quinta-feira, 26 de maio de 2011

Santa Catarina registra primeira apreensão de óxi

A Polícia Civil de Santa Catarina registrou nesta quarta-feira (25) a primeira apreensão de óxi no Estado. A droga é considerada mais destrutiva que o crack e já foi encontrada em pelo menos outros oito Estados do país --Acre, Tocantins, Rondônia, Piauí, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Paraná.

A polícia encontrou cerca de 54 gramas da droga enterrados próximos ao muro de uma casa na cidade de Araranguá (222 km de Florianópolis). O óxi estava em 17 pacotinhos prontos para comercialização.

O dono da casa é suspeito de ser o responsável pela droga. Ele tem 19 anos e não foi encontrado.O óxi é feito com pasta-base de cocaína, mais substâncias como querosene e cal. A droga também é mais barata que o crack --em São Paulo, a pedra é vendida por R$ 2, cinco vezes mais barato.

A droga é produzida na Bolívia e no Peru e começou a entrar no Brasil em 2005, pelo Acre.

Fonte: Jornal Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário