terça-feira, 11 de julho de 2017

Veículos inservíveis do Meio Oeste serão prensados pelo Detran

Foto:Detran/SC
O processo de prensagem de veículos com restrições judiciais, executado pela Comissão Estadual de Leilão do Detran/SC, chega à décima edição beneficiando municípios do Meio-Oeste. Nessa etapa, serão compactados 445 veículos inservíveis - carros, motos e motores - vinculados a processos judiciais e que foram liberados pelos juízes das comarcas de Caçador e Videira.

O objetivo é dar uma destinação ecologicamente correta aos veículos que estão há décadas nos pátios dos municípios, causando problemas de saúde pública e ao meio ambiente, entre outros fatores sociais e econômicos. Após a prensagem, eles serão reutilizados como matéria-prima na indústria siderúrgica.

A descontaminação se inicia nesta quarta-feira, 12, e a prensagem está prevista para o fim do mês. A descontaminação consiste na retirada do combustível, óleo do motor, extintor de incêndio, bateria e cilindro de gás natural de cada item, individualmente. Feito isso, a ação é concretizada com o amassamento dos veículos, que é realizado por uma empresa licitada, através de contrato de prestação de serviços firmado com a Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Inicialmente, a equipe dos ferrosos da Comissão de Leilão, com o apoio da Delegacia Regional de Caçador, fez a avaliação, com a identificação e seleção dos veículos, e elaboraram um relatório detalhado de cada item. O documento seguiu para apreciação do respectivo juiz, que se manifestou positivamente à liberação dos veículos para prensagem.

“Entendemos que o pedido formulado deve ser acolhido prontamente, pois é uma iniciativa que visa resguardar a saúde pública e dar destino a bens abandonados, que atualmente apresentam-se como sucatas e focos de diversas doenças. Um trabalho merecedor de aplausos, dada a extensão dos direitos e interesses que serão protegidos com referida medida”, concluiu o juiz Rodrigo Dadalt, em visita ao pátio de Caçador.

Nesta operação, também será atendida a determinação do juiz de Videira, André Luiz Trentini, que deliberou a prensagem de 12 itens, como motores e blocos que estavam nas delegacias da comarca.

Integrante da Comissão de Leilão e coordenador dos ferrosos, o delegado Adalberto Safanelli ressalta a importância da conscientização no destino correto dos veículos inservíveis, bem como a possibilidade de solucionar um problema antigo: a superlotação dos pátios, além de contribuir para a preservação da questão ambiental, de saúde pública e vigilância sanitária.

“Estamos em tratativas para executar a ação em outras localidades, promovendo novos contatos com os municípios para avaliarmos a possibilidade de incluí-los no calendário de trabalhos deste ano”, frisou Safanelli.



Fonte: Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário