quarta-feira, 5 de abril de 2017

Governador acompanha jogo entre Chapecoense e Atlético Nacional

Foto:Julio Cavalheiro/Secom
O governador Raimundo Colombo acompanhou as homenagens e a histórica partida entre Chapecoense e Atlético Nacional de Medellín na Arena Condá nesta terça-feira, 4. O encontro entre as duas equipes - pela Recopa Sul Americana 2017 - fortaleceu os laços de irmandade e fraternidade com emocionantes manifestações de agradecimento à cidade de Medellín (Colômbia), que deu exemplo de solidariedade e sensibilidade na tragédia com o voo da Chapecoense em novembro do ano passado. As 71 pessoas que morreram no acidente foram lembradas na cerimônia.

Colombo reconheceu a atenção dos colombianos e ressaltou o retorno do time catarinense aos gramados. “Todos nós catarinenses, brasileiros, estamos aqui para reconhecer o extraordinário comportamento humano que os colombianos tiveram e a volta da atividade esportiva - os dois times se enfrentando. É a vida que continua, é a vida que segue. Tenho certeza que todos aqueles que partiram desejaram que assim fosse e assim está sendo. Obrigado Chapecó por nos proporcionar um momento tão bonito”, afirmou o governador.

Chapecó se mobilizou para receber e retribuir todo o cuidado recebido. A programação começou na segunda-feira, 3, com calorosa recepção à delegação e aos torcedores colombianos. Nesta terça, teve concentração no Centro da cidade, seguida de caminhada e abraço coletivo na Arena Condá.

O show da gratidão marcou os momentos que antecederam a partida e contou com a presença do alcalde de Medellín, Federico Gutiérrez Zaluaga. Os quatro sobreviventes da tragédia: jornalista Rafael Henzel e os atletas Jackson Folmann, Neto e Alan Ruschel deixaram emocionada mensagem de otimismo e gratidão. A programação também foi marcada pela apresentação da cápsula do tempo, que receberá cartas dos torcedores dos dois clubes.

A partida

Em cobrança de pênalti aos 25 minutos do primeiro tempo, Ronaldo abriu o placar: 1 a 0 para Chapecoense. O Atlético Nacional arrancou o empate aos 13 minutos do segundo tempo com Macnelly Torres. Aos 28 minutos, Luis Otavio ampliou para a Chapecoense: 2 a 1.




Fonte: Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário