segunda-feira, 13 de março de 2017

Vendaval causa estragos em várias regiões do estado

Foto:Em Chapecó Foto: Corpo de Bombeiros/SC)
Ocorrências com chuvas e vendavais provocaram estragos em diferentes regiões do Estado ao longo deste domingo, 12. A passagem de uma frente fria em deslocamento ao Litoral de Santa Catarina trouxe chuva forte, ventos acima de 60 km/h e granizo isolado. Equipes da Celesc e da Defesa Civil de Santa Catarina estão trabalhando para amenizar os problemas. Não há registro de feridos.

O presidente da Celesc, Cleverson Siewert, explica que por volta das 16h deste domingo, a área de atendimento da empresa chegou a registrar cerca de 160 mil unidades consumidoras sem energia devido às ocorrências provocadas pela chuva ou pelo vento. As áreas mais afetadas foram as regiões de Blumenau, Florianópolis, Itajaí e Videira.

Entre as 70 mil unidades que ainda estavam sem energia, a maioria era da Grande Florianópolis (cerca de 42 mil), principalmente na região do Norte da Ilha de Santa Catarina. Em seguida, aparecem Itajaí (12 mil), Blumenau (7 mil), Mafra (7 mil) e outras cidades com menor número de ocorrências.

Para esta segunda-feira, 13, a previsão da equipe de meteorologistas da Epagri/Ciram, é de sol e poucas nuvens na maior parte de Santa Catarina. No Planalto Norte, Litoral Norte e Grande Florianópolis, ainda há chances de chuvas fracas, especialmente no período da manhã. E a previsão indica também ventos com intensidade de fraca a moderada com rajadas no Litoral.

Principais regiões afetadas neste domingo e com registro de ocorrência na Defesa Civil estadual:

Biguaçu – a passagem de um vendaval neste domingo destelhou cerca de 50 residências no município, sendo que algumas foram totalmente destelhadas. Também foram registradas dez quedas de árvores em vias pública. O relatório da Defesa Civil deste domingo à tarde apontava 200 pessoas diretamente afetadas, sendo que três famílias já haviam sido desalojadas. A prefeitura distribuiu três rolos de lona aos atingidos e a regional da Defesa Civil estadual também auxiliou com outros três rolos.

Houve também ocorrências pontuais com pequenos danos em cidades próximas, como Alfredo Wagner, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz e Palhoça.

Concórdia – registro de alagamento neste domingo em diferentes pontos da cidade, com mais intensidade na Rua das Videiras, Bairro Petrópolis, onde pelo menos dez residências foram afetadas.

Florianópolis – a Capital também foi atingida por um vendaval, que destelhou ao menos 20 casas e derrubou diversas árvores sobre a via pública, afetando também a fiação elétrica. Conforme o registro da Defesa Civil, 80 pessoas foram diretamente afetadas, mas ninguém ficou ferido. A regional da Defesa Civil Estadual em Florianópolis distribuiu quatro rolos de lona.

Xaxim – houve ocorrências de chuvas intensas e vendaval, derrubando duas árvores e destelhando parcialmente duas casas. Houve também pontos de alagamento isolado no Bairro Alvorada. Segundo a Defesa Civil, oito pessoas foram diretamente afetadas pelo evento e foram distribuídos 100 metros de lona.

Chapecó - o vento forte e a chuva registrados neste domingo causaram danos na estrutura de uma casa, que teve os moradores deslocados para a residência de parentes. Conforme o registro, cinco pessoas foram diretamente afetadas, mas ninguém ficou ferido. O Corpo de Bombeiros isolou a área.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário