terça-feira, 25 de julho de 2017

Seis rios estão em situação de emergência em SC

Foto:Rio dos Queimados.
Foto: Miro Toldo/Prefeitura de Concórdia
A Epagri/Ciram emitiu um aviso hidrológico nesta terça-feira (25) informando que há rios em situação extrema por conta da estiagem no estado. De acordo com o órgão, as cidades com rios em estado de emergência são: Guaraciaba, Forquilhinha, Chapadão do Lageado, Orleans, São Martinho e Concórdia. O nível do Rio dos Queimados, que corta Concórdia, por exemplo, está em três centímetros.

De acordo com a previsão da Epagri/Ciram, o tempo deve permanecer seco no estado até a próxima semana, com chuva prevista apenas a partir do dia 2 de agosto. Isso pode reduzir ainda mais os níveis dos rios e gerar problemas de abastecimento de água de algumas localidades. Conforme mostra a tabela a seguir, também há rios em estado de alerta: Canoinhas, Passos Maia e Rio Negrinho.

A orientação é que a população dessas cidades economize água, usando apenas o necessário para as atividades diárias até que os níveis dos rios voltem ao normal.

Risco de queimadas e incêndios

Santa Catarina registra baixa umidade relativa do ar, principalmente no período da tarde. Ela varia em torno de 30% a 40% no Oeste, Meio-Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul. A Defesa Civil pede atenção para o tempo muito seco, que favorece o risco de focos de incêndios em áreas propícias.

Para evitar queimadas, não jogue bituca de cigarro nas margens de rodovias, não queime lixo doméstico e não faça fogueiras. O agricultor não deve colocar fogo nas pastagens e lavouras. Ao avistar um foco de incêndio, avise imediatamente o Corpo de Bombeiros pelo 193.

A baixa umidade do ar representa estado de atenção entre 21% e 30%. Nesses dias, é recomendado evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 16h; umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água e molhamento de jardins; sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas; consumir bastante água.

Fonte: Epagri/Ciram

Nenhum comentário:

Postar um comentário