segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Comparecimento de eleitores para a biometria continua insuficiente

Foto:Divulgação


No Estado, apesar de 34,5% do eleitorado já ter realizado a biometria, o comparecimento continua abaixo do esperado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina. No total, 1.723.755 dos 4.995.760 eleitores de SC já fizeram o cadastro biométrico. Desde o dia 3 de julho, todos os municípios estão realizando a biometria, mesmo que de forma não obrigatória.

Segundo o assessor especial de planejamento estratégico e de eleições do TRE-SC, Augusto César Campos, apesar de o comparecimento aos cartórios ter aumentado, o número ainda não é o suficiente. “O comparecimento ainda não é o suficiente para alcançar os índices que foram planejados. Nós temos capacidade para atender quase o dobro dos eleitores que estão comparecendo a cada dia. Se continuar assim, certamente vamos ter incidência de filas no final do período de cadastramento”, destacou Augusto.

Em 43 municípios, o procedimento é obrigatório. O eleitor que não comparecer dentro do prazo terá seu título eleitoral cancelado e ficará sujeito às sanções decorrentes disso. Em todos os municípios, o eleitor deve agendar seu atendimentopelo site do TRE-SC.

Dentre os municípios que estão realizando o procedimento de forma obrigatória, 17 deles estão atendendo acima da média esperada pela Justiça Eleitoral. O destaque vai para os municípios de Garuva, Corupá, Papanduva, Mafra e Tangará. Já os municípios que estão passando por revisão e que estão atendendo menos, em relação à meta, são: Balneário Camboriú, Brusque, Penha, Romelândia e Itapoá. 

A secretária da Corregedoria Regional Eleitoral, Renata Beatriz de Fávere, destacou que o prazo para a realização da revisão em alguns municípios se encerra no dia 27 de outubro. “O eleitor deve verificar se sua cidade está com o prazo já fixado e procurar o cartório eleitoral ou o posto de atendimento. Isso vale principalmente para os eleitores dos municípios de Garuva, Braço do Trombudo, Imaruí, Itapoá e Trombudo Central, onde o prazo encerra agora em outubro”.

Já entre os municípios em que o atendimento está acontecendo de forma ordinária, cerca de 50 deles já estão atendendo acima da meta. Porém, mais de 100 municípios que estão realizando o cadastro ordinário ainda não conseguem alcançar nem 50% da meta.

Para fazer a biometria, é necessário que o eleitor leve documento de identificação com foto, comprovante de residência recente e comprovante de alistamento militar – para os homens maiores de 18 anos e que vão fazer o primeiro título.

A biometria é um método tecnológico que permite reconhecer, verificar e identificar uma pessoa por meio de suas impressões digitais, que são únicas. Na Justiça Eleitoral, o cadastro biométrico é utilizado para tornar as eleições ainda mais seguras e prevenir fraudes.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário