sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Incêndio no Clube Ervalhense, gera polêmica em Erval Velho

Foto: Restos do Ventilador -
Rafael Moscibroki
Um incêndio de pequenas proporções danificou um ventilador, durante evento que acontecia na noite do último sábado (17) no Clube Ervalhense em Erval Velho. Informações preliminares indicam que um circuito na rede elétrica, tenha provocado o incidente. Durante o fato, cerca de mil pessoas participavam de uma festa que acontecia na parte superior do clube. Algumas pessoas que estavam próximas do aparelho jogaram água e cerveja para controlar as chamas, no entanto, um dos seguranças do evento controlou o fogo com auxílio de um extintor de incêndio que possuía no local.  

Durante sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Erval Velho que aconteceu nesta quarta-feira (21), o presidente da Casa, Miguel Tessari afirmou que um cidadão havia lhe procurado, para comentar o caso. Segundo o vereador, o cidadão havia confirmado que o local não possuía extintores de incêndio e que em contato, com o Corpo de Bombeiros de Joaçaba/Herval d’Oeste, tomou conhecimento que o local está irregular. Tessari, afirmou que ficou preocupado com a situação.

Diante dos fatos apresentados pelo vereador tomou-se conhecimento, que o local possuía dois extintores de incêndio na noite do incidente, no entanto uma de suas informações apresentadas na sessão é inverídica.
Foto: Extintor com o lacre rompido,
 usado para combater as chamas -
Rafael Moscibroki

Em contato com o Corpo de Bombeiros de Herval d’ Oeste, o jornalismo da Rádio Erval FM, tomou conhecimento que o clube está trabalhando de forma irregular, e que não existe nenhum projeto preventivo arquivado na corporação. Na segunda-feira (19), em visita ao local, o Soldado Jorge acompanhado pelo presidente do Ervalhense Continental Esporte Clube, Wilmar Segolini, confirmou que o local possuía dois extintores de incêndio, porém pelo tamanho da área deveria possuir mais dispositivos. Foi verificado na oportunidade que o ambiente, não possui saídas de emergência, dentre outros itens exigidos para funcionamento.

A parte inferior do Clube Ervalhense é de responsabilidade da Prefeitura Municipal de Erval Velho. Em conversa com nossa redação, Walter Kleber Kucher Junior, prefeito do município, comentou que quando assumiu a administração procurou regularizar o pavimento. Durante visita dos responsáveis pelo projeto preventivo que está sendo realizado pela AMMOC (Associação dos Municípios do Meio Oeste Catarinense), a administração tomou conhecimento que deveria realizar somente um projeto para todo o edifico. 

Wilmar Segolini, presidente da sociedade que é responsável pela parte superior do Clube confirmou tal fato: “O prefeito de Erval Velho prontificou-se em ajudar nossa associação, para realização do projeto preventivo que está sendo realizado pela AMMOC”, comentou Wilmar. 

O presidente afirmou que há poucos dias fez uma cobrança aos responsáveis pelo projeto na AMMOC, para que a fase de desenvolvimento do mesmo fosse acelerada, e que os mesmos enviassem ao Corpo de Bombeiros uma declaração que o estudo está sendo desenvolvido. Segundo ele nenhum documento foi enviado para a corporação: “Estive conversando com os bombeiros pela terceira vez, e tomei conhecimento que eles não receberam nenhuma declaração dos responsáveis pelo projeto” terminou Wilmar. 

Os responsáveis pelo projeto na AMMOC foram procurados por nossa redação por várias vezes, porém não foram encontrados para que pudessem se pronunciar a respeito do fato.  


Fonte: Repórter Christian Conte


Nenhum comentário:

Postar um comentário