sexta-feira, 1 de setembro de 2017

SENAR/SC abre 410 vagas para o Pronatec Agro em Santa Catarina


O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC) está com vagas abertas em cinco cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronetec Agro) em parceria com o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA). Os cursos disponíveis são na área de bovinocultura de leite, suinocultura, horticultura orgânica, agricultura orgânica e preparação de doces e conservas.

Os cursos estão disponíveis para os municípios de Água Doce, Capinzal, Catanduvas, Ibicaré, Itapiranga, Lebon Régis, Lindóia do Sul, Maravilha, Modelo, Riqueza, Saudades, Seara, Vargem Bonita e Videira. Ao todo são 410 vagas disponíveis divididas de acordo com a demanda de cada município.

“Os interessados devem procurar o Sindicato Rural de abrangência do município demonstrando o interesse em participar de algum dos cursos. É obrigatório ter no mínimo 16 anos completos para os cursos de preparação de doces e conservas e 15 anos para os demais e a escolaridade mínima exigida é o Ensino Fundamental incompleto (1ª a 5ª série)”, explica a coordenadora do Pronatec no SENAR/SC, Gisele Kraieski Knabben.

O presidente do Conselho Administrativo do SENAR/SC e da FAESC, José Zeferino Pedrozo, destaca que os cursos são oferecidos gratuitamente com o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de educação profissional e tecnológica no meio rural, além de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino médio público.

“A nossa missão é atender a comunidade por meio dos cursos e, desta maneira, ajudar na profissionalização, integração social, melhoria da qualidade de vida e o pleno exercício da cidadania”, complementa.

De acordo com o superintendente do SENAR/SC Gilmar Antônio Zanluchi, o Sistema FAESC/SENAR busca, por meio do Pronatec, ampliar as oportunidades educacionais e de formação profissional qualificada aos jovens, trabalhadores e beneficiários de programas de transferência de renda.

CONHEÇA O PRONATEC

O Pronatec foi criado em 2011 pelo Governo Federal com o objetivo de aumentar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica, buscando ampliar as oportunidades educacionais aos trabalhadores por meio de cursos gratuitos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional nas áreas de alimentação, indústria, comércio, turismo e tecnologia.

Os cursos são divididos em atividades teóricas e práticas, com encontros diários e duração de quatro horas, pela manhã ou tarde. Os participantes são avaliados por módulos, por meio do controle de frequência e desempenho. Ao término do curso, será necessário ter frequência mínima de 75% e conceituação avaliada no critério de desempenho estabelecido.

Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário