quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Homem é suspeito de ter matado família e depois se suicidado

Foto:Jhota Biavatti/TV Box
Uma família foi encontrada morta em casa na cidade de Cordilheira Alta, no Oeste de Santa Catarina, na manhã desta quinta-feira (26), no distrito de Fernando Machado. De acordo com a Polícia Militar (PM), a suspeita é que Alcir Pederssetti, de 42 anos, assassinou a esposa, filha, sogro, sogra e cunhada e depois se matou

Os corpos foram encontrados por volta das 7h30 pela empregada doméstica, que acionou a polícia. Testemunhas relataram ter ouvido os disparos por volta das 4h30.

De acordo com a PM, Alcir não estava conformado com uma possível separação da esposa Monica Pederssetti, de 33 anos.

Além dos dois, também foram encontrados mortos a filha do casal, Lana Pederssetti, de 16 anos, os pais de Monica, Antonio Moresco e Luiza Moresco, de 68 e 65 anos, respectivamente, e a irmã de Monica, Lucimar Moresco, de 36 anos.

Todos foram mortos com tiros, conforme a Polícia Militar. Foram disparados nove tiros no total, segundo a PM. Ao lado do corpo de Alcir, foi encontrado um revólver calibre 38, que teria sido utilizado no crime.

De acordo com a PM, Alcir trabalhava na Prefeitura de Cordilheira Alta e a Monica tinha uma loja de confecções.

A casa da família foi isolada pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) e Polícia Civil, que irá investigar o caso.

Fonte: G1/SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário