terça-feira, 19 de setembro de 2017

Morre jovem catanduvense que lutava contra doença crônica

Foto:Reprodução Facebook
O jovem Angelo Chilantti, 21 anos, não resistiu e foi a óbito no início da tarde desta segunda-feira (18) no Hospital Santa Terezinha, em Joaçaba. Muito querido entre os amigos, que expressam as manifestações de carinho nas redes sociais, Angelo era identificado como um jovem brincalhão que apesar da luta contra a grave doença não se deixava abater e demonstrava alegria aos amigos.

Angelo lutava há anos contra uma doença conhecida como fibrose cística, doença genética, crônica, que afeta principalmente os pulmões, pâncreas e o sistema digestivo, que pode afetar ambos os sexos. A doença, de origem genética que pode ser herdada tanto da mãe quanto do pai, porém nos mesmos não existe manifestação do que compromete o funcionamento das glândulas que produzem muco o suor ou enzimas pancreáticas.

20% da população sofre de fibrose cística, mais comum nos brancos puros e raros nos negros e muito rara nos orientais. O tempo para a enfermidade se manifestar varia de acordo com intensidade da doença. Nos casos mais graves é identificado mais cedo.

Fonte: Catanduvas Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário