quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Raimundo Colombo confirma renúncia e começa transição para Pinho Moreira em janeiro

Foto Divulgação
Durante almoço oferecido aos jornalistas de Santa Catarina na Casa da Agronômica, em Florianópolis, o governador Raimundo Colombo  anunciou o inicio da transição para o vice Eduardo Pinho Moreira no final de janeiro de 2018.

Deixou a impressão que estaria fora do governo a partir de fevereiro. Numa segunda intervenção, uma hora depois, o governador pediu desculpas aos profissionais e reiterou que inicia a transição em janeiro, mas que a renúncia deverá se formalizada só em abril.


— No final de janeiro, de comum acordo, numa boa condição, gente começa a transição com o Dr. Eduardo. Temos conversado sobre isso, não tem nada de segredo — declarou Colombo.

Ele esclareceu que já vem conversando com Eduardo Moreira sobre decisões que repercutirão no exercício de 2018. Nomes para cargos no primeiro escalão do governo também começam a ser examinados entre os dois politicos.

Colombo fez um balanço neste que foi o último encontro de confraternização com os jornalistas, eis que deixará o governo em breve. Falou das dificuldades enfrentadas, com aumento das despesas sem o correspondente crescimento da arrecadação.  Destacou os números positivos da economia, da geração de empregos e das medidas adotadas para evitar que a população pagasse o preço da grave crise econômica que atingiu o Brasil nos últmos anos.

Disse que o governo não aumentou impostos e ate que reduziu algumas alíquotas que foram fundamentais para melhorar a economia e gerar novos empregos, como aconteceu no setor textil que teve incremento na produção e nas vendas de 37%.

Sobre a eleição presidencial, disse que o cenário está indefinido, mas citou o nome do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, como importante para compor uma chapa presidencial. 

Ao assumir o cargo, Pinho Moreira pode ser candidato ao governo do Estado, mas fica inelegível para qualquer outra disputa. 

Fonte: CBN – Diário – Moacir Pereira

Nenhum comentário:

Postar um comentário