sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Colisão entre van e caminhão faz uma vítima fatal na BR-282

Foto:WhatsApp/Divulgação
Uma colisão frontal entre uma Renault Master, placas AUO-8401 de Chapecó, e um caminhão VW 24.250, fez uma vítima fatal por volta das 13h desta sexta-feira (29) na BR-282, em Vargem Bonita. O acidente aconteceu na descida de uma serra, entre Vargem Bonita e o trevão de Irani.

De acordo com as primeiras informações, o condutor da van morreu no local. Duas pessoas foram resgatadas pelos Bombeiros das ferragens e conduzidas ao Hospital Universitário Santa Terezinha de Joaçaba, sendo uma em estado grave, com possível hemorragia interna.

Bombeiros de Catanduvas e Irani, além de Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, trabalham no local.




Fonte: Caco da Rosa

Acidente é registrado em Vargem pelos bombeiros

O Corpo de Bombeiros de Campos Novos com o auxilio do SAMU - Serviço Móvel de Urgência atenderam por volta das 11h15 desta sexta-feira (29), um acidente de trânsito na BR 282, no município de Vargem na conhecida Curva da Mortadela. O acidente envolveu o veiculo Chevrolet/Classic placas ASU-7247 de Londrina – Paraná, que bateu em um caminhão. O condutor do automóvel estava preso às ferragens e foi necessário realizar o desencarceramento, após o procedimento o motorista foi socorrido e encaminhado ao Hospital Doutor José Athánasio, com suspeitas de fratura nas pernas, pelos bombeiros.

Antes da chegada dos Bombeiros a vítima foi socorrida no local por uma equipe de saúde da prefeitura de Vargem. A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para apurar as causas do acidente. Até o momento o nome da vítima e o modelo do caminhão não foram repassados a reportagem da Rádio Cultura.

Fonte: Caco da Rosa

Exame toxicológico tem novas regras


O Conselho Nacional de Trânsito publicou as novas regras para a realização do exame toxicológico, obrigatório para motoristas de caminhões, ônibus e carretas de todo o país.

Foi publicada nesta quinta-feira (28/9), no Diário Oficial da União (DOU), a Resolução CONTRAN nº 691, que dispõe sobre o exame toxicológico de larga janela de detecção para os condutores das Categorias C, D e E da Carteira Nacional de Habilitação. O teste utiliza avançada tecnologia capaz de detectar o contato do condutor com substâncias psicoativas, através da análise de cabelo, pelo ou unha.

“Este exame é um instrumento na prevenção, no combate ao consumo de drogas e na efetiva redução da violência no trânsito, retirando das vias os motoristas que apresentam resultados positivos para o consumo de drogas como maconha, cocaína, opiáceos, anfetaminas e Metanfetaminas”, afirma o Diretor do Departamento Nacional de Trânsito – DENATRAN, Elmer Vicenzi.

As alterações na norma vieram com o objetivo de aprimorar os procedimentos, definir todas as etapas e garantir maior segurança dos resultados do exame.

A partir de agora, esta exigência deixa de ser parte do exame de aptidão física e mental e passa a integrar o próprio processo de habilitação, renovação e mudança para as categorias C, D e E, conforme determina a lei 13.103/2015.

Outra mudança é garantir que as etapas do exame sejam protegidas por cadeia de custódia com validade forense, ou seja, que tenham validade legal, incluindo desde o procedimento de coleta do material biológico até a inclusão na base de dados do Registro Nacional de Condutores Habilitados - RENACH e a entrega do laudo do exame ao condutor. Todos os procedimentos do exame deverão ter garantia do sigilo e da sua rastreabilidade operacional, contábil e fiscal do processo.

A validade do exame toxicológico aumentou de 60 para 90 dias. Este prazo será contado a partir da data da coleta da amostra, podendo seu resultado ser utilizado também para fins da legislação trabalhista.

A validade do credenciamento dos laboratórios aumentou de 2 para 4 anos, podendo ser revogado a qualquer tempo, se os credenciados não mantiverem os requisitos exigidos pelo DENATRAN.

A coleta do material para o exame ocorrerá em Postos de Coleta Laboratorial (PCL) e a comercialização dos exames só poderá ser feita diretamente pelos laboratórios credenciados pelo DENATRAN, não sendo permitido que os PCL revendam os exames toxicológicos ou façam qualquer cobrança direta ao condutor.

As novas regras dão garantia de que os laboratórios credenciados terão que entregar o resultado do exame ao condutor no prazo máximo de 15 dias contados a partir da coleta e deverão disponibilizar Médico Revisor - MR com capacidade técnica para interpretar os laudos toxicológicos positivos, relacionando ou não o uso de determinada substância com tratamento médico do motorista.

Para garantir que todas as regras estão sendo cumpridas, o DENATRAN, anualmente e a qualquer tempo, fiscalizará in loco os laboratórios credenciados para verificar a manutenção dos requisitos e documentos pertinentes e necessários ao credenciamento.

Uma mudança significativa, em relação às regras anteriores, foi a inclusão da obrigatoriedade de que os laboratórios credenciados pelo DENATRAN, assim como os laboratórios de apoio, passam a ficar obrigados a realizar auditorias periódicas regulares, com periodicidade de um ano, que deverão incluir três programas, um de Ensaios de Proficiência, um de Amostras Cegas e outro de Controle de Qualidade nas Etapas da Cadeia de Custódia.

Os laboratórios já credenciados pelo DENATRAN têm prazo de 90 dias para adotar as novas medidas.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social/Ministério das Cidades 

Corpo de Bombeiros e SAMU terão atendimento integrado em SC

Foto:Jaqueline Noceti / Secom
Como será a integração dos serviços de atendimento do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) em conjunto com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi tema de coletiva com a imprensa, nesta quinta-feira, 28, no Centro Administrativo da Segurança Pública, em Florianópolis. Participaram o secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel BM Onir Mocellin; e o gerente Estadual do Samu, Coronel João Batista Cordeiro Júnior.

Algumas mudanças já começaram, mas o sistema deverá estar totalmente integrado em maio de 2018. O novo modelo definido foi aprovado pela Comissão Intergestora Bipartite (CIB), que integra gestores da saúde do Estado e municípios. O novo sistema deverá estar implantado integralmente e em operação no primeiro semestre de 2018. As adaptações nos quartéis do CBMSC já estão sendo providenciadas, a exemplo de estruturas de comunicação via rádio, sistemas de atendimento de chamadas, Central Estadual de Regulação entre outros, para que o serviço seja potencializado e atenda à demanda da população. As unidades de Suporte Básico do SAMU, administradas pelos municípios, serão gradativamente integradas à gestão do Estado, de acordo com o interesse dos municípios.

“Nós queremos integrar todas as unidades de atendimento pré-hospitalar do Estado. O modelo de Santa Catarina já é considerado bom, mas com a unificação dos serviços, num modelo inédito, passaremos a ser referência no Brasil. A ideia é dar um atendimento rápido e também com suporte médico para todos os casos e despachar as viaturas de acordo com a necessidade da situação. Essa integração de informação é que vai ser valiosa na concepção do novo serviço”, destacou Caropreso.

“Vamos otimizar a utilização dos recursos públicos de forma que, o Estado, como um todo, faça a gestão tanto do serviço do SAMU, quanto dos Bombeiros, evitando duplicidade de viaturas na mesma ocorrência. Fazer com que haja protocolos de atendimento padronizados na Central de Regulação e na forma de atendimento prestado. Com a regulação de todo o serviço, os profisionais já saberão para qual hospital especializado conduzir o paciente. Com isso, a população só tem a ganhar”, enfatizou o coronel Mocellin.

O gerente do SAMU em Santa Catarina, coronel BM João Batista, explicou que será feita a integração e a migração dos espaços físicos e do sistema de comunicação. “As unidades vão migrar para edificações próprias do Estado, preferencialmente para as unidades do Corpo de Bombeiros, Voluntários ou Militar. A economia com aluguéis será visível. Outro destaque, será a capacitação dos profissionais para prestarem de forma unificada o serviço e o sistema de rádio que será interligado”.

Também participaram da coletiva a superintendente de Serviços Especializados e Regulação da Secretaria de Estado da Saúde, Karin Geller; a coordenadora de Enfermagem do Samu, Adriana Martins; o coordenador médico do Samu, André Motta, e o superintendente dos Hospitais Públicos da SES, Marcelo Lemos.

Como ficará a distribuição do serviço no Estado

Todas as unidades de atendimento pré-hospitalar (APH) hoje existentes no Estado terão uma gestão unificada, que será realizada em parceria e de maneira compartilhada entre a Secretaria de Estado da Saúde e o Corpo de Bombeiros Militar. Com essa nova visão sistêmica do APH, haverá melhor cobertura dos serviços, uma vez que o Estado fará a gestão da Central Estadual de Regulação Médica do APH, das 23 unidades de suporte avançado do SAMU, das 96 unidades de suporte básico do SAMU (atualmente vinculadas aos municípios), dos 129 Asus- Auto Socorro de Urgência do Corpo de Bombeiros Militar (também consideradas unidades de suporte básico) e das 74 unidades de Bombeiros Voluntários, conforme adesão ao novo modelo proposto.

Central de Regulação Única

Os serviços prestados pelas oito centrais que atualmente fazem a regulação médica do APH em Santa Catarina serão concentrados em uma única central, que continuará trabalhando de forma regionalizada e fará a regulação de todas as unidades do sistema, incluindo as dos Bombeiros Militares e Voluntários. A nova Central de Regulação terá tecnologia de ponta e será integrada com a Central do Corpo de Bombeiros Militar. Na prática, a principal vantagem é que as equipes de atendimento, tanto dos Bombeiros quanto as do SAMU, saberão para que hospital o paciente será transportado em função da especialidade médica, do tipo de lesão ou gravidade do quadro e possibilidade de atendimento rápido, de acordo com a disponibilidade e unidade hospitalar.

A nova Central de Regulação terá, diariamente, equipes compostas por 12 médicos, 27 técnicos auxiliares de regulação médica, oito rádio operadores e terá como sede o atual Complexo da Segurança Pública, localizado na Avenida Ivo Silveira, no bairro Capoeiras, em Florianópolis.

Regulação de transferências inter-hospitalares de pacientes

Foi constatada, no diagnóstico realizado junto ao SAMU, a necessidade de haver uma reorganização dos processos de transferências inter-hospitalares de pacientes. Isso priorizará o atendimento primário, garantindo um serviço de excelência quando o paciente necessitar ser transferido. Para isso, haverá sempre um profissional médico na Central de Regulação encarregado, exclusivamente, em administrar os casos. Também haverá unidades em cada macrorregião do Estado para a realização de transferências prioritárias.

Criação do Suporte Intermediário à Vida

Com as mudanças, além do Suporte Básico à Vida (unidades com condutor/socorrista e técnico de enfermagem), Suporte Avançado à Vida (viaturas com condutor/socorrista, enfermeiro e médico, serviços já prestados pelo SAMU), haverá a criação do Suporte Intermediário à Vida (veículos de APH do Corpo de Bombeiros Militar, tripulados por condutor/socorrista, técnico de enfermagem e enfermeiro). Assim, as viaturas e as equipes serão deslocadas para as ocorrências de acordo com a necessidade e gravidade do paciente.

O que muda para a população que precisar do serviço

Os números de emergência para acionar o Corpo de Bombeiros Militar e o SAMU continuam os mesmos, 193 e 192, respectivamente. Mas, ao acionar o serviço, a ligação será encaminhada para uma única central e o solicitante receberá o atendimento necessário para aquela situação relatada, sem duplicidade de despacho de recursos.

Treinamento dos profissionais para receber as emergências hospitalares

Além do constante aprimoramento de suas equipes, o SAMU terá a nova missão de treinar os profissionais de saúde que atuam no recebimento dos pacientes, nas portas dos hospitais da Rede de Urgência, em parceria com a Diretoria de Educação Permanente em Saúde (DEPS), vinculada à SES.

Vantagens

A principal vantagem para a população com o novo serviço é a integração do atendimento, otimização de recursos e a qualidade na prestação do serviço, tendo como foco principal o paciente. Não ocorrerá mais o envio de viaturas do SAMU e dos Bombeiros sem necessidade para atender a uma mesma situação. As pessoas serão atendidas por profissionais de acordo com a sua necessidade e a situação vivenciada, sendo casos de trauma ou clínico, com encaminhamento de unidades ao local de atendimento a partir de um comando unificado.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Polícia Civil deflagra operação para prender grupo criminoso em Campos Novos

Foto:Polícia Civil/Divulgação
A Polícia Civil de Campos Novos deflagrou nesta sexta-feira (29) a “Operação Rescaldo”. Desde as 6h, aproximadamente 100 policiais civis, sob a coordenação do delegado Adriano Almeida, estão nas ruas para o cumprimento de 19 mandados de prisão e 14 mandados de busca e apreensão.

A operação é resultado de uma investigação que identificou um grupo criminoso composto por 30 pessoas, dentre as quais, seis adolescentes. Cinco indivíduos já foram presos no curso do trabalho investigativo e 19 outras pessoas que estão sendo presas nesta manhã.

“Os alvos da Operação Rescaldo estão sendo investigados há quatro meses, tendo sido colhido nesse período, um farto conjunto de provas a respeito de seus envolvimentos nos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e participação em uma organização criminosa, responsável pela última onda de atentados ocorridos no Estado de Santa Catarina”, informou o delegado.

Entre os presos há um ex-suplente de vereador e ex-diretor da secretaria de Esportes e Cultura de Campos Novos, que além do tráfico de drogas, também tinha como função recolher as contribuições mensais dos integrantes da facção criminosa, que depois eram enviadas ao caixa geral da organização.






Fonte: Caco da Rosa

PPT recupera motocicleta furtada em Joaçaba

O PPT (Pelotão de Patrulhamento Tático) da Polícia Militar recuperou na noite desta quinta-feira (28), nas proximidades do CPJ (BR-282), a motocicleta que havia sido furtada durante a madrugada na Vila Pedrini, em Joaçaba.

A guarnição estava em rondas, por volta das 23h30min, quando avistou na mata um objeto, brilhante semelhante a uma placa veicular. Ao efetuar a averiguação, os policiais se certificaram que se tratava da moto Honda CG 125 Fan, placa MFN-7982 de Videira, com registro de furto.

A motocicleta foi recolhida por um guincho e encaminhada à Delegacia de Joaçaba para posterior entrega ao proprietário.

Fonte: Caco da Rosa

Tempo segue chuvoso com temperatura amena em SC

Foto:Imagem ilustrativa
A chuva tão esperada pelos catarinenses chegou e deve continuar neste fim de semana, em todas as regiões de Santa Catarina. A previsão para esta sexta-feira, 29, da Epagri/Ciram, indica tempo instável com céu encoberto, chuva e trovoadas a qualquer hora do dia. A temperatura estará amena devido a nebulosidade.

No sábado, 30, a chuva continua em Santa Catarina, mais intensa no Litoral com vento forte e mar agitado. As temperaturas seguem amenas. Já no domingo, o tempo volta ficar seco e as temperaturas aumentam, chegando próximas aos 27°C.

Fonte: Epagri/Ciram

Colisão entre carro e ônibus mobiliza Bombeiros em Capinzal

Foto:Colaboração do leitor
Uma VW Saveiro colidiu em um ônibus por volta das 18h desta quinta-feira (28) no no Acesso Cidade Alta, proximidades da Unoesc, em Capinzal. De acordo com informações, o coletivo da Prefeitura estava entrando no bairro Lar Imóveis, quando o motorista do carro não conseguiu evitar o acidente.

O condutor, que foi atendido pelos Bombeiros, sofreu apenas escoriações, sem gravidade. No ônibus, ninguém se feriu.





Fonte: Caco da Rosa

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Proprietários rurais devem declarar ITR até esta sexta-feira

Encerra nesta sexta-feira (29) o prazo para a Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR) para os proprietários rurais de todo o País. Conforme consta na Instrução Normativa 1.715 RFB/2017 a declaração de ITR é obrigatória para toda pessoa física ou jurídica que seja proprietária, titular do domínio útil ou possuidora de qualquer título, inclusive a usufrutuária, de imóvel rural. A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC) orienta para que os proprietários rurais estejam atentos ao prazo final.

A expectativa da Receita Federal é de que sejam entregues 5,4 milhões de declarações em 2017. A multa por atraso é de 1% ao mês calendário ou fração sobre o imposto devido ou R$ 50, prevalecendo o maior valor.

O presidente da FAESC José Zeferino Pedrozo, explica que a declaração deve ser feita através da internet, no programa de transmissão Receitanet, disponível para download no site da Receita Federal. “O Cadastro Rural está integrado às bases da Receita Federal e INCRA e o contribuinte, cujo imóvel rural já esteja inscrito no Cadastro Ambiental Rural (CAR), deverá informar na declaração o número do recibo de inscrição”, lembra.

O proprietário rural que estiver com o cadastro desatualizado junto à Receita Federal e ao INCRA deve efetuar a atualização, sob pena de não poder emitir a certidão negativa e o Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR), documento que comprova a regularidade do imóvel rural.

Deverão apresentar a declaração aqueles que, em relação ao imóvel rural a ser declarado, na data da efetiva apresentação da declaração, seja proprietário; titular do domínio útil (enfiteuta ou foreiro); possuidor a qualquer título, inclusive o usufrutuário. Mais informações e dúvidas sobre a Declaração podem ser acessadas diretamente no site da Receita Federal.

Fonte: MB Comunicação Empresarial/Organizacional

Agricultores catarinenses investem na produção de silagem

Foto: Silagem - Créditos: Divulgação/Epagri
A produção de silagem é a nova aposta dos agricultores catarinenses. Para acompanhar um setor leiteiro em constante crescimento, os produtores rurais ampliam a área destinada ao cultivo de milho silagem e investem na produtividade. Só na última safra foram produzidos 9,5 milhões de toneladas de milho silagem, 14,39% a mais do que na safra 2015/16, e a expectativa é de que a próxima colheita seja ainda maior. 

O grande destaque na produção de silagem está nas regiões de Chapecó e São Miguel do Oeste, que juntas somam em torno de 105 mil hectares de área plantada - 48% do total do estado – e mais de 4,5 milhões de toneladas colhidas na última safra. Como a produção de silagem e a de leite andam juntas, as regiões também são referências na pecuária leiteira. Chapecó e São Miguel do Oeste são as maiores produtoras de leite do estado, com forte expansão nos últimos anos, participando com aproximadamente 30% de toda a produção catarinense

A Secretaria da Agricultura e da Pesca tem uma grande participação nesse incremento. Boa parte das sementes disponibilizadas pelo Programa Terra-Boa é destinada ao plantio de milho silagem, em especial pelos pequenos produtores.

participação das sementes disponibilizadas pela Secretaria da Agricultura do Estado, por intermédio do programa Terra Boa alcança 220 mil sacas por ano, sendo que, o maior volume destas é destinado ao plantio de milho silagem, em especial pequenos produtores. Este ano o Programa tem recursos de R$ 50,9 milhões para atender 70 mil agricultores com apoio para aquisição de sementes de milho, calcário, kit forrageira e kit apicultura.

MILHO GRÃO

Os agricultores catarinenses devem destinar 318 mil hectares ao plantio de milho grão na safra 2017/18 – 12% a menos do que na última safa. Por conta disso, a produção também ficará menor, em torno de 2,6 milhões de toneladas – 16,5% menor do que na safra 2016/17. Essa tendência é observada também nos outros estados do Sul: o Paraná já anuncia uma diminuição de 33% na área cultivada de milho e o Rio Grande do Sul espera 23% de queda.

A produção de milho silagem teve, inclusive, uma grande participação na redução da área plantada de milho grão no estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Foragido que estuprou a filha e a neta é preso em Joaçaba


Um homem de 56 anos, que estava foragido da justiça há 3 anos, foi preso em Joaçaba nesta quinta-feira, 28. Ele era procurado por ter abusado sexualmente da filha e da neta.

Segundo o que o Portal Éder Luiz apurou, os crimes foram cometidos no município gaúcho de Cambará do Sul. A filha que sofreu os abusos tinha 13 anos na época e a neta apenas 2 anos de idade.

O homem vinha sendo monitorado pela polícia gaúcha e aqui em Joaçaba o apoio foi dado pelo Setor de Investigações Criminais da Polícia Civil, que auxiliou na prisão. Nesta quinta-feira ele foi surpreendido pelos policiais quando deixava o Hospital Universitário Santa Terezinha.

Após a prisão, o homem foi levado à delegacia de polícia e após os procedimentos será encaminhado pela polícia gaúcha para responder pelos crimes no RS.

Fonte: Éder Luiz

Agora é lei: pais têm direito de registrar filhos na cidade onde moram

Foto:Imagem ilustrativa
O presidente Michel Temer sancionou nesta semana a Lei Federal nº 13.484/17, que garante aos pais o direito de registro dos recém-nascidos na cidade onde vivem, e não mais obrigatoriamente onde aconteceu o parto. A mudança beneficiará principalmente pequenos municípios que não têm maternidade, e que inclusive estavam há anos sem registro de nascidos. A ideia partiu do deputado catarinense Rogério Peninha Mendonça (PMDB), que ainda em 2013 apresentou um Projeto de Lei com esse teor.

“Era uma situação que me incomodava muito. Ouvi pedido de diversas lideranças do interior do estado para lutar por esta mudança, e estou feliz de devolver aos pais este direito. Veja só, a família ia para outra cidade apenas para fazer o parto, e a criança era naturalizada lá”, justifica o deputado.

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios  - CNM, a alteração deve beneficiar 41%, ou seja, 2.310 pequenas cidades brasileiras que não têm maternidade. Outra novidade proporcionada por meio da lei é a autorização concedida aos cartórios para corrigir erros em certidões sem a necessidade de autorização judicial e do Ministério Público. Isso deve facilitar a retificação de erros evidentes, como a escrita incorreta do nome.

Fonte: Rafael Pezenti/Assessor de Imprensa

Unoesc inaugura Centro Cirúrgico do curso de Medicina Veterinária

Foto:Centro Cirúrgico do curso de Medicina Veterinária
A Unoesc Campos Novos inaugurou, no dia 20 de setembro, o Centro Cirúrgico de aulas práticas do curso de Medicina Veterinária. Estiveram presentes acadêmicos, colaboradores, professores, coordenadores e dirigentes da Unoesc, e também médicos veterinários, proprietários de clínicas de pequenos animais e pet shops do município de Campos Novos.

Os convidados foram recepcionados no anfiteatro da Unoesc Campos Novos, onde tiveram a oportunidade de ouvir a coordenadora do curso de Medicina Veterinária, professora Antonella Cordi, o diretor do campus, professor Diego Gadler e o reitor da Unoesc, professor Aristides Cimadon. Em seguida, a professora Laís Villa Demétrio fez uma breve apresentação da estrutura do Centro Cirúrgico e seus funcionamentos, e, na sequência, os participantes conheceram o local.

O evento mostrou o diferencial de atendimento e equipamentos da Unoesc, bem como a forma de trabalho e os serviços que serão realizados. Segundo a coordenadora do curso, o Centro Cirúrgico estará aberto ao público, provavelmente, no início de 2018, para exames e cirurgia de pequenos e grandes animais.

— Estamos avançando na finalização do Centro, com previsão de abertura para a população já no início do ano que vem. Vamos oferecer à região serviços de qualidade, dentro de uma estrutura moderna e diferenciada, com profissionais especializados e capacitados. Dessa forma, vamos alcançar nossa meta de sermos um centro de referência de educação de qualidade e moderna infraestrutura, não só na região, mas no Estado e, quem sabe, no país — declarou a coordenadora Antonella Cordi.

Para a professora do curso, Laís Villa Demétrio, o investimento na estrutura para aulas práticas no curso de Medicina Veterinária é essencial para uma formação profissional de excelência. A estrutura prepara os acadêmicos para dominarem diferentes técnicas de anestesia, permitindo que os mesmos realizem a escolha dos protocolos e executem todas as etapas, inclusive uma monitoração anestésica real e recuperação completa dos animais após o procedimento cirúrgico.

— Neste semestre o Centro Cirúrgico estará sendo utilizado apenas pelo componente curricular de Anestesiologia, mas estou ansiosa pela abertura ao público, onde poderemos ofertar nosso diferencial a toda comunidade — comentou a professora Laís.

O diretor da Unoesc Campos Novos, professor Diego Gadler, afirmou que o Centro Cirúrgico fortalece a implementação do curso de Medicina Veterinária voltado ao ensino e ao desenvolvimento do município e região. Equipamentos novos e modernos serão utilizados por professores qualificados para ensinar e compartilhar conhecimento com os acadêmicos.

— Os investimentos continuarão até a conclusão do Hospital Veterinário, que atenderá as demandas regionais de pequenos e grandes animais, nos próximos anos. Em breve, teremos também o início das edificações da Fazenda Experimental, ao lado do campus — anunciou Diego Gadler.






Fonte: Dhébora Santiago/Assessoria de Imprensa

Elementos armados assaltam loja e roubam carro em Fraiburgo

Foto:Câmera de segurança
Três elementos armados assaltaram uma loja na manhã desta quinta-feira (28) no bairro São Miguel, em Fraiburgo. Os criminosos fugiram levando um Chevrolet Cruze, placas MJM-6204 de Fraiburgo.

Segundo relatos, os bandidos estavam armados com uma pistola, quando abordaram as proprietárias da Loja Fioreze para anunciar o assalto. As vítimas foram trancadas no banheiro.

Polícia Militar de Fraiburgo, com apoio das guarnições da região e Polícia Militar Rodoviária, está mobilizada nas buscas pelos criminosos. Qualquer informação pode ser repassada pelo 190.




Fonte: Genauro Stefanski/Espião Notícias

Gaeco realiza operação em Erval Velho


Uma força tarefa do GAECO, Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas do Ministério Público de SC, realizou uma operação nesta quinta-feira (28) na prefeitura de Erval Velho. A equipe de reportagem da Rádio Catarinense acompanhou os trabalhos, mas não teve acesso ao teor das investigações. Documentos foram analisados na prefeitura no setor de tributação e uma funcionária teria sido levada para prestar mais informações em Chapecó. A Assessoria de Comunicação da prefeitura disse que neste momento ninguém da administração vai se manifestar sobre o assunto. A equipe do GAECO deixou a prefeitura sem repassar nenhuma informação à nossa reportagem. Foram levados documentos e um computador.


Fonte: Rádio Catarinense

Saída de pista deixa mulher ferida na BR-282

Foto:Bombeiros Catanduvas/Divulgação
A motorista de um Renault Sandero, com placas de Chapecó, perdeu o controle da direção em uma curva da BR-282, saiu da pista e colidiu contra árvores na manhã desta quinta-feira (28), em Vargem Bonita. O acidente foi atendido pelos Bombeiros por volta das 9h15min, no local conhecido como Curva do Artifon.

De acordo com as primeiras informações, no veículo estavam duas mulheres, que trafegavam sentido Catanduvas. Uma delas ficou ferida e foi encaminhada ao Hospital Universitário Santa Terezinha de Joaçaba.

A Polícia Rodoviária Federal foi acionada para confeccionar o boletim do acidente.




Fonte: Blog Paulo Gonçalves

Acusado por acidente que matou casal, vai a júri popular

Foto:Casal do Paraná estava na região em lua de mel
No dia 6 de outubro, o jovem Rodrigo Correa Frozza vai a júri popular na Comarca de Caçador, acusado de provocar o acidente que tirou a vida de um casal, que estava em lua de mel. O acidente aconteceu em fevereiro de 2015, no trecho da SC-135, que liga Caçador ao município de Rio das Antas. Ele aguarda preso o julgamento.

Conforme relatos, Juliano Luiz Ferreira, 22 anos, e Mônica Cristina Pilarski, 20 anos, seguiam em um um Gol, quando foram surpreendidos pela F4000, conduzida pelo acusado, que estava embriagado. O suspeito já havia sido preso em flagrante duas vezes por dirigir sob efeito de álcool: 2013 em Curitibanos e em 2014 em Caçador, ao atravessar a Saveiro que dirigia na ponte de madeira Antônio Bortolon.

Consta na denúncia que o motorista havia bebido durante várias horas e decidiu sair de Caçador até a cidade de Fraiburgo, onde mora. Ainda segundo os advogados da família, ele não tinha habilitação para dirigir caminhão. Em uma curva na altura do km 114 em Rio das Antas, ele invadiu a pista contrária e bateu de frente com o Gol.

De acordo com relatos, enquanto policiais aguardavam a vinda de um perito para que os corpos fossem retirados do local, o motorista da caminhonete dormiu dentro da viatura. O delegado regional, Fabiano Locatelli, informou que o acusado confessou em seu depoimento que ingeriu bebida alcoólica. “Ele revelou que passou o dia inteiro bebendo em um rodeio no município de Caçador. Em seguida, embarcou na caminhonete e seguiu. Rodrigo alegou que tentou desviar de um terceiro veículo.



Fonte: Diário do Rio do Peixe

Próximos dias serão de chuva em Santa Catarina

Foto:Imagem ilustrativa
Nesta quinta-feira, 28, céu parcialmente nublado com chuva do Oeste, Meio-Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul pela manhã se estendendo para as demais regiões entre a tarde e a noite. Conforme a previsão da Epagri/Ciram risco de temporais localizados com granizo e vento forte acima de 60 km/h. A condição se dá devido ao deslocamento de uma frente fria, com formação de intensas áreas de instabilidade. A temperatura diminui em relação aos últimos dias, devido a nebulosidade. As máximas devem chegar a 25°C.

Para a sexta-feira, 29, a previsão é dia nublado, com pancadas de chuvas em todas as regiões. No sábado, a chuva continua em Santa Catarina, mais intensa no Litoral com vento forte e mar agitado. As temperaturas seguem amenas. Já no domingo, 1º de outubro, o tempo volta ficar seco e as temperaturas aumentam, devem chegar próximas aos 27°C.

“As chuvas previstas vão amenizar os efeitos da estiagem no Estado”, disse o meteorologista da Epagri/Ciram, Erikson de Oliveira.

Fonte: Epagri/Ciram

Homem que matou padrasto com barra de ferro e condenado a 12 anos

Foto:Juiz negou direito de recorrer em liberdade
O Conselho de Sentença, por maioria de votos, reconheceu a autoria do crime de homicídio, com a qualificadora do recurso que dificultou a defesa da vítima, e condenou o réu Eliseu Oliveira Bandeira pela morte do tio e padrasto Paulo Roberto Bandeira, 53 anos. A sessão do Tribunal do Júri foi realizada nesta quarta-feira (27) nas dependências da Câmara de Vereadores de Herval d´Oeste.

O crime aconteceu na noite do dia 22 de janeiro na Rua 31 de Março, centro de Herval d´Oeste. A vítima foi golpeada pelo sobrinho com uma barra de ferro na cabeça, enquanto dormia. Paulo Roberto chegou a ser socorrido pelos Bombeiros e encaminhado com vida ao Hospital Universitário Santa Terezinha, mas não resistiu ao ferimento e foi a óbito horas depois. Eliseu fugiu do local e se apresentou dois dias depois na Delegacia com seu advogado.

“Diante do exposto, e em conformidade com a decisão do Conselho de Sentença, julgo procedente o pedido formulado na denúncia para condenar Eliseu Pereira Bandeira a pena definitiva de 12 anos de reclusão, em regime inicial fechado”, proferiu o juiz titular da Comarca, Ildo Fabris Junior. Devido a quantidade da pena aplicada pela gravidade do crime, o magistrado manteve a prisão preventiva do réu, negando-lhe o direito de recorrer em liberdade.

Para a promotora Luisa Zuardi Niencheski, o Conselho de Sentença julgou de acordo com a livre consciência e com o sentimento de justiça. “O Ministério Publico sustentou a denúncia pelo cometimento do homicídio doloso qualificado, pelo recurso que dificultou a defesa da vítima. Ele se aproveitou do momento em que a vítima estava dormindo, sozinha no porão, para efetuar os golpes com a barra de ferro”, detalhou a promotora, que não pretende recorrer da sentença.

O advogado de defesa, Álvaro Xavier, antecipou que pretende recorrer ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina para tentar derrubar a qualificadora. “Eu estava realmente confiante que a qualificadora não fosse emplacar, mas prevaleceu o entendimento da maioria dos jurados. Mesmo que a qualificadora não seja derrubada, o Eliseu está satisfeito, pois cometeu o crime. É réu confesso”, disse o defensor.








Fonte: Caco da Rosa

Adolescente fica ferido durante assalto a minimercado em Herval

Um adolescente de 17 anos ficou ferido durante um assalto a um minimercado por volta das 18h desta quarta-feira (27) na Rua Santos Dumont, próximo a Unesul, em Herval d´Oeste.

De acordo com informações, dois elementos armados com facas adentraram no estabelecimento exigindo dinheiro. A proprietária entregou uma pochete, com aproximadamente R$ 100,00, aos bandidos, quando seu irmão tentou reagir e sofreu um corte na mão esquerda. Ele foi atendido pelos Bombeiros e encaminhado a UPA para dar pontos.

Diante das características repassadas, as guarnições da Polícia Militar realizaram incursões no bairro Nossa Senhora Aparecida, mas os ladrões ainda não foram localizados.

Fonte: Caco da Rosa

Ladrões “limpam” Capela e Centro Comunitário no interior de Herval

O presidente da Capela São João Bosco de Linha Capoeirada, interior de Herval d´Oeste, acionou a Polícia Militar na manhã desta terça-feira (26) após encontrar o miolo da fechadura do Centro Comunitário danificado. 

De acordo com Gilmar Antônio De Moraes, foram furtados durante a madrugada vários objetos, como utensílios domésticos, bebidas, doces, salgados, uma motosserra, uma máquina de lavar a jato, entre outros itens. A porta da Capela também foi arrombada. Do local foi levada a mesa de som, duas caixas de som amplificadas e dois microfones.

Os policiais avistaram nos fundos do Centro Comunitário rastros de um veículo, que pela quantia de produtos furtados, deve tratar-se de um veículo de carga de tamanho médio. Moradores da comunidade não perceberam a ação dos ladrões.

O prejuízo estimado ultrapassa R$ 15 mil. O caso foi repassado à Polícia Civil para investigação.

Fonte: Caco da Rosa

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Polícia Civil cumpre sete mandados de prisão por tráfico de drogas

Foto:Polícia Civil/Divulgação
A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira (27) a Operação “Semper Paratus” para cumprir sete mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão. Cerca de 50 policiais e 18 viaturas, distribuídos em 11 equipes, cumpriram os mandados em seis municípios: Catanduvas, Joaçaba, Água Doce, Chapecó, Campos Novos e Ituporanga.

De acordo com o delegado da Comarca de Catanduvas, André Cembranelli, a investigação, que levou aproximadamente 100 dias, colheu elementos que demonstraram os crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e associação criminosa no município.

Foram apreendidos aproximadamente 30g de cocaína, 20 gramas de crack, 30 gramas de maconha embaladas para venda, uma espingarda, munições, balanças de precisão, dinheiro, anotações relacionadas ao tráfico e uma motocicleta adulterada.

A operação contou com o apoio de policiais civis das Delegacias que compõem toda a 11ª DRP, contando também com equipes das DICs de Ituporanga, Lages, Chapecó, Campos Novos  e São Lourenço do Oeste, além do Canil da PM de Herval d´Oeste.

“Mais uma vez nosso reconhecimento à dedicação dos policiais da Delegacia de Catanduvas”, enalteceu o delegado, ao agradecer o apoio dos demais.



Fonte: Caco da Rosa