segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Polícia Civil conclui investigação referente ao desaparecimento de Ivanir Araújo

O Juiz da Vara Criminal de Campos Novos, Paulo Eduardo Huergo Farah, acolheu a representação da Polícia Civil e decretou a prisão preventiva do homem apontado pela investigação como autor do homicídio de Ivanir Araújo, que desapareceu no dia 5 de julho. Ele havia sido preso temporariamente no final do mês de julho.

O inquérito policial foi concluído pelo delegado regional Adriano Almeida na semana passada. Após colher farto conjunto de provas, a Polícia Civil concluiu a investigação com o indiciamento de J.A.C., de 38 anos de anos, pelos crimes de homicídio qualificado (motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima) e ocultação de cadáver.

Segundo o que foi apurado, o indivíduo assassinou e ocultou o corpo de Ivanir Araújo por não ter dinheiro para saldar uma dívida de R$ 20 mil, decorrente da aquisição de um imóvel rural de propriedade da vítima, em Erval Velho.

Após analisar os autos, o Ministério Público ofereceu denúncia, por meio do Promotor de Justiça Giancarlo Rosa Oliveira, bem como ratificou a representação formulada pelo delegado regional Adriano Almeida, que presidiu a investigação.

J.A.C. continuará recolhido na Unidade Prisional Avançada de Campos Novos, a fim de ser submetido a julgamento pelo Tribunal do Júri.

Fonte: Caco da Rosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário