sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Bancários aceitam proposta e encerram greve após 31 dias

Foto:Greve durou 31 dias
Os bancários decidiram em assembleia nesta quinta-feira (6), por orientação do Comando de Greve, aceitar a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e encerrar a paralisação, que durou 31 dias e fechou mais de 13 mil agências em todo o país. A partir desta sexta-feira (7) o atendimento volta ao normal.

Foram 10 rodadas de negociação para chegar a o acordo. “Os bancos elevaram para 8% o reajuste salarial, o abono para R$ 3,5 mil e a garantia de conceder, no próximo ano, a reposição da inflação e mais 1% de aumento real, além de corrigir o vale-alimentação em 15%, o vale-refeição e o auxílio creche/babá em 10% e a implantar a licença-paternidade de 20 dias”, informou o presidente do Sindicato dos Bancários de Joaçaba e Região, Ademir Zambiazzi. “Se por um lado tivemos perda, em relação ao índice de inflação, por outro não teremos que repor os dias parados”, avaliou.  

De acordo com Zambiazzi, 18 agências aderiram a greve na base do sindicato. Essa foi a maior paralisação da categoria desde 2004.

Fonte: Caco da Rosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário