quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Mãe que prostituiu a própria filha será ouvida em novembro

Foto:Fórum de Catanduvas/Reprodução internet
A Justiça da Comarca de Catanduvas deverá ouvir no dia 28 de novembro a mulher acusada de submeter a própria filha, de 17 anos, à prostituição. O caso aconteceu em Jaborá e foi descoberto ainda em 2012.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, entre os meses de agosto e setembro daquele ano, a mulher praticamente obrigou a filha a se prostituir por oito vezes para obter vantagem econômica. Os atos sexuais eram praticados sempre com o mesmo homem, por valores entre R$ 150,00 e R$ 200,00. Dos encontros, foram obtidos R$ 1,4 mil pela mãe da adolescente. O caso veio à tona depois que a jovem começou a namorar e se negou a continuar se prostituindo, mesmo sendo ameaçada de morte.

Além disso, em reunião com o Conselho Tutelar, a denunciada agrediu a filha com tapas e sufocamento após a menor relatar aos conselheiros que vinha sendo submetida à prostituição. Na audiência, serão ouvidas as testemunhas, bem como vítima e a mulher que está sendo acusada de favorecimento da prostituição envolvendo a própria filha.

Fonte: Atual FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário