quinta-feira, 22 de junho de 2017

Ex-prefeito de Jaborá passa a ser réu em processo de improbidade

O juiz José Adilson Bittencourt Junior, da Comarca de Catanduvas, aceitou denúncia do Ministério Público contra Luiz Nora, ex-prefeito de Jaborá, e Wagner Schardong, ex-servidor público do município, que agora passam a ser réus em um processo de improbidade administrativa. A ação está embasada na violação aos princípios administrativos e ainda envolve uma denúncia encaminhada por Wagner Schardong à Câmara de Vereadores de Jaborá quando da cassação do ex-prefeito Luiz Nora.

Na época Wagner Schardong encaminhou a denúncia junto ao Legislativo Municipal alegando supostas ilegalidades cometidas pelo prefeito para contratar sua filha como servidora municipal. Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi criada e o prefeito foi afastado do comando do Executivo Municipal. A promotora alega que na época dos fatos, Wagner Schardong teria retirado a denúncia para proteger o prefeito e evitar uma suposta cassação.

Entretanto, a Promotoria Pública conseguiu apurar que Nora teria repassado ao autor da denúncia R$ 30 mil. Mesmo retirando a denúncia a CPI teve prosseguimento e Nora foi cassado, mas voltou ao cargo com o crivo do Tribunal de Justiça. Agora, o processo terá andamento normal e os dois réus deverão ser citados pelo Poder Judiciário para que apresentem a contestação.

Fonte: Atual FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário