segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Jovem é preso acusado de abusar da prima deficiente

A Polícia Civil de Caçador prendeu nesta sexta-feira, 23, um homem de 20 anos acusado de estupro. A vítima é uma mulher de 20 anos, deficiente intelectual e dependente completa.

O crime foi descoberto após a vítima ter realizado alguns exames de rotina. Em um dos exames, contatou-se que a mulher estaria grávida de quatro meses.

Diante de tal situação, a família procurou pela Delegacia de Proteção à Mulher, Criança, Adolescente e ao Idoso (DPCAMI), onde a polícia iniciou as investigações, visto que não havia um suspeito.

Durante as investigações, a polícia verificou que na família ainda havia uma adolescente de 13 anos, muda, que também estava sendo vítima de estupro. Durante a investigação, o pai da jovem foi preso como principal suspeito dos crimes.

A polícia acreditava que o pai da vítima seria o autor, porém após o nascimento da criança foi realizado teste de DNA, apresentando um outro familiar, o primo das vítimas, como autor.

Assim sendo representou-se pela prisão deste, tendo sido cumprido na sexta-feira, 23 de setembro.

Em seu interrogatório o jovem negou os fatos e afirmou que o seu tio também praticava o crime contra as próprias filhas. Ambos forneceram o material genético para comparação.

Fonte: Caçador OnLine

Nenhum comentário:

Postar um comentário