terça-feira, 28 de março de 2017

Técnicos da Coreia do Sul devem vir a SC para inspeção de carne suína

Segundo governo catarinense, missão ocorrerá entre 10 e 27 de maio.
Visita será início da última etapa de abertura do mercado sul-coreano.

(Foto: Agência de Notícias/Embrapa)
Em meio às ameaças nas exportações de carne suína e de frango em decorrência da Operação Carne Fraca, houve uma boa notícia para o estado neste área. Técnicos da Agência de Quarentena Animal e de Plantas da Coreia do Sul sinalizaram que vêm a Santa Catarina para fazer inspeção na produção da carne suína, informou o governo catarinense nesta segunda-feira (27). Essa vistoria deve ocorrer entre 10 e 27 de maio. A visita marcará o início da última etapa do processo de abertura do mercado sul-coreano aos produtos da suinocultura catarinense.

A delegação incluirá a equipe do Ministério da Segurança de Alimentos e Medicamentos do país asiático. Uma etapa já vencida do processo de abertura do mercado foi a inclusão, por parte das autoridades da Coreia do Sul, de Santa Catarina entre os países e regiões sub-nacionais com autorização de requisitos sanitários e com permissão de exportação de carne suína e produtos derivados.

“A confirmação da vinda desta missão chega em um momento muito importante para Santa Catarina e será uma grande oportunidade para comprovarmos aos sul-coreanos e ao mundo o nosso compromisso com a sanidade animal, com a fiscalização sanitária e com a qualidade dos nossos produtos”, afirmou o secretário de Estado de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond.

A informação sobre a inspeção foi encaminhada à Secretaria de Assuntos Internacionais de Santa Catarina pelo embaixador do Brasil na Coreia do Sul, Luiz Fernando de Andrade Serra, nesta segunda. Em 2016, os sul-coreanos já haviam sinalizado ao governador Raimundo Colombo (PSD) a intenção de comprar carne suína de Santa Catarina.

Fonte: G1/SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário