sexta-feira, 15 de setembro de 2017

SC TEM RECORDE NAS EXPORTAÇÕES DE CARNE SUÍNA

Exportações catarinenses de carne suína batem recordes em agosto. Foram 28,65 mil toneladas vendidas para outros países, o melhor resultado já registrado num único mês em Santa Catarina. O crescimento foi motivado pelo aumento nas exportações de carne suína para Rússia e deve se repetir em setembro, que já registra embarques acima da média.

A quantidade de carne suína exportada em agosto (28,65 mil toneladas) foi 12% maior do que no mês anterior e quase 23% superior ao resultado obtido no mesmo período de 2016. As receitas também trazem números favoráveis: foram US$ 66 milhões em faturamento – um incremento de 20% em relação a julho e de 22,5% se comparado com agosto de 2016.

Os principais destinos das exportações de carne suína catarinense foram Rússia, Hong Kong, China, Chile e Cingapura, que juntos responderam por 82,65% das receitas. E, enquanto a China reduziu as importações de carne suína catarinense, a Rússia ampliou as compras em 46,17% gerando uma receita 75,13% maior em relação ao mesmo período do ano passado.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, comemora o desempenho da suinocultura catarinense e espera um crescimento ainda maior das exportações nos próximos meses. “Nós queremos ampliar nossa participação em alguns mercados, como é o caso da China, que já é um grande comprador de carne de frango. A carne produzida em Santa Catarina tem um grande diferencial: a qualidade dos nossos rebanhos. Somos reconhecidos internacionalmente como área livre de febre aftosa sem vacinação o que dá muita credibilidade para o produto catarinense”, ressalta.

As duas primeiras semanas de setembro já dão uma prévia de que o mês será de bons resultados para a suinocultura catarinense. A média diária de embarques de carne suína in natura produzida no Brasil é 63,3% maior do que em agosto e o faturamento aumentou em 62,9%. Como Santa Catarina é o maior exportador nacional de carne suína, os índices devem ter reflexo positivo no estado.

Carne de frango

Santa Catarina também apresentou bom desempenho nas exportações de carne de frango em agosto. As 96,68 mil toneladas embarcadas foram a maior quantidade do ano e o melhor resultado desde março de 2012. Com o aumento das exportações para a China, o setor espera retomar o crescimento.

Ao todo, foram 96,7 mil toneladas de carne de frango exportadas no último mês e o faturamento chegou a US$ 175,2 milhões. Os principais destinos da carne catarinense em agosto foram Japão, China e Países Baixos, que responderam por 42% do valor das exportações do estado. Em 2017, Santa Catarina já exportou carne de frango para 114 países.

No papel de segundo maior exportador de carne de frango do país, Santa Catarina também deve obter bons resultados em setembro. A média diária, nas duas primeiras semanas do mês. já demonstra um aumento de 13,3% nos embarques de frango in natura produzidos no país, em relação a agosto, com uma receita 12,7% maior.

Acumulado do ano

De janeiro a agosto de 2017, já foram embarcadas mais de 652,5 mil toneladas de carne de frango, gerando uma receita de US$ 1,2 bilhão – faturamento 8,6% superior ao mesmo período do último ano.

Para carne suína, o ano de 2017 está sendo de crescimento constante nas vendas. Desde janeiro, Santa Catarina exportou 191 mil toneladas, arrecadando mais de US$ 451,5 milhões. Em relação ao mesmo período de 2016, o incremento foi de 33,9% na receita e de 6,7% na quantidade. Ao longo deste ano, Santa Catarina já exportou carne suína para 50 países.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário