segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Cidades do Oeste amanhecem com destruição e prejuízos após temporais

Uma forte chuva de granizo acompanhada de ventos de até 100 km/h atingiu diversos municípios do Oeste de Santa Catarina, neste domingo (1º). Por volta das 19h, a regional Chapecó da Celesc, que abrange 42 cidades, já registrava 21 mil unidades consumidoras com fornecimento de energia elétrica interrompido.

Em Abelardo Luz, segundo a Defesa Civil, os fortes ventos deixaram um rastro de destruição em diversos pontos do município. Foram registrados vários destalhamentos e mais de 900 famílias ficaram sem luz.

A escola municipal Hildo Bernardino Goulart, na comunidade de Alegre do Marco, teve o telhado parcialmente arrancado pela força do vento. A estrutura de concreto também ficou comprometida e as aulas foram suspensas.

De acordo com a Defesa Civil de Abelardo Luz, o levantamento completo dos prejuízos causados pelo vendaval deve ser divulgado ainda nesta segunda-feira (2). Não há registro de feridos.

Em Chapecó, foi registrado chuva de granizo por volta das 16h30. Os bairros mais afetados foram Efapi, Jardim AMérica, São Cristóvão, Santo Antônio, Alvorada, Eldorado, Bela Vista, SAIC, Presidente Médice e Centro. Até as 19h, não havia informações sobre pessoas desabrigadas, mas pelo menos 15 rolos de lonas do Corpo dos Bombeiros foram distribuídos para cobrir telhados danificados. Na Avenida Leopoldo Sander, parte da estrutura de um galpão ficou destruída. A Defesa Civil contou ainda 15 árvores caídas pela cidade.

Em Jardinópolis, o fenômeno climático foi registrado às 17h. Um total de 25 casas teve telhados perfurados e um galpão de 88 metros de comprimento e estrutura precária ruiu em função do vento. Ninguém ficou desabrigado, e lonas foram distribuídas.

Na cidade de São Lourenço do Oeste, a tempestade começou por volta das 17h30 e o granizo atingiu o interior do município na Linha Santana do Bela Vista. Foram registrados danos em uma escola, uma igreja e um ginásio de esportes, além de um restaurante e de um posto de combustíveis.

Em Concórdia, uma residência foi parcialmente destelhada pela queda de uma árvore. Em Itá, caiu granizo nas comunidades de Adolfo Konder, Alvorada e São Francisco e um imóvel foi danificado. Em Seara, o tráfego na SC-283 ficou em meia pista por causa de um deslizamento de rochas de tamanho médio.

Fonte: GuiaTem e DC

Nenhum comentário:

Postar um comentário