segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Mulher é presa após se passar por herdeira de vários imóveis e aplicar golpes em Joaçaba

Uma mulher, com aproximadamente 47 passagens pela polícia, foi presa pelo crime de estelionato na tarde deste sábado, 04, em Joaçaba. Os policiais flagraram ela quando tinha em seu poder R$ 1 mil que havia recebido da vítima.

A autora do crime, de 30 anos, se passava como herdeira de uma grande quantidade de imóveis na cidade, tendo falsificado documentos para dar veracidade ao seu golpe com dívidas de IPTU de terrenos, apartamentos e sítios os quais não existiam.

Segundo o investigador Juliano Pedrini, a mulher se passava por herdeira de uma família conhecida de Joaçaba. Mostrava que tinha 30 mil em dívidas de IPTU com a prefeitura. Ela teria 12 imóveis, entre apartamentos, casas e sítios. Disse que passaria os imóveis para a família da vítima, que seria a responsável por administrar o patrimônio. A golpista então solicitava o suposto valor da dívida do IPTU para não perder os imóveis.

De acordo com a polícia, no mês de setembro a autora já havia lesado a vítima, uma senhora de 62 anos, enferma, em R$ 4.200,00. Uma filha da vítima desconfiou dos argumentos da golpista, foi atrás de informações e procurou a polícia.

Na tarde do sábado os policiais foram informados que a golpista iria até a casa da vítima receber outra quantia em dinheiro e aguardaram ela consumar a sequência do golpe, quando aplicaram o flagrante. No momento da prisão a golpista esta estava com uma criança de colo em sua companhia.

Após o flagrante a golpista, que não teve o nome divulgado pela polícia, foi levada ao presídio de Joaçaba.

Atuaram na ocorrência os policiais Vilson Parno e Juliano Pedrini, com o apoio do plantonista Adão, Coordenados pela Delegada Fernanda Silba. A prisão em flagrante foi lavrado lavrada pelo Escrivão Luciano Neiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário