sexta-feira, 21 de julho de 2017

Reprodução do atropelamento que matou uma mulher na BR-470

Foto:Polícia Civil/Divulgação
A Polícia Civil de Campos Novos e o Instituto Geral de Perícias (IGP), com auxílio da Polícia Rodoviária Federal, realizaram na noite desta quinta-feira (20) a reprodução simulada do atropelamento que resultou na morte de uma mulher de 39 anos e no ferimento de outra pessoa na BR-470, em fevereiro de 2015. O acidente aconteceu no Km 331,8 da rodovia, no momento em que as vítimas trocavam o pneu de um veículo.

O autor dos atropelamentos responde a processo criminal pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio, podendo ser submetido a julgamento pelo Tribunal do Júri.

Durante os trabalhos, as demais partes envolvidas no acidente de trânsito apresentaram suas versões sobre o fato, sendo toda a ação filmada e acompanhada pela Polícia Civil e pelo IGP.



Fonte: Caco da Rosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário