terça-feira, 28 de março de 2017

Indústria perde US$ 260 milhões com “Operação Carne Fraca”

Foto:Imagem ilustrativa/Internet
Com a suspensão dos embargos à carne brasileira, imposta por mercados mundiais depois da deflagração da “Operação Carne Fraca” da Polícia Federal, as indústrias do setor desenvolvem intensos esforços para recuperar o terreno perdido.

Os prejuízos são imensos e irreversíveis e, até o fim do ano, devem atingir 1 bilhão de dólares na esfera nacional, dos quais 260 milhões de dólares serão amargados pelas agroindústrias catarinenses, de acordo com o presidente da Associação Catarinense de Avicultura (ACAV) e diretor do Sindicato das Indústrias da Carne e Derivados de Santa Catarina (SINDICARNE) José Antônio Ribas Júnior. Essa cifra refere-se a queda nas receitas totais das empresas com o mercado interno e o mercado mundial. O mercado doméstico é prioridade das indústrias, pois absorve 80% da produção de todas as carnes.

Do dia 17 (data da opeação da PF) até esta semana, os prejuizos parciais já são avaliados em 200 milhões de dólares no plano brasileiro e em 40 milhões de dólares em Santa Catarina.

A queda nas exportações, que atingiu 99% nos primeiros dias, recuou para 19% nesta semana e deve entrar em lenta marcha de recuperação até dezembro. Mesmo assim, em razão do volume, as perdas no ano atingirão uma cifra bilionária.

China, Hong Kong, Egito, Chile e outros países retiraram as restrições, mas, o mercado ainda não retornou à normalidade. “Uma coisa é o país suspender o embargo, outra é voltar a comprar”, assinala o dirigente.

No primeiro semestre deste ano a redução das exportações será mais acentuada e o ano deve encerar com queda de 10% em faturamento e de 5% a 6% em volume. A cadeia da avicultura industrial catarinense responde por 26% da exportação brasileira.

Ribas destacou a segurança da indústria de processamento de carne. Enalteceu o papel do SIF (serviço de inspeção federal) e destacou que as plantas habilitadas a exportar recebem, a cada ano, cerca de 200 inspeções técnicas de missões estrangeiras.

Asseverou que Santa Catarina produz a melhor e a mais segura carne do planeta. As indústrias são as mais modernas e as condições sanitárias são as mais qualificadas, livre de febre aftosa sem vacinação e de outras doenças. “Ninguém vende para 150 países se não tiver qualidade e segurança”, enfatizou. Lembrou que, das 21 plantas brasileiras indiciadas pela Polícia Federal na operação Carne Fraca, apenas seis estavam vendendo ao mercado externo.

Os mercados não serão retomados automaticamente e exigirão muitos esforços das empresas e do governo. Os embarques não realizados e os preços impactados negativamente (muitos países importadores barganham redução em razão do desgaste que o episódio provocou) determinarão a queda de receita. Por isso, haverá uma fase de ajustes no setor produtivo e, possivelmente, muitas indústrias reduzirão o rítmo de produção e algumas darão férias coletivas.

O presidente da ACAV elogiou a atuação do ministro Blairo Maggi na defesa do setor.

Fonte: MB Comunicação Empresarial

Governo vai repassar mais de R$ 530 mil às Apaes da Região

Foto:Representante da Apae Joaçaba
O Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Regional de Joaçaba, celebrou Termo de Colaboração com as Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) de Água Doce, Capinzal, Catanduvas, Jaborá, Joaçaba e Vargem Bonita nesta segunda-feira, 27. Os documentos foram assinados pelo secretário executivo Rafael Laske e os presidentes das entidades.

As seis Apaes da Regional de Joaçaba, que juntas atendem aproximadamente 435 alunos, vão receber mais de R$ 530 mil em 2017, por meio do Fundo Social. “Os recursos serão destinados à manutenção das atividades e desenvolvimento pedagógico e são importantes para a qualidade dos serviços”, ressalta Laske.

Os repasses são mensais e o montante é distribuído de acordo com critérios como o número de alunos, estabelecidos pela Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) e pela Federação das Apaes de Santa Catarina.

Fundo Social

O Fundo Social é financiado com a colaboração de pessoas jurídicas que podem contribuir com até 6% do valor do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) mensal devido.

A maior parte do Fundo, 5%, é destinado para financiar programas e ações de desenvolvimento, geração de emprego e renda, inclusão e promoção social, no campo e nas cidades, inclusive nos setores da cultura, esporte e turismo. O restante, 1%, é reservado para as ações desenvolvidas pelas Apaes.

Valores previstos para 2017:

Apae Água Doce (46 alunos) – R$ 59,7 mil

Apae Capinzal (130 alunos) – R$ 158,1 mil

Apae Catanduvas (41 alunos) – R$ 54,4 mil

Apae Jaborá (37 alunos) - R$ 47,8 mil

Apae Joaçaba (150 alunos) – R$ 171,4 mil

Apae Vargem Bonita (31 alunos) – R$ 41,1 mil








Fonte: Assessoria de Imprensa

Técnicos da Coreia do Sul devem vir a SC para inspeção de carne suína

Segundo governo catarinense, missão ocorrerá entre 10 e 27 de maio.
Visita será início da última etapa de abertura do mercado sul-coreano.

(Foto: Agência de Notícias/Embrapa)
Em meio às ameaças nas exportações de carne suína e de frango em decorrência da Operação Carne Fraca, houve uma boa notícia para o estado neste área. Técnicos da Agência de Quarentena Animal e de Plantas da Coreia do Sul sinalizaram que vêm a Santa Catarina para fazer inspeção na produção da carne suína, informou o governo catarinense nesta segunda-feira (27). Essa vistoria deve ocorrer entre 10 e 27 de maio. A visita marcará o início da última etapa do processo de abertura do mercado sul-coreano aos produtos da suinocultura catarinense.

A delegação incluirá a equipe do Ministério da Segurança de Alimentos e Medicamentos do país asiático. Uma etapa já vencida do processo de abertura do mercado foi a inclusão, por parte das autoridades da Coreia do Sul, de Santa Catarina entre os países e regiões sub-nacionais com autorização de requisitos sanitários e com permissão de exportação de carne suína e produtos derivados.

“A confirmação da vinda desta missão chega em um momento muito importante para Santa Catarina e será uma grande oportunidade para comprovarmos aos sul-coreanos e ao mundo o nosso compromisso com a sanidade animal, com a fiscalização sanitária e com a qualidade dos nossos produtos”, afirmou o secretário de Estado de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond.

A informação sobre a inspeção foi encaminhada à Secretaria de Assuntos Internacionais de Santa Catarina pelo embaixador do Brasil na Coreia do Sul, Luiz Fernando de Andrade Serra, nesta segunda. Em 2016, os sul-coreanos já haviam sinalizado ao governador Raimundo Colombo (PSD) a intenção de comprar carne suína de Santa Catarina.

Fonte: G1/SC

Terça-feira é marcada por condições do tempo variadas nas regiões de SC

A terça-feira é marcada por condições do tempo variadas em Santa Catarina, com tempo seco de um lado do Estado e instável no outro. As temperaturas chegam a 31ºC no Oeste, 28ºC no Meio-Oeste e 27°C no Sul e na Grande Florianópolis. Na Serra, depois de um amanhecer frio, com 9°C em Urupema, a tarde deve chegar aos 24°C.

No Sul, Litoral, Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Norte, o dia será influenciado pela circulação marítima — ventos úmidos que sopram do mar em direção ao continente, sendo o responsável pela grande quantidade de nuvens nessas regiões e também por pancadas de chuva. 

Essa condição faz com que a terça-feira tenha tempo instável, ou seja, momentos de muitas nuvens que trazem uma ou outra pancada de chuva e também permitem aberturas de sol ao longo do dia. Cidades do Vale do Itajaí e da região Norte terão menores aberturas de sol nessa terça-feira.

Planalto Sul e Planalto Norte

Na região central do estado, a umidade do mar quase não chega e por isso o sol aparece entre nuvens. Há chance de chuva ao longo do dia, mas em pouquíssimas cidades dessa área.

Extremo-Oeste, Oeste e Meio Oeste

Os catarinenses que estão entre o Meio-Oeste e Extremo-Oeste do Estado a umidade do mar não chega e não influencia o tempo, por isso a previsão é de uma terça-feira com tempo seco, sem chuva e bastante sol nessas regiões.

Fonte: DC

Jovens são roubados e agredidos por 6 elementos na passarela Atílio Pagnonceli

Dois menores foram agredidos e tiveram pertences roubados quando caminhavam pela Passarela Atílio Pagnonceli, que liga Joaçaba a Herval d’Oeste. O fato aconteceu por volta das 23h20 desta segunda-feira, 27. Os autores do fato, seis maiores de idade, foram presos pela Polícia Militar.

A guarnição realizava rondas quando se deparou com dois menores, que ao avistarem a viatura pediram por socorro. Ambos estavam machucados e relataram ter sido agredidos e roubados por seis pessoas quando estavam na passarela. Os autores do fato tentaram jogar as vítimas no Rio do Peixe, mas eles se seguraram no para-peito da passarela para não cair, em seguida conseguiram fugir correndo e pedir ajuda.

A vítima de 14 anos teve um tênis, uma regata, um casaco moleton e um par de meia roubados. A segunda vítima, de 16 anos, teve dois colares roubados. Os menores apresentavam diversas lesões pelo corpo provenientes de chutes e socos dos autores do fato.

Diante das informações das vítimas, com apoio do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) e demais viaturas, a PM iniciou as busca pelos autores do fato, sendo que foram localizados próximo ao Colégio Frei Rogério e ao avistarem a viatura se dispersaram, correndo e pulando muros, sendo abordados em seguida. Felipe Ferreira dos Santos, 19 anos, Joel Aparecido de Jesus, 18 anos e Wesley Ivan dos Anjos de Jesus, 21 anos, foram abordados na Rua Sigmundo Wesoloski, enquanto Dirceu Alves Mariano, 36 anos e Esmalher Miranda Poster, 19 anos, foram abordados na Rua Manoel Quintilhan Morgade. Esmalher Miranda Poster calçava o tênis da vítima e estava com o colar de pedra no pescoço no momento da abordagem, ambos objetos do roubo. O casaco de moleton foi encontrado na mata, próxima do local da abordagem.

As vítimas reconheceram os objetos como sendo seus e também reconheceram os autores do fato, sendo que, segundo eles, ainda um sexto autor se evadiu antes das guarnições chegarem.

Os autores do fato foram conduzidos à delegacia de Joaçaba. Uma das vítimas foi atendida pelos Bombeiros e conduzido ao hospital para atendimento médico.

Fonte: Éder Luiz

segunda-feira, 27 de março de 2017

Adolescente fica inconsciente após ser agredido em Joaçaba

Foto:Colaboração do leitor
Um adolescente ficou inconsciente após ser agredido por outro jovem durante uma briga na tarde desta segunda-feira (27) na Avenida Santa Terezinha, centro de Joaçaba. A confusão aconteceu por volta das 17h30min em frente a Igreja Matriz, e mobiliou as guarnições da Polícia Militar.

A vítima, de 17 anos, foi atendida pelos Bombeiros e conduzida ao Hospital Universitário Santa Terezinha com ferimento na boca e edema na cabeça. Quando recobrou a consciência, não lembrava do que aconteceu.

O agressor, de 18 anos, foi detido pelos policiais e encaminhado à Delegacia para os procedimentos. O rapaz possui inúmeras passagens pela polícia.

Fonte: Caco da Rosa

Motoqueiro fica ferido durante acidente no centro de Campos Novos

O Corpo de Bombeiros de Campos Novos e o SAMU atenderam na tarde desta segunda-feira (27) um acidente de trânsito na R. Cel. Farrapo, centro, envolvendo uma motocicleta Honda/CG 125 de Campos Novos e um VW/Gol de Pato Branco – Paraná. O motoqueiro teve algumas escoriações e foi socorrido e encaminhado ao Hospital Dr José Athanáziopela equipe dos bombeiros. A Polícia Militar esteve no local e realizou o boletim de ocorrência de acidente de trânsito.

Fonte: Rádio Cultura

Gastou dinheiro e mentiu para esposa e polícia que foi assaltado

Foto:Polícia Militar/Divulgação
Um jovem de 23 anos resolveu simular um assalto para justificar para a esposa um gasto de dinheiro com bebidas na última semana em Ponte Serrada. O caso ocorreu ainda na noite de quinta-feira, dia 23, mas foi revelado pelas autoridades na manhã desta segunda-feira, dia 27.

O rapaz alegou à Polícia Militar que sofreu um assalto. De acordo com ele, estava sentado na Praça da Igreja Matriz quando um veículo parou e o chamou. O jovem relatou ter sido levado para um bairro da cidade, onde teria sofrido o roubo de R$ 60. Além disso, afirmou que os autores o atiraram do carro, sofrendo lesões no joelho esquerdo e na coluna.

Mas a história não passou de uma invenção. Depois de levado à delegacia, o rapaz confessou ter inventado a situação porque havia saído com amigos e gasto R$ 60 com a compra de cervejas. Sem saber o que dizer à esposa, resolveu arquitetar a história do roubo.

Ainda conforme o jovem, os amigos seriam todos do município de Xaxim. Ele não informou os endereços e nem os nomes, mas relatou conhecê-los desde a época em que trabalhava em um frigorífico no município. O grupo teria se encontrado na praça e saído para beber.

Fonte: Oeste Mais

“Carne Fraca”: novo presidente da Comissão de Agricultura da Câmara recebeu doação de investigado

Conduzido coercitivamente pela PF, empresário financiou campanha de Sérgio Souza (PMDB); nos grampos, fiscais falam em “muito dinheiro”

Dois antigos colegas da bancada ruralista veem-se cada vez mais enroscados nos grampos da Operação Carne Fraca. Um deles, Sérgio Souza (PMDB-PR), foi eleito nesta quinta-feira – e por unanimidade – presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara – um dos principais bunkers ruralistas do país. O outro é Osmar Serraglio, agora ministro da Justiça.

Ambos são do Paraná – onde foram deflagradas as recentes investigações sobre frigoríficos. Estado que possui uma das mais fortes bancadas ruralistas do Congresso. Ex-senador, Souza não declarou bens rurais à Justiça Eleitoral, em 2014. De R$ 2,2 milhões que ele recebeu de financiamento de campanha, porém, mais de R$ 400 mil vieram de empresas – ou donos de empresas – do agronegócio.

De Olho nos Ruralistas conferiu a lista dos doadores para essa campanha de Souza e constatou que o sexto maior doador foi Valdecio Antonio Bombonatto, presidente da Fortesolo, com R$ 50 mil. Ele o irmão Almir Jorge Bombonatto foram conduzidos coercitivamente pela PF, no dia 17, para prestar esclarecimentos. A doação para Souza – dentro da legalidade – foi a maior feita por Bombonatto nas eleições de 2014.

Os dois irmãos foram flagrados em conversas com Daniel Gonçalves Filho, então superintendente do Ministério da Agricultura, considerado pela PF o “líder da organização”. Segundo a Gazeta do Povo, a Fortesolo fez pagamentos “suspeitos”, entre 2012 e 2014, para a Dalchem Gestão Empresarial, que pertenceria, na prática, a Gonçalves Filho.

Outro investigado da Carne Fraca que contribuiu financeiramente para a campanha eleitoral de Sérgio Souza foi seu ex-chefe de gabinete, Ronaldo Troncha. Ele também foi alvo de condução coercitiva, na última sexta-feira. Em 2014, doou R$ 12 mil para a campanha do futuro chefe – ele comandou o gabinete do peemedebista entre abril de 2015 e agosto de 2016.

Uma das linhas de investigação da PF é a hipótese de que o esquema de propinas a fiscais arrecadaria fundos para PMDB e PP.

UM NOME QUE REAPARECE

Osmar Serraglio voltou a ser alvo de acusações na Carne Fraca após ter sido retirado de cena pelo Planalto. Já na última sexta-feira (17/03), primeiro dia da operação, ele aparecia em grampo da Policia Federal chamando Gonçalves Filho de “grande chefe”. Agora o ministro teve seu nome citado por uma das fiscais presas preventivamente na semana passada – e figura central no esquema investigado.

“O Speraficos não é o velhinho que está conosco?”, indaga fiscal. “Não, esse é o Serraglio”

Em interceptação telefônica, feita pela PF com autorização judicial em 1º fevereiro de 2016, divulgada pelo Estadão, Maria do Rocio Nascimento, chefe do Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal, indaga sobre a lealdade política de Serraglio, na época deputado federal (PMDB-PR). O grupo é acusado pela PF de fraudar a fiscalização nos maiores frigoríficos do país, além de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.

Maria conversa com Flavio Evers Cassou, ex-servidor do governo paranaense – transferido para o Ministério da Agricultura – e funcionário da Seara, também preso preventivamente. Ela reclama de uma proposta do deputado federal Dirceu Speraficos (PP-RS) que trata da fiscalização de cargas animais: “Pô, mas o Speraficos? O Speraficos não é o velhinho que está conosco?”, indaga Maria. “Não, esse é o Serraglio”, completa ele. “Esse Dirceu Speraficos é um fodido”.

QUEM DEFENDIA O “GRANDE CHEFE”?

Na tarde de segunda-feira (20), a senadora Katia Abreu (PMDB-TO), disse na tribuna do Senado que foi pressionada por dois políticos do PMDB – quando era ministra da Agricultura – para não demitir Daniel Gonçalves Filho, ex-superintendente do Ministério da Agricultura no Paraná, segundo a PF “o grande chefe”. Um dos deputados era Serraglio, confirmou a senadora ao G1. O outro era o deputado federal Sérgio Souza.

As acusações da senadora confirmam o conteúdo dos grampos. Souza foi o primeiro deputado a sair em defesa do ministro da Justiça assim que o grampo do “grande chefe” foi revelado. “Não vejo nada de errado nessa gravação. Nenhuma vírgula de errado. As pessoas conversam com pessoas. Isso é normal”, disse o parlamentar.

O Estadão conta que Souza teve seu nome citado em grampo da PF interceptado no dia 11 de abril de 2016, numa conversa entre Gil Bueno de Magalhães e um interlocutor da Cooperativa Agroindustrial Castrolanda, em Castro (PR). Na conversa, eles dizem que Souza tinha recebido “muito dinheiro” do Daniel Gonçalves Filho e afirmam que o deputado estaria com o “rabo preso”:

Francisco: Gil, aquele, aquele Sérgio Souza, pelo que me falaram, ele tá, ele tá a favor do PT nessa história do impeachment, impeachment?

Gil: Hã han. Tá ele recebe, ele recebeu muito dinheiro do suspenso aí (referência ao fiscal Daniel Filho, que na época havia sido suspenso pelo Ministério da Agricultura)

Francisco: Ah…ah, ele tá com o rabo preso

Gil: É (ininteligível) com ele é, entende?

Francisco: Humm

Gil: Então eu não sei o que ele vai

Francisco: Tá louco, quem escapa hoje em dia não?

Gil: É, é complicado, tá?

Francisco: É

A conversa aconteceu na véspera da votação do impeachment na Câmara. O governo tentava conseguir votos do PMDB para frear o processo. (Alceu Luís Castilho e Cauê Ameni)




Fonte: Abraçosc/Estadão

Carreta pega fogo próximo ao trevão de Irani

Foto:Bombeiros Voluntários de Irani/Divulgação
O Corpo de Bombeiros Voluntários de Irani foi acionado para atender um incêndio em carreta por volta das 10h40min desta segunda-feira (27) na BR-282, próximo ao Trevão de Irani.

A guarnição se deparou com o veículo, placas MAO-6981 de Ipumirim, em chamas, sendo utilizado cerca de 5 mil litros de água para combater o incêndio.

O motorista, de 41 anos, relatou que o fogo teria iniciado em um dos rodados. Ele conseguiu tirar o cavalo mecânico, evitando prejuízos maiores.

A pista ficou bloqueada por 30 minutos para que os Bombeiros realizem o trabalho em segurança.



Fonte: Caco da Rosa

Motorista fica ferido em acidente na BR 470 em Campos Novos

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU de Campos Novos atenderam nesta segunda-feira (27), por volta das 9h30 na BR 470 uma saída de pista seguida de capotamento de um veículo Furgão HYUNDAI/HR HDB de Capinzal, conduzido por um jovem de 20 anos. 

O motorista perdeu o controle da direção e acabou capotando o veículo na rodovia. O motorista sofreu algumas escoriações e foi socorrido e encaminhado pela equipe do SAMU ao Hospital Doutor José Athanasio. O acidente ocorreu nas proximidades do trevo de acesso ao distrito de Ibicuí. O local ficou sob os cuidados da Policia Rodoviária Federal.

Fonte: Rádio Cultura

Bandidos invadem casa, atiram contra família e ateiam fogo em escritório de advocacia

Uma tentativa de latrocínio aconteceu no domingo, 21h20, em Chapecó. Segundo a Polícia Militar, na ação, quatro homens armados invadiram uma residência na rua Aqulies Tomazelli – bairro Santa Maria, proximidades do Hospital Regional do Oeste.

Os bandidos agrediram familiares, causando lesões corporais em um homem e uma mulher, alvejaram com disparos de arma de fogo o proprietário da casa e uma mulher, além de atearam fogo no Escritório de advocacia que fica anexo à casa.

Na fuga, os suspeitos levaram a Camioneta Hyundai IX35 placas de Chapecó-SC e objetos da casa. Já as vítimas foram socorridas ao Hospital Regional do Oeste (HRO) para atendimento médico.

Foram iniciadas as diligências e, por volta meia-noite, localizada abandonada a Camionete IX35, no Bairro Pinheirinho. Com base em informações de populares, de que um dos envolvidos havia sofrido queimaduras, a Central Regional de Emergência fez contato com os Hospitais e Unidades de Pronto Atendimento de Chapecó e municípios vizinhos para saber se alguém com queimaduras havia procurado atendimento médico. Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) foi identificado um adolescente de 17 anos, que havia sido medicado e liberado.

Por volta das 4h desta segunda-feira, foi apreendido o adolescente e, na sequência, foram detidos mais três homens, dois de 21 anos e um de 23 anos, suspeitos de participação.

As prisões foram realizadas no Bairro Pinheirinho e na Vila Real. As armas utilizadas no crime foram localizadas e apreendidas, sendo um revólver calibre .38 com 7 munições intactas e uma espingarda calibre .12 com 13 munições intactas.

Os envolvidos, armas e o veículo foram conduzidos à Central de Plantão Policial para as providências cabíveis.

De acordo com a Polícia Militar, a espingarda calibre 12 usada no crime foi roubada no dia 09 de fevereiro deste ano, em um roubo em residência na Vila Zonta, em Chapecó.

Como foi a prisão dos envolvidos

O adolescente de 17 anos foi apreendido pela PM em uma casa no bairro Pinheirinho.

Em outra casa, na mesma rua, foi localizada a calibre 12 e as munições, também preso um homem de 21 anos. Ele negou participação no roubo, mas confessou que guardou a arma para seu cunhado (homem de 21 anos, preso nas proximidades, na rua São Pedro).

No Bairro Vila Real foi preso um homem de 23 anos, que também participou do roubo. Esse estava foragido desde 23/01/2017 da Penitenciária. Também havia um mandado de prisão em aberto por tráfico. Com ele foi localizado um revólver calibre.38, municiado com 6 munições intactas e mais uma sobressalente.

