocência provada pelos advogados no caso triplex e acrescentou: "Duvido que neste país tenha um magistrado mais honesto do que eu. Por isso tenho a tranquilidade dos inocentes".

Manifestações pelo país

Outras cidades tiveram manifestações pedindo a manutenção da condenação de Lula. Em Guarujá, um grupo estendeu faixas em frente ao triplex atribuído a Lula. Já em São Paulo, manifestantes pró e contra o ex-presidente fizeram vigílias em trechos diferentes da Avenida Paulista.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário