terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Unoesc manifesta posição quanto ao carnaval de blocos

Reitor concedeu entrevista e disse que a universidade é contrária ao evento no local onde será realizado

Na manhã desta terça-feira o reitor da Unoesc, Professor Aristides Cimadon, concedeu entrevista na Rádio Unoesc FM ao jornalista Caco da Rosa. O reitor deixou claro o posicionamento da universidade sobre o carnaval alternativo que estará acontecendo numa rua que fica em frente ao campus, especialmente sobre os boatos que correm que a universidade seria parceira.

“Nós não estamos apoiando, não somos a favor e não gostaríamos que este evento fosse realizado neste local. Primeiro por que não é o local adequado. Segundo, temos problemas já durante a semana com pessoas que se reúnem em frente a sede da universidade e nos causam transtornos. Temos portas de banheiros destruídas, vidros quebrados, uma sujeira enorme deixada em nossos pátios e que o poder público não limpa, temos que limpar até a rua”.

Cimadon falou ainda que nenhum espaço da universidade está sendo cedido para a realização do evento.

“Impossível um grupo tão grande não ter pessoas no meio deste contingente que cause problemas. Gostariamos de deixar claro mais uma vez que este evento não tem nosso apoio, por isso nossos estacionamentos estarão sendo fechados. E vamos colocar guardas para preservar nossas instalações”.

O reitor ainda fez uma crítica a forma como cada evento é tratado em Joaçaba.

“Estranho é que os órgãos competentes liberam um evento neste local. Nosso centro de eventos é proibido de realizar os bailes de formaturas e neste caso serão de vários dias. Está na hora do poder público de Joaçaba pensar num local adequado para estes eventos”.

Cimadon finalizou a entrevista esperando que tudo corra bem, mesmo manifestando a opinião contrária a realização do carnaval alternativo.

“ Nós rezamos para que evento seja bom e não nos cause transtorno nestes dias”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário