segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Vereadora mais jovem de Santa Catarina faz desabafo.

Desabafo da vereadora em União do Oeste, no Oeste catarinense, Jayana Nicaretta da Silva (PP), 20 anos, vereadora mais jovem de SC e uma das mais jovens do país, que pela terceira vez teve propriedade da família incendiada. A suspeita é de perseguição política devido à eleição para a mesa diretora da Câmara. 

Leia:


“Pela terceira vez desde que me elegi colocaram fogo nas nossas coisas. Essa madrugada foi no mercado. Esperei a perícia da Polícia Civil fazer o seu trabalho pra falar isso no face. Encontraram dois galões de gasolina e o cano do gás cerrado, foi uma explosão a uma hora da manhã e não sobrou nada.
DUAS BOAS NOTÍCIAS: encontraram a placa mãe do computador central onde ficam as imagens das câmaras e ninguém se machucou.
UMA MÁ NOTÍCIA: não tinha seguro.
Na semana anterior a eleição da presidência da Câmara me procuraram me oferecendo dinheiro pra que votasse num dos vereadores da oposição com o seguinte discurso: "Vamos acabar com essa história, já colocaram fogo numa casa de vocês, depois em outra, vai ser melhor pra todos." Por coincidência ou não sempre aconteceu depois da eleição da presidência da câmara em que todas ganhamos. São duas histórias diferentes as quais espero que não se cruzem. O fato é que desta vez daremos nome aos bois”.


Jayana foi eleita em outubro de 2012 com 133 votos, de um total de 2.523, ela foi a quarta mais votada do município. Notícia que recebeu logo após saber que passou em sete vestibulares, três deles em universidades federais. A inspiração veio do pai, três vezes vereador e uma prefeito de União do Oeste.


Fonte: Eder Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário