quinta-feira, 2 de março de 2017

Operação carnaval da PRF registra redução de mortes em SC

Foto:PRF registrou 170 acidentes
A Polícia Rodoviária Federal encerrou à meia-noite desta quarta-feira (1º) a Operação Carnaval 2017, que iniciou no dia 24 de fevereiro em todo o Brasil, totalizando seis dias de fiscalização especial. Em Santa Catarina, a PRF procurou concentrar policiais nos pontos com maior índice de acidentes, onde haveria maior probabilidade de ocorrências graves.

Nas rodovias federais que cortam o estado, a PRF registrou 170 acidentes, nos quais 167 pessoas ficaram feridas e sete morreram. Comparando com a Operação Carnaval do ano passado, houve redução de 36% no número de vítimas fatais.

Duas mortes aconteceram em colisões frontais na BR-282, em Lages e Rancho Queimado, e uma em capotamento na BR-280 em Irineópolis. O acidente mais grave foi registrado na noite desta quarta-feira na BR-470 em Indaial, quando quatro ocupantes de um carro morreram em uma colisão frontal.

Nestes seis dias, policiais rodoviários federais confeccionaram 4.858 autos de infração por motivos diversos. Os radares fotográficos registraram 11.150 imagens de veículos em excesso de velocidade. Apesar do rigor da lei seca, com multa por embriaguez no valor de R$ 2.934,70 e suspensão do direito de dirigir por um ano, a PRF flagrou 204 motoristas dirigindo sob efeito de álcool durante este Carnaval. Também foram realizadas 93 ações de educação para o trânsito, que atingiram diretamente 2.327 pessoas.

Todo o esforço policial foi recompensado com a redução significativa do número de óbitos, o que representa uma grande vitória não só para a PRF, mas para toda a sociedade.

Comparativo Operação 2016/2017

Acidentes: 186/170 (- 10,1%)

Feridos: 165/167 (+1,2%)

Mortos: 11/07 (- 36,6%)

Nenhum comentário:

Postar um comentário