quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Funcionários dos Correios entram em greve em Santa Catarina

(Foto: Sintect-SC)
Os trabalhadores dos Correios de Santa Catarina entraram em greve nesta quarta-feira (20). Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios, Telégrafos e Similares de Santa Catarina (Sintect-SC), a paralisação por tempo indeterminado é contra o corte de direitos.

"A empresa quer cortar o vale-alimentação, o auxílio-creche e cobrar mensalidade do plano de saúde, que hoje pagamos compartilhamento. Esse valor sairia uns R$ 100. O piso é R$ 1,6 mil. Uma família de quatro pessoas, por exemplo, não tem como pagar esse plano. Queremos manter o que tem e pedimos reajuste de 8%”, explica Giovani Zoboli, secretário-geral do Sintect-SC.

Segundo Zoboli, cerca de mil funcionários estão paralisados em todo estado. "Cerca de 70% da parte de triagem de cartas e encomendas aderiram à greve. Os administrativos não".

Até a publicação desta notícia, a assessoria dos Correios disse que aguardava informações da empresa em Brasília e que no período da tarde repassaria um levantamento sobre a greve.

Defasagem

Conforme o sindicato, outra reivindicação é que haja concurso público.

"Atualmente são 3, 9 mil funcionários em todo estado, sendo uns 400 afastados. Em 2007 eram 5 mil. Onde antes tinha quatro carteiros, agora tem um. Por isso as cartinhas e encomendas não chegam”, alega o secretário do sindicato. Segundo ele, o ideal é que houvesse pelo menos o número de funcionários de 10 anos atrás.

Há quatro meses os funcionários do Correios encerraram outra greve.

Fonte: G1/SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário