sexta-feira, 27 de junho de 2014

Bombeiros retiram 200 pessoas de área de risco em Arvoredo

A onda de cheia já passou pela PCH Celulose Irani, elevando o nível do rio em 1,5 metro.

Fotos: Rádio Nambá
A força-tarefa do Corpo de Bombeiros já retirou 200 pessoas que estavam em áreas consideradas de alto risco em Arvoredo, na região Oeste de Santa Catarina. A cidade fica a 56 quilômetros de Ponte Serrada, onde aconteceu o rompimento da Central de Geração de Hidrelétrica – CGE. Trata-se de uma região isolada e a onda de cheia deve passar por quatro PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas) antes de chegar no município de Arvoredo.

A onda de cheia já passou pela PCH Celulose Irani, elevando o nível do rio em 1,5 metro. A Defesa Civil Estadual está monitorando a situação pelas demais PCHs (Plano Alto, Alto Irani e PCH Arvoredo) em conjunto com os engenheiros das unidades. A expectativa é que a onda de cheia chegue na noite desta sexta-feira em Arvoredo.

Aviso da Defesa Civil (19h):

Nas próximas horas, chuva persistente de intensidade fraca a moderada no Meio-Oeste, Planalto Norte, Planalto Sul, Litoral Sul e Grande Florianópolis.

Alerta para inundações na Bacia do Rio do Peixe: Níveis dos rios estão se estabilizando na bacia do Rio do Peixe, porém há previsão de continuidade de chuva nas próximas horas. Leitura das 17:45hs em Joaçaba: 9,35m. As inundações também estão afetando os municipios de Videira, Herval D’oeste, Ouro e Capinzal.

Alerta para inundações no Rio Uruguai: Em Itapiranga, o nível do rio está em cota de emergência com 14,31m (17hs), estabilizado, e inundando áreas rurais e urbana do município. As inundações também estão afetando os municípios de Mondai e Palmitos.

Alerta para inundações em Passos Maia, Águas do Chapecó e Concórdia. Em Passos Maia o rio esta com a cota em 6,11m - 17hs, afetando residências.

Alerta para risco de inundações no Alto Vale do Itajaí: Em Taió o rio está em cota de emergência 7,30m e em Rio do Sul em cota de alerta, 6,31m, conforme a última leitura às 9hs. Barragens Oeste e Sul continuam com comportas abertas e há perspectiva de inundações, por enquanto restritas apenas às áreas mais baixas da região.

ALERTA: Risco de deslizamento no Oeste, Meio Oeste (Vale do Rio do Peixe), Planalto Sul e Alto Vale do Itajaí.  Nas últimas 72hs foram registradas chuva com volumes significativos especialmente em Chapecó (360mm), Mondaí (315mm), Ponte Serrada (284mm), Joaçaba (278mm), São Miguel Do Oeste (224mm), Ouro (213mm), Rio das Antas (190mm), Zortéa (205mm), Passos Maia (192mm). O solo está encharcado e há previsão de chuva persistente nas próximas horas.

AVISO METEOROLÓGICO I: Nesta sexta-feira o tempo segue instável com chuva em SC, mais intensa e persistente no Oeste, Meio Oeste, Sul do Estado e Grande Florianópolis. No sábado a chuva mais persistente se concentra principalmente na Grande Florianópolis, Litoral Sul e Planalto Sul. Com as chuvas previstas até sábado, podem ainda ocorrer pontuais de 120 a 180 mm, como mostra a Tabela 1, com risco de alagamentos, inundações, enxurradas e deslizamentos. Esses indicativos são revisados continuamente e recomenda-se o acompanhamento das atualizações dos boletins e possíveis avisos e alertas. Veja em Leia mais, a tabela com acumulados de precipitação previstos para os próximos dias em todas as regiões de SC.

AVISO METEOROLÓGICO II:  Entre o sábado e domingo a formação de um ciclone extratropical entre o Litoral do RS e SC, intensifica o vento do quadrante sul com rajadas de 70km/h a 100km/h, mais intensas em áreas mais afastadas da costa. O mar fica muito agitado com ondas de sul e altura de 1.5 a 2.5 m e picos de 3.0 a 4.0 m ao sul de Florianópolis e em áreas mais distantes da costa. Não se descarta a possibilidade de RESSACA, principalmente no Litoral Sul de SC e do RS. As atividades de pesca com pequenas e médias embarcações fica expressamente desaconselhável neste período.

Veja algumas fotos enviadas pelo leitor Fernando Einsfeld:






Fonte: Secretaria de Estado da Defesa Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário