quarta-feira, 11 de maio de 2016

Vandalismo no cemitério de Herval deixa corpo exposto

Encontramos um túmulo com os restos mortais expostos.
(Fotos: Portal Éder Luiz)
Moradores das proximidades e pessoas que tem parentes enterrados no Cemitério Nossa Senhora Da Glória em Herval d’ Oeste, estão reclamando de atos de vandalismo no local. O problema chamou ainda mais a atenção depois de uma denúncia, dando conta que desde o último domingo, um túmulo estava com o tampo de concreto quebrado, deixando exposto um cadáver em decomposição.

Na manhã desta terça-feira,10,  nossa equipe esteve no local e ,após cerca de meia hora percorrendo os jazigos e túmulos, se deparou com um local aparentemente bem cuidado, porém, realmente prejudicado por atos de vandalismo. Encontramos jazigos com vidros estilhaçados e portas com sinal de arrombamento, além de lápides quebradas ou com letras de identificação arrancadas.Já quase no final da visita, achamos o túmulo mencionado na denúncia.

De acordo com um dos moradores das proximidades e que não quis se identificar, falta segurança no local. “Acontece de tudo no cemitério. Vemos diariamente crianças pulando de jazigo em jazigo e jogando pedras. Sem contar aqueles que vem pra consumir drogas. Certa vez, flagrei um adolescente que tinha matado aula e estava ali no cemitério vendo vídeo erótico no celular. Várias vezes ligamos pra polícia mas eles dizem que vão verificar e não vem”. Contou o morador.

Conversamos com Sr. Amarildo Soares de Lima, que é responsável pela Casa Mortuária e juntamente com outra pessoa, também pelo cemitério. De acordo com ele, nos cinco anos que trabalha no local o vandalismo sempre prejudicou as ações de manutenção do espaço. “Recentemente arrombaram a casinha onde guardamos as ferramentas e roubaram algumas enxadas e uma pá. Quebram vidros não só dos jazigos como da casa mortuária. Aliás, faz uns 15 dias registrei um Boletim de Ocorrência porque roubaram um botijão de gás e duas garrafas térmicas que são usadas nos velórios” explicou. Quanto ao túmulo aberto, explicou que nesta tarde, 10, estará providenciando o conserto.

“É uma situação complicada. Fazemos o nosso trabalho, mas,  por causa dos vândalos o trabalho não dura. Tem uma câmera na rua, mas, aqui no cemitério mesmo, não. É só a criançada perceber que chamamos a polícia que fogem, passa algumas horas estão aqui de novo” Queixou-se o responsável pelo cemitério.















Fonte: Éder Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário