quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

GOVERNADOR PARTICIPA DA ABERTURA DO CAMPO DEMONSTRATIVO ALFA

Raimundo Colombo participa da abertura do Campo Demonstrativo Alfa em Chapecó

Fotos: Jaqueline Noceti/Secom
O governador Raimundo Colombo e o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, participaram nesta terça-feira, 17, da abertura oficial do Campo Demonstrativo Alfa (CDA) 2017, em Chapecó, no Oeste. O evento espera a visita de 12 mil pessoas que poderão conferir as novidades em tecnologias para agropecuária, principalmente com equipamentos e genética de plantas. A edição deste ano segue até esta quinta-feira, 19, em Chapecó, e estará presente no município de Bela Vista do Toldo de 7 a 9 de fevereiro. O presidente da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Enori Barbieri, também acompanhou a abertura.

“Temos que aumentar nossa presença no mercado internacional e, aqui no Oeste, temos essa capacidade por meio do agronegócio. É o caminho que possuímos para a economia brasileira, pois em 2017 e 2018 vamos depender muito da exportação. Esse evento traz um benefício direto, que é a troca informações sobre tecnologia e o incentivo ao trabalho cooperativado, que potencializa o desenvolvimento de SC”, disse o governador.

O CDA é promovido pela Cooperalfa, que comemora 50 anos com evento focado no planejamento, e pretende, nesta edição, trazer os planos da cooperativa para as próximas cinco décadas. Quem visitar o Campo vai encontrar atrações em todas as atividades, com estandes voltados para sementes, produção leiteira, suinocultura e avicultura.

Moacir Sopelsa destacou a importância dos agricultores e das cooperativas catarinenses no desenvolvimento agrícola do Estado. “As cooperativas têm sido grandes parceiras do Governo do Estado, principalmente na execução do Programa Terra-Boa, que oferece sementes de milho de ponta aos agricultores, aumentando a produtividade das lavouras. Nosso agricultor faz o dever de casa e, por isso, somos um dos mais importantes produtores de alimentos do país”, disse.

A Cooperalfa deverá fechar o balanço de 2016 com faturamento de aproximadamente R$ 2,5 bilhões, 20% a mais que em 2015. Descontando a inflação, o crescimento real do período ficará próximo dos 12%, já a receita líquida tende a diminuir o percentual sobre o exercício anterior. Os dados oficiais serão divulgados durante assembleia geral ordinária em 15 de fevereiro, em Chapecó.

A cooperativa conta com 17,2 mil famílias associadas, sendo 76% enquadradas na agricultura familiar e 2,8 mil funcionários.




Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário