segunda-feira, 31 de julho de 2017

Trio acusado de homicídio em Capinzal será julgado no final de agosto

Serão julgados no dia 30 de agosto, às 9h, no Plenário da Câmara de Vereadores de Capinzal, três dos quatro acusados de assassinar Adilson Pereira da Silva, de 33 anos. No banco dos réus estarão Edivaldo Bazilio da Silva, Lariane dos Santos e Valdecir Moreira.

O corpo de Adilson foi encontrado na manhã do dia 27 de janeiro de 2016 caído em meio à vegetação nas proximidades da ponte Irineu Bornhausen, em Capinzal. Após diligências, a Divisão de Investigação Criminal (DIC) Joaçaba, com o apoio de policiais do Setor de Investigação Criminal (SIC) de Capinzal e delegacia de Erval Velho, apurou se tratar de um homicídio, sendo presos dois homens e uma mulher como suspeitos. Um dos detidos foi quem acionou a polícia.

Conforme as investigações, na noite anterior, a vítima foi espancada com socos, pontapés e pauladas que causaram a sua morte. O grupo teria feito ingestão de bebida alcoólica e entorpecente (tíner). O fato da vítima ter supostamente estuprado a própria mãe veio à tona durante a discussão e o possível assédio de Silva contra Lariane, uma das denunciadas.

O quarto acusado, Evandro Domingos França, teve o processo desmembrado depois do advogado entrar com recurso da sentença de pronúncia e, por esse motivo, ficará de fora do julgamento que será presidido pelo juiz Daniel Radünz.

Fonte: Rádio Capinzal

Nenhum comentário:

Postar um comentário