Fonte: Rádio Chapecó

Polícia prende mãe de bebê que morreu com sinais de agressão em Capinzal

Foto:Rádio Capinzal/Divulgação
A Polícia cumpriu na manhã desta segunda-feira (27) mandado de prisão preventiva expedido pelo Poder Judiciário da Comarca de Capinzal em desfavor da jovem de 22 anos, mãe do bebê de dois meses que morreu com sinais de agressão na madrugada de domingo no Loteamento Parizotto. A jovem será encaminhada ao Presídio Regional de Joaçaba.

O delegado, José de Castilho, explica que a prisão da jovem se deve aos indícios de que ela teria alguma relação com o crime. Vizinhos relataram que a criança já estava chorando por volta das 23h, sendo inclusive ligado para a Polícia Militar. O bebê teria parado de chorar por volta da uma hora e, em seguida o casal teria até mesmo saído de casa.  

Castilho informou que a Polícia aguarda o laudo cadavérico para saber se as agressões ocorreram na noite e madrugada do crime. No depoimento, o pai da criança, que foi preso em flagrante na manhã do domingo, afirmou que em momento algum agrediu o filho e que a responsável seria a mãe que ficava mais tempo com o recém-nascido.

Relembre

A morte do bebê de dois causou comoção e revolta na população capinzalense. O fato ocorreu na Rua Romeu Gasser, no Loteamento Parizotto. A mãe afirma ter ido para a cama por volta das 2h da manhã e deixado a criança com o pai, de 21 anos. Por volta das 4h, o jovem acordou a esposa dizendo que o filho não tinha mais sinais de vida. A mulher pediu socorro aos pais, que residem nas proximidades, e eles encaminharam o neto até a emergência do Hospital Nossa Senhora das Dores, onde foi confirmado o óbito. O pai não quis acompanhar o socorro do filho e foi preso pela Polícia Militar às 6h30min na Vila Sete de Julho, quando se deslocava de carro para o hospital.

Peritos do IGP teriam localizado vestígios de sangue no carrinho da criança e no tanque da casa. O material passará por exames mais apurados. O médico legista confirmou que a causa morte do bebê foi traumatismo crânio-encefálico e que não violência sexual.

Fonte: Jardel Martinazzo/Rádio Capinzal

Semana começa com aberturas de sol e pancadas isoladas de chuva

Foto:Imagem ilustrativa
A semana começa com aberturas de sol e pancadas isoladas de chuva à tarde do Oeste ao Planalto. No Litoral e Vale do Itajaí permanece a condição de mais nuvens e chuva fraca e ocasional. A temperatura estará amena em boa parte do Estado, mais alta no Oeste.

Conforme a previsão do setor de meteorologia da Epagri/Ciram, de terça a quinta-feira a condição é de tempo mais seco com sol e poucas nuvens em boa parte de Santa Catarina. Condições de chuva fraca e chuviscos apenas no Litoral e Vale do Itajaí, especialmente no início do dia e período noturno, devido a circulação marítima. A temperatura segue amena, mais alta no Oeste devido à ausência de nebulosidade.

Fonte: Epagri/Ciram

Menino de 10 anos é atropelado ao entrar com bicicleta em rodovia

Um menino de 10 anos ficou ferido ao ser colhido por um Ford Ka na tarde deste domingo (26) na SC-135, próximo a Comunidade de São Simão, interior de Campos novos. Segundo relato do avô, a criança brincava com a bicicleta na estrada que dá acesso a fazenda, quando entrou na rodovia cortando a frente do carro.

A vítima foi socorrida pela família e conduzida ao Hospital Dr. José Athanásio, e em seguida transferida para o Hospital Universitário Santa Terezinha de Joaçaba para exames mais detalhados.

O motorista prestou permaneceu no local e colaborou na prestação de socorro. A Polícia Militar confeccionou o Boletim de Acidente de Trânsito com lesão corporal.

Fonte: Caco da Rosa