sexta-feira, 19 de julho de 2019

Polícia Militar de SC abre inscrições para concurso com 1 mil vagas de soldados

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) publicou um edital e abriu inscrições, nesta segunda-feira (24), para o preenchimento de 1 mil vagas para soldados. Os interessados podem se inscrever até o dia 22 de julho pela internet.  A taxa custa R$ 180. O salário pode chegar a R$ 4.845,82. São 800 vagas para homens e 200 para mulheres. Os candidatos devem ter idade a partir de 18 e menos de 30 anos; estatura mínima de 1,60m para mulher e 1,65m para homem. É preciso ter nível superior em qualquer área do conhecimento, além dos demais requisitos previstos no edital.

Segundo o documento, as vagas serão distribuídas após o curso de formação de soldados, que poderão ser lotados em qualquer município onde tenha a Organização Policial Militar (OPM) da PMSC.

O prazo de validade do concurso é de dois anos, a contar da data da publicação da homologação de seu resultado final e pode ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.

Fonte: G1/SC.

Campos Novos registra uma morte por Gripe A e possui mais dois casos

Um novo caso registrado em Campos Novos de paciente com Gripe A (H1N1) foi confirmado nesta semana (17) ao jornalismo da Simpatia FM pela enfermeira responsável pela Vigilância Epidemiológica de Campos Novos Franciele Osório de Moraes. Trata-se de um bebe de 4 meses e faz parte do grupo de risco, pois apresentava imunodeficiências, visto que também nasceu prematuramente. O bebê ficou internado no Hospital Dr. José Athanázio, recebeu a medicação indicada paras as primeiras horas do aparecimento dos Sintomas e após a coleta do material para exame foi transferido para a UTI de Concordia, onde apresenta quadro clinico estável.

No primeiro caso registrado em Campos Novos a paciente, uma mulher de 71 anos, evoluiu para óbito, em virtude das complicações da doença.

 A enfermeira Franciele Osório de Moraes informou ainda que houve o registro de outros dois casos suspeitos, que tiveram resultados negativos após a análise laboratorial que é realizada pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (LACEN-SC).

De acordo com Franciele Osório de Moraes, houve contato com a regional de saúde, com objetivo de verificar a disponibilidade de mais vacinas para atender a demanda dos pacientes que são dos grupos de riscos, porém, a resposta foi negativa.

A orientação para quem ainda não fez a vacina, é que faça a imunização nos laboratórios particulares que ainda tem doses disponíveis.

O setor de vigilância epidemiológica de Campos Novos ressalta que o perfil dos casos mostra a importância de a população procurar o serviço de saúde mais próximo de casa aos primeiros sinais e sintomas de gripe para o tratamento adequado, em especial os portadores de fatores de risco para agravamento e óbito (idosos, crianças, doentes crônicos, entre outros.).

Conforme o relatório da Diretoria de Vigilância Epidemiológica

Até o dia 12 de julho de 2019, do total de casos de SRAG (síndrome respiratória aguda grave) notificados, 122 evoluíram para óbito. Destes, 25 (20,5%) foram confirmados por Influenza, sendo 22 (88,0%) pelo subtipo A (H1N1) pdm09 e 02 (8,0%) pelo subtipo A (H3N2).  Outros 88 (72,1%) óbitos tiveram resultado negativo para os vírus Influenza A e B, sendo classificados como SRAG não especificada, 09 (7,4%) por outros vírus respiratórios.

Os óbitos confirmados por SRAG (síndrome respiratória aguda grave) Influenza acometeram pacientes residentes em: Joinville e Jaraguá do Sul com 3 casos cada; Blumenau, Chapecó, São Bento do Sul e Tubarão com 2 casos cada; Alfredo Wagner, Balneário Camboriú, Biguaçu, Brusque, Campos Novos, Canoinhas, Florianópolis, Guabiruba, Palhoça, São Francisco do Sul e São João Batista com 1 caso cada.

Em relação à faixa etária, houve 2 casos de 30 a 39 anos; 4 casos em pessoa de 40 a 49 anos; 7 casos entre 50 a 59 anos e 12 casos em pessoas acima de 60 anos.

Prevenção

Algumas medidas de prevenção para evitar a gripe são recomendadas como higienizar as mãos com água e sabão ou com álcool gel, principalmente depois de tossir ou espirrar;

Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies potencialmente contaminadas (corrimão, bancos, maçanetas etc);

Hábitos de alimentação saudáveis, com ingestão de líquidos e realização de atividades físicas.

FONTE: GIRO DE NOTÍCIAS – Jornalismo Simpatia FM

Petrobras reduz preço da gasolina em 2,14% e diesel em 2,15% na sexta

A Petrobras informou nesta quinta-feira (18) que reduziu em 2,14% o preço da gasolina e em 2,15% o do diesel para esta sexta (19), nas refinarias. Com o anúncio, o preço médio do litro da gasolina passará de R$ 1,6817 para R$ 1,6457 e, o do diesel, passará de R$ 2,0649 para R$ 2,0205.

As informações constam em site da empresa, no qual a petroleira detalha preços praticados nos 37 pontos de suprimento do mercado brasileiro, para a gasolina, o diesel S10 e o diesel S500.
No site, a empresa informou reduções médias de preço de R$ 0,0360 por litro de gasolina e de R$ 0,0444 por litro de diesel.

Em 8 de julho, a Petrobras reduziu em 4,4% o preço da gasolina e em 3,8% o preço do diesel. Em 1º de julho a companhia informou nova revisão na periodicidade de reajustes nos preços dos combustíveis, que passarão a ser realizados sem prazo definido.

Há quase dois meses, a empresa já tinha anunciado mudanças, novamente, em seu formato de divulgação de reajustes nos preços de gasolina e diesel. Em meio à retomada do debate nacional sobre os preços praticados pela estatal, frente às ameaças de uma nova greve dos caminhoneiros, a estatal passou a divulgar em seu site preços praticados pela empresa, à vista, nos 37 pontos de suprimento do mercado brasileiro.

Desde a adoção de novo formato na política de ajuste de preços em 2017, a gasolina acumula alta de 25,79% de preço, nas refinarias. Já o diesel acumula aumento de 48,93%

Fonte: G1.

Cinco novas empresas irão instalar seus empreendimentos em Erval Velho

Imagem ilustrativa/Internet
O município de Erval Velho por meio da prefeitura, assinou nesta semana os contratos de concessão de terrenos para mais cinco empresas que irão se instalar no Distrito Industrial da Gruta.

Segundo informações da prefeitura, as cinco novas concessões vem a integrar uma relação de outras quatorze empresas que receberam o mesmo incentivo para implantarem seus empreendimentos no município e as empresas já instaladas no município geram 161 empregos diretos e no ano de 2018 o movimento econômico ultrapassou RS 40 Milhões.



Fonte: Prefeitura Municipal de Erval Velho.

Bolsonaro anuncia inclusão de autistas no Censo 2020


O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (18), em sua conta oficial no Twitter, que sancionou a lei que obriga a inclusão, no censos demográficos, de informações específicas sobre pessoas com autismo. Atualmente, não existem dados oficiais sobre as pessoas com transtorno do espectro autista (TEA) no Brasil.

"Atendendo à necessidade da comunidade autista no Brasil e reconhecendo a importância do tema, sancionamos hoje a Lei 13.861/2019 que inclui dados específicos sobre autismo no Censo do IBGE. Uma boa tarde a todos!", tuitou Bolsonaro.

A expectativa inicial era que presidente vetasse o texto e tentasse incluir eventuais questionamentos sobre os autistas na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). Pelo Twitter, Bolsonaro chegou a compartilhar, na semana passada, um vídeo da presidente do Instututo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Susana Guerra, em que ela defendia a inclusão dos autistas na PNAD e não no censo demográfico.

Os dois levantamentos são organizados pelo IBGE, mas o censo é realizado a cada dez anos e apura a totalidade dos dados demográficos. Nesta quinta-feira pela manhã, no Palácio do Alvorada, o presidente chegou a dizer, a um grupo de pessoas que pediam a sanção do projeto, que seguiria a orientação de sua equipe, favorável ao veto.

Autismo

O Transtorno do Espectro Autista resulta de uma desordem no desenvolvimento cerebral e engloba o autismo e a Síndrome de Asperger, além de outros transtornos, que acarretam modificações na capacidade de comunicação, na interação social e no comportamento. A estimativa é que existam 70 milhões de pessoas no mundo com autismo, sendo 2 milhões delas no Brasil.

Fonte: Agência Brasil.

Número de casos de dengue em SC passa dos 1,5 mil neste ano

O número de casos de dengue em Santa Catarina chegou a 1.573 em 2019. Três municípios, todos no Litoral Norte, seguem com situação de epidemia da doença: Itapema, Camboriú e Porto Belo, conforme o boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) divulgado nesta quinta-feira (18). A quantidade representa crescimento de 2.867% em relação ao mesmo período ao ano passado, quando o estado tinha 53 casos de dengue.

Santa Catarina também registrou 24 casos de febre de chikungunya. O estado não teve paciente com vírus da zika neste ano. As três doenças são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Fonte: G1/SC.

58% reprovam e 15% aprovam as políticas do governo na educação, aponta pesquisa

Uma pesquisa obtida com exclusividade pelo G1 aponta que 58% dos entrevistados reprovam e 15% aprovam a atuação do governo federal na área de educação. Para 60%, a qualidade da educação no país é ruim ou péssima e 10% a consideram regular ou boa.

O levantamento, feito em junho pela organização Todos pela Educação e pelo grupo Ideia Big Data, tem abrangência nacional e margem de erro de 3,15% para mais ou para menos. As perguntas foram aplicadas via telefone fixo ou celular. O nível de confiança é de 95%.

Os dados também indicam que as pautas que estiveram em debate nos primeiros meses de gestão do governo Bolsonaro são prioridade para a minoria dos entrevistados. Filmar professor em sala de aula, evitar "doutrinação", focar em educação domiciliar e ampliar as escolas militares é importante para 6% deles.

A maioria (52%) apontou que a prioridade do governo deveria ser ampliar vagas em creches, combater o analfabetismo e melhorar o salário e o trabalho dos professores (leia o detalhamento mais abaixo).

A regulamentação do ensino domiciliar era uma das metas prioritárias dos 100 primeiros dias de governo Bolsonaro. Após 200 dias de governo, o projeto de lei ainda precisa tramitar no Congresso para entrar em vigor.

Já a construção de 4,9 mil creches até 2022 está entre as metas do Ministério da Educação, que divulgou há uma semana o Compromisso Nacional pela Educação Básica. O documento também traz o objetivo de estabelecer trilhas de formação de professores até 2020, por meio de "cursos de ensino à distância com a disponibilização e materiais de apoio e disponibilização de recursos". Outro objetivo é implementar 108 escolas cívico-militares até 2023.

"Se olharmos bem, as medidas até então destacadas pelo governo impactam uma parte muito pequenas dos 48 milhões de estudantes da Educação Básica", diz Priscilla Cruz, presidente-executiva do Todos pela Educação.

"É interessante destacar nessa pesquisa o amadurecimento da população brasileira em relação a quais são os principais desafios da educação brasileira, os resultados que se esperam e onde o governo precisa investir de fato", analisa.

"Isso tem a ver com o aumento da conscientização não só da importância da educação em si, como dos caminhos que precisamos trilhar para chegarmos lá. Além disso, a população sente na pele todos os dias as dores de não ter uma Educação de qualidade. Ou seja, quando as pessoas colocam primeira infância, creche, alfabetização, Ensino Médio como temas que merecem total atenção do Governo é porque percebem que a vida de seus filhos, das crianças e jovens da comunidades em que vivem são profunda e positivamente afetadas quando o resultado é de aprendizagem dos alunos. Isso mostra como a Educação tem de estar a serviço da população para resolver seus reais problemas", afirma Cruz.

Ações do governo na educação

Entre os que reprovam a atuação do governo na área, 38% consideraram as condutas ruins e 20% as consideraram péssimas. Entre os que aprovam, 10% acharam que elas são boas e 5%, que são ótimas. Outros 20% consideraram as ações regulares e 7% disseram não sabem ou não responderam (veja mais no infográfico abaixo).

Ações prioritárias

A pesquisa também perguntou para os entrevistados quais deveriam ser as prioridades do governo na educação.

A maioria apontou que a prioridade do governo deveria ser ampliar vagas em creches e melhorar a qualidade (22%), combater o analfabetismo (15%) e melhorar o salário e o trabalho dos professores (15%).

Apenas 1% dos entrevistados consideram prioridade incentivar os alunos a filmarem os professores; 1% acha prioridade trabalhar para acabar com a doutrinação na sala de aula; 2% destacaram a educação domiciliar (homeschooling); e 4% responderam que seria a ampliação das escolas militares no país.

Para 9% dos entrevistados, a prioridade deveria ser melhorar o ensino médio no país. E 6% afirmaram que o foco deveria ser investir mais recursos na educação básica.

Confira abaixo os dados por item:

  • Ampliar vagas em creche e melhorar a qualidade: 22%
  • Combater o analfabetismo: 15%
  • Melhorar os salários e o trabalho dos professores: 15%
  • Melhorar o Ensino Médio do país: 9%
  • Ampliar o tempo que os alunos passam na escola: 7%
  • Melhorar a formação dos professores: 7%
  • Melhorar a infraestrutura das escolas: 7%
  • Investir mais recursos na educação básica: 6%
  • Ampliar o número de escolas militares no país: 4%
  • Melhorar a gestão de recursos para a educação básica: 4%
  • Homeschooling: 2%
  • Trabalhar para acabar com a doutrinação na sala de aula: 1%
  • Incentivar os alunos a filmarem seus professores: 1%

"O fato do professor aparecer com tanta força nessa pesquisa revela um entendimento muito grande da população brasileira em relação a qual deve ser a espinha dorçal de uma Educação de mais oportunidades para todos: os docentes", afirma Priscilla Cruz.
Qualidade da educação

A pesquisa também quis saber a opinião dos entrevistados sobre a qualidade do ensino no Brasil nos últimos 10 anos. Para a maioria (47%), a educação piorou na última década. Para 13%, melhorou.
Entre os que consideram que a qualidade da educação caiu, 22% dizem que ela piorou consideravelmente e 25% dizem que piorou um pouco. Para 36%, ela não melhorou, nem piorou. Outros 11% disseram que melhorou um pouco e 2% avaliaram que melhorou consideravelmente. 4% não souberam ou não opinaram.

Perfil da amostra

A pesquisa feita pela Ideia Big Data ouviu 1.720 pessoas. O levantamento tem abrangência nacional e margem de erro de 3,15% para mais ou para menos.

Dos entrevistados, 63% têm 35 anos ou mais, 22% têm entre 25 e 35 anos e 15% têm de 18 a 24 anos; 52% são do sexo feminino e 48% do sexo masculino.
Além disso, 55% têm até o ensino fundamental completo; 30% têm o ensino médio completo e 15% têm o ensino superior.

Por região, 43% dos entrevistados são do Sudeste, 27% do Nordeste, 14% do Sul, 8% do Norte e 8% do Centro-Oeste.

Fonte: G1.

Governo injeta R$ 216,6 milhões na economia catarinense com primeira parcela do 13º

 O Governo do Estado paga nesta sexta-feira, 19, a primeira parcela do 13º salário aos servidores estaduais. A medida irá injetar R$ 216.673.352,70 na economia catarinense e atende a 149.088 servidores civis e militares da administração direta, autarquias e fundações do poder Executivo, além de pensões previdenciárias. O valor corresponde a 25% da gratificação e foi definido após criteriosa análise da viabilidade financeira das contas estaduais.

“O Governo catarinense é um dos primeiros do país a efetuar o adiantamento do 13º salário. Desde que assumimos, adotamos medidas de austeridade para melhor aplicação dos recursos públicos”, disse o governador Carlos Moisés.

A segunda parcela, com mais 25% da gratificação natalina, será paga no dia 19 de agosto. A terceira e última parte será quitada até dia 17 de dezembro, conforme o cronograma divulgado no início de 2019. De acordo com o artigo 87 da Lei no 6.745, de 28 de dezembro de 1985, que regulamenta o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de Santa Catarina, a gratificação natalina deve ser paga no mês de dezembro de cada ano e seu valor será calculado proporcionalmente aos meses de efetivo exercício.

Essa antecipação foi possível graças às medidas de contingência e de reformulação administrativa que o Governo vem adotando, tanto para gerar economia como para restituir ao tesouro os recursos devidos ao Executivo. Além de combater a sonegação e promover o incremento na arrecadação, sem aumentar impostos.

Para dimensionar o esforço do atual governo em provisionar os recursos necessários à antecipação do 13º salário, é importante ressaltar que, apenas em dívidas de financiamentos obtidos anteriormente, serão pagos, neste ano, um total de R$ 2,4 bilhões. Em 2018, esse valor foi de R$ 1,805 bilhão, enquanto em 2017, essa quantia não superou os R$ 1,264 bilhão. Destacando, ainda, a cobertura do déficit previdenciário, que superará em 2019 os R$ 3,9 bilhões.

Fonte: Michel Teixeira.

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Programa Troca-Troca de sementes de milho já está disponível em Erval Velho

O programa Troca-Troca de Sementes de Milho já está disponível no município de Erval Velho, o qual prevê um subsídio parcial da semente que o produtor adquirir.

Em contato com o gerente da Copérdia de Erval, Juliano Zimmermann. relatou que o subsídio varia de R$50 a R$110 reais dependendo a categoria da semente escolhida pelo agricultor e com prazo até 30 de abril de 2020 para realizar o pagamento.

Quem pode adquirir as sementes pelo Troca-Troca?

Todos os produtores rurais que possuem blocos de produtor e que estejam com sua DAP (Declaração de Aptidão ao Pronaf) ativa.

Procedimentos para aquisição das sementes

Para adquirir as sementes, o produtor precisa se deslocar até a EPAGRI de Erval Velho, solicitar a autorização para posteriormente retirar as sementes na Copérdia, a qual estará orientando os agricultores na escolha da semente que melhor se adapta em sua propriedade para consequentemente gerar mais rentabilidade ao produtor.

Juliano ressalta que o troca-troca é um programa muito bom, pois traz muitos benéficos para os produtores.

Por: Yuri Ferrari/Rádio Erval FM.

Saída de pista, seguida de capotamento é causada por ultrapassagem irresponsável na SC 355

O motorista de um Caminhão Mercedes Benz, com mais de 50 anos na profissão, para evitar um acidente com veículos de passeio, acabou saindo da pista e capotando na SC 355 entre Fraiburgo e Lebon Régis, por volta das 12h00 desta quarta feira, (17/07).

O acidente aconteceu pouco antes da Vila Reflor, quando o motorista foi ultrapassado forçadamente por um veículo o qual obrigou o condutor fraiburguense a sair da pista, tombando em seguida, devido a movimentação da carga de eucalipto.

O caminhão ficou com a carga espalhada e danos de grande monta na cabine, porém, o motorista saiu ileso e permaneceu no local.

O filho do condutor, mora próximo ao local do acidente e se preparava para almoçar, quando correu para prestar socorro e encontrou o pai envolvido no acidente.

“Sofri o acidente, meu caminhão ficou destruído, mas se algo tivesse acontecido com uma família inocente por causa de um irresponsável, eu sofreria o resto da vida”, destacou o motorista ao falar da ultrapassagem forçada de outro veículo que obrigou o mesmo a sair da pista. 



Informações Rádio Fraiburgo.

Erval Velho se classifica para a Fase Regional do futsal feminino


Na última quarta-feira (17) encerrou-se a fase Microrregional da Olimpíada Estudantil Catarinense (OLESC) na modalidade de futsal. A competição que iniciou em 12 de julho foi realizada no município de Lebon Regis.

Erval Velho participou do futsal masculino e feminino, sendo que a equipe feminina ficou em 4° lugar e se classificou para a fase regional que acontecerá no mês de agosto em Ibirama.


Por: Yuri Ferrari/Rádio Erval FM

Jovem de 24 anos morre em acidente em Caçador

Um jovem de 24 anos morreu no início da noite desta quarta-feira, 17, em acidente de trânsito na avenida Engenheiro Lourenço Faoro, em Caçador. Alexandre Gonçalves era o motorista e único ocupante de um veículo Fox que colidiu de frente com um caminhão.

A fatalidade ocorreu por volta das 19h20 nas proximidades do posto Brasília. O Fox trafegava no sentido Caçador – Lebon Régis e o caminhão vinha na direção oposta.

O motorista do carro morreu na hora e o condutor do caminhão foi atendido em estado de choque.

Populares relataram que o motorista do Fox estaria ultrapassando uma fila de outros carros. A batida ocorreu próxima a uma lombada.

Fonte:Rádio Caçanjurê

Homem mata companheira e joga corpo no lago da barragem de Machadinho

O Setor de Investigação Criminal (SIC) da Polícia Civil de Capinzal, com apoio da Polícia Militar, elucidaram um caso de feminicídio. O corpo de uma mulher, identificada como Raquel Morozini, 24 anos, natural de Capinzal, foi localizado na tarde desta quarta-feira (17) nas imediações da ponte sobre o Rio Pelotas na divisa entre Campos Novos (SC) e Barracão (RS). A vítima, segundo as informações, estava desaparecida desde sábado (13). Ela residia no bairro Parque Jardim Ouro, em Ouro.

O suspeito, E. dos S., é o companheiro dela e teria levado a polícia ao local onde deixou o cadáver. O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez a retirada do corpo. O Instituto Geral de Perícias foi comunicado para fazer a remoção do corpo ao IML para saber de que forma foi provocado o crime. Um fato que chama a atenção é que tanto a vítima quanto o suspeito estavam com mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas.

Mais informações deverão ser repassadas em breve pelo delegado responsável pelo caso, Deyvid Tranche Lima.

Fonte: Michel Teixeira.

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Adolescente de 14 anos tem parte do braço amputado no interior de Ouro

Um adolescente de 14 anos teve parte do braço esquerdo e pelo menos três dedos da mão direita amputados por uma moenda de cana. O fato ocorreu na tarde desta terça-feira (16) em uma propriedade localizada na Linha Bonita, interior de Ouro. Segundo as informações, o jovem ajudava os familiares na atividade quando ao introduzir cana no equipamento o moedor prendeu o casaco e acabou puxando os braços.

Gravemente ferido o adolescente foi socorrido e encaminhado ao hospital. Posteriormente, foi transferido ao Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) em Joaçaba para os procedimentos cirúrgicos. O estado clínico da vítima não foi confirmado.

Fonte: Michel Teixeira.

MEC propõe mudança na gestão das universidades, parcerias privadas e dinheiro extra a professores


Depois dos cortes de 30% no orçamento das universidades e institutos federais, que motivaram protestos pelo país, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta quarta-feira (17) a criação do programa Future-se, com o objetivo de garantir recursos para as instituições a partir da venda de patrimônio público, parcerias privadas e remuneração dos docentes por desempenho. 

A apresentação do programa foi feita com pompa no auditório do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), em Brasília. Um vídeo com contagem regressiva e efeitos de luz antecedeu a fala de Weintraub, que citou o político britânico Winston Churchill para falar das propostas do governo para superar a crise financeira.

— Churchill diz que, se você está caminhando no inferno, não pare. Nós vamos superar esse ano difícil — disse para uma plateia lotada de reitores e dirigentes de universidades antes de ser interrompido pelo protesto do presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Iago Montalvão, que criticou os cortes nas universidades.

A apresentação foi retomada em seguida, após o estudante ter sido convidado a sentar ao lado do ministro para acompanhar o detalhamento do programa, feito pelo secretário de Educação Superior do MEC, Arnaldo Barbosa Lima. 

Segundo ele, uma consulta pública sobre o Future-se será aberta nesta quarta-feira e vai até 7 de agosto para, depois, ser compilada e encaminhada ao Congresso Nacional, já que prevê mudanças na legislação. A previsão do governo é arrecadar R$ 100 bilhões para o programa, mas não foi definido um prazo para isso.

A adesão das instituições é facultativa, mas as que não participarem ficarão limitadas ao teto dos gastos — com contingenciamento de recursos. Entre as mudanças, está a realização de contratos com organizações sociais, que ficarão responsáveis por gerir as despesas ordinárias das universidades — aquelas do dia a dia, como luz, água, serviços de limpeza e de segurança.

— Os reitores ficam liberados para o trabalho com a pesquisa e o ensino — disse Arnaldo Barbosa de Lima.

Fundo patrimonial
Além disso, a proposta prevê a criação de fundos financeiros. Um deles envolve o repasse de R$ 50 bilhões em imóveis da União pelo Ministério da Economia ao MEC para a criação de um fundo patrimonial com dinheiro que será utilizado pelas universidades. Funciona assim: o governo repassa um terreno para a iniciativa privada construir um shopping, por exemplo, e os lucros desse negócio vão para o fundo. Um levantamento dos imóveis ociosos que serão transferidos para o programa está em andamento, segundo o ministro.

Outra possibilidade é a cedência para a iniciativa privada de espaços dentro das universidades, a criação de fundos com doações feitas por ex-alunos e a captação de recursos via Lei Ruanet para atividades ligadas à cultura. 

"Teremos professores ricos no Brasil" 
O programa também prevê um salário extra aos docentes das universidades. Serão criados indicadores de produção científica, como publicação de pesquisas em revistas internacionais de alto impacto, para remunerar os professores. Além disso, eles poderão receber dinheiro por patentes e pela participação em startups e em parcerias com a iniciativa privada.

— Teremos professores ricos no Brasil. Isso é muito positivo — disse o ministro durante a apresentação.

A jornalistas, ele disse que a ideia é separar o joio do trigo, recompensando os que produzem mais e com mais impacto. Os demais, de acordo com Weintraub, não serão punidos. 

— Eles seguem recebendo o salário normal. Algo em torno de R$ 20 mil. 

A medida vale somente para os docentes das instituições que aderirem ao Future-se. Não existe limitação de repasse aos professores, já que, segundo o MEC, o benefício extra não está enquadrado no teto do funcionalismo federal. A previsão inicial do ministério é de adesão de pelo menos 20, de mais de 60 universidades federais.

Sem cobrança de mensalidades
Durante entrevista coletiva a jornalistas após o evento, o ministro da Educação afirmou que o programa não prevê o pagamento de mensalidades pelos estudantes. Weintraub criticou a divulgação de fake news sobre o assunto e disse que somente nos cursos de pós-graduação lato sensu — especializações e MBAs voltados ao mercado de trabalho — já existe possibilidade de cobrança de mensalidades.

Além da graduação, mestrados e doutorados seguem gratuitos.

Cortes continuam
Questionado pela reportagem se haveria possibilidade de reverter o corte de 30% no orçamento das universidades este ano, já que as novas fontes de financiamento só devem gerar retorno no longo prazo, o ministro disse que está trabalhando junto ao Ministério da Economia, mas não garantiu novos repasses este ano.

— Estamos buscando soluções  no curto prazo. Mas isso (falta de recursos) foi herdado de gestões anteriores.

Fonte: NSC